Comentários do leitor

Estantes Incentivam A Leitura Em Bairros Que Não Possuem Biblioteca

por Bianca Lima (2018-06-24)


diário de Anne Frank foi publicado pela primeira vez em 1947 e faz parte do cânone literário do Holocausto. E agora, pela primeira vez, vem à luz esta edição em quadrinhos. roteirista e diretor cinematográfico Ari Folman e ilustrador David Polonsky demonstram com essa adaptação a dimensão e a genialidade literárias da jovem autora. Eles tornam visual, contemporâneo documento histórico de Anne Frank e traduzem contexto da época no qual foi escrito. Baseada na edição definitiva do diário, autorizada por Otto Frank, pai de Anne, esta versão em quadrinhos torna tangível destino dos oito habitantes do Anexo durante seus dias no esconderijo.

estante para vinilQuando se fala em Disney, a primeira coisa que todos pensam é que são histórias infantis, mas isso não é bem verdade, essas HQs são muito capazes de agradar adultos também, sendo que alguns títulos são pensados primeiramente para velhos colecionadores. Indique algumas coleções lançadas no Brasil cuja qualidade artística é indispensável para qualquer leitor de quadrinhos que se preze.

Por causa da catalogação no Guia dos Quadrinhos, tenho dado prioridade às edições brasileiras. Mas tenho muita coisa gringa sim. Da França, Argentina, Uruguai, Portugal, Inglaterra, Dinamarca, Rússia, Cuba, Peru. As pessoas costumam me trazer quadrinhos dos países que visitam e eu adoro receber esses presentes, é legal para entender como essa cultura dos quadrinhos funciona por lá.

Sinto muito lhe informar, mas você vai ter que correr atrás. Em alguns lugares você encontra bancas que mantém um grande estoque de miniaturas que já foram lançadas e recolhidas de outras bancas. Não é fácil de achar, mas elas existem, ou mesmo algumas lojas especializadas em produtos colecionáveis. Procure principalmente nos centros das cidades.

Manter sua coleção conservada é um fator complicado. Vamos ser realistas, papel é algo que se degrada com tempo, deterioração e amarelamentos são inevitáveis. que pode ser feito é retardar tais efeitos. Infelizmente por nossa questão econômica e dificuldades estante para vinil adquirir tais materiais, acabamos criando a cultura do colecionismo, mas certo era ler, repassar ou revender e não se apegar.

Death Note ( original por favor) é uma das histórias mais geniais que eu já tive prazer de conhecer. É inteligente, bem escrita, complexa e eu sempre desconfiei que não daria certo como filme, tanto que ainda não me atrevi a ver a versão japonesa de 2006 , mas, por alguma razão que eu não vou saber explicar, decidi dar uma chance para filme da Netflix. Eu me dei um tempo, não fui correndo ver assim que lançou e esperei estar pronta para ver filme longe de preconceitos, expectativas e de amor pelo original. Já aviso que não adiantou muita coisa. Escrevo bastante abaixo mas não vou nem mencionar whitewashing que é só mais um no mar de problemas que foi essa adaptação.

estantesA obra é em formato americano impressa em papel couchê - aquele papel maroto mais durinho de maior qualidade e durabilidade - que agrega um valor maior ao produto final. Outro ponto forte que me agradou muito foi a iniciativa da Editora Draco. Eu particularmente achei muito bacana esse processo de seleção, que de repente pode abrir espaço para novos talentos tupiniquins no mundo das hq's. Gosto muito de ver brasileiros se destacando pelos bons trabalhos, é excelente para mercado interno.

Acredito ser completamente irrelevante discutir se histórias em quadrinhos são ou não literatura. Além de servirem, em muitos casos, como porta de entrada para gosto pela leitura em crianças e adolescentes, há uma evidente evolução de técnicas, temáticas e abordagens que não pode ser ignorada. Há Graphic Novels que são infinitamente melhores que algumas dezenas de aclamados best-sellers.

Fundada como uma empresa de bobbleheads" em 1998, não demorou em perceberem mercado em rápida expansão de itens de coleção de diversos tipos de fontes, como por exemplo, filmes de popularidade mundial como Star Wars ou desenhos animados de sucesso. Desde então, a Funko vem adquirindo cada vez mais licenças para criar seus incríveis produtos, atualmente trabalhando até mesmo com utensílios para casa e diversos tipos de colecionáveis que são revendidos em dezenas de países.

A grande vantagem de utilizar prateleiras é a possibilidade de adicionar novas — sem estragar a composição — sempre que sua coleção aumentar e precisar de mais espaço. No entanto, muitas vezes há a necessidade de furar as paredes para instalar as prateleiras, que pode não ser tão prático.

Eu vi anime e li os mangás (nessa ordem) e os dois são bem parecidos, a única mudança mais significativa é final e eu pessoalmente acho mais coerente do mangá. Na história original Light é melhor aluno do Japão e ao encontrar caderno da morte" ele vê nisso uma chance de limpar planeta das pessoas ruins" e se tornar deus do novo mundo. Enquanto isso L, um detetive conhecido por solucionar casos insolucionáveis, é contratado para descobrir a identidade do assassino. Tanto L quando Light são inteligentíssimos e conseguem sempre prever próximo passo um do outro. Os planos de ambos são mirabolantes porém coerentes e esse embate mental foi que conquistou essa multidão de fãs fervorosos. Apesar de ter como foco principal debate de se é certo ou errado matar pessoas ruins" a história original nunca entra no mérito de qual opinião é certa ou errada. Já filme entra nesse mérito cem vezes e deixa claro que nesse roteiro Light é certo.