Comentários do leitor

15 Segredos Que Vão Mudar Sua Necessaire

por Larissa Moreira (2018-07-02)


Estou planejando uma viagem pra NZ, pretendo ficar lá 5 meses. Tenho grande dúvida que tipo de mala levar: a rígida, a de tecido e uma outra sem estrutura, todas com 4 rodinhas (claro). Achei a de tecido muito pesada e já estou descartando. A rígida me agradou mas tem gente falando que ela pode quebrar fácil pois os funcionário jogam as malas de qualquer jeito e a sem estrutura é mais leve mas estou com medo de ela rasgar fácil ou quebrar alguma peça. Não pretendo levar nenhum objeto que quebre dentro da mala e meus eletrônicos irão na bagagem de mão.

mala rigida grandeAqui estão algumas dicas para ajudá-lo a obter melhor uso a longo prazo de suas malas, garantindo sua beleza por todo esse tempo. 7 - Mala minha ou dos outros? Tem gente que viaja só uma vez ao ano e não tem muito espaço para acomodar as malas. Também há quem faça viagens de duração e destinos tão diversos que fica impossível ter a mala ideal. Ou ainda que já se decepcionou tanto com malas que desistiu de comprar uma nova. jeito é pedir com algum parente, bolsa sacola feminina se você tiver algum por perto, ou pegar emprestado, se é que a pessoa não se incomoda. Se incomodar, nesse caso, já há no mercado empresas que alugam de um tudo, inclusive malas. Você pode dar uma olhada no site da Rent for All e da Allugator e ver as opções de acessórios para turbinar a sua viagem. Isso mesmo, você aluga a mala de acordo com a sua viagem e paga uma diária pelo uso. Quando a viagem acaba, você devolve e não precisa se preocupar onde guardar a mala ou se vai precisar de um modelo diferente nas férias seguintes.

Remuneração da ET": significa montante a ser pago pelo Usuário Vendedor em favor da ET em razão da utilização da plataforma tecnológica, da disponibilização dos meios de pagamento e da gestão do Market Place, bem como pela prestação dos serviços de intermediação para venda dos Produtos.

A loja Modarte também vende malas da marca Samsonite, e ela está presente em vários lugares como no Centro Comercial Vasco da Gama e no Cascaishopping, em Cascais. Uma marca muito boa de malas é a Delsey, loja francesa e que está espalhada por vários países do mundo. Em Lisboa há malas dessa marca em lojas de bolsas de couro como: Carlos Martins (Rua da Conceição 65,), ML Bolsas (Av. Eng. Duarte Pacheco, 32) e na Litchon Colombo ( centro comercial Colombo ).

Se você vai viajar por 3 dias, ideal são 2 pares de calçados, um para um look mais casual e outro mais formal, caso tenha algum compromisso importante. Um tênis é sempre bom em qualquer mala, pois se for caminhar bastante, ele será melhor conforto para seus pés. No caso das mulheres, uma sandália e um sapato mais fechado é uma boa ideia. Assim você pode intercalar com as peças de roupas.

As malas de tecido são mais fáceis de encontrar e, normalmente, um pouco mais baratas. Na minha opinião uma de suas maiores qualidades é a maleabilidade ( que facilita na hora de entuxá-la com mil comprinhas, rs). Ela também é mais resistente a batidas.

Com a Neopulse, a Samsonite redefine num novo marco na leveza da malas em policarbonato. Made in Europe, a Neopulse é uma mala rígida que combina leveza e resistência graças ao patenteado design com reforço nos cantos da bagagem para proteção extra.

Esta mala RIMOWA é um produto de alta qualidade fabricado com grande zelo. Para preservar seu bom estado durante muito tempo, é favor observar as seguintes indicações: para remover pó e sujidade, deverá usar apenas água morna e panos macios ou pequenas esponjas.

Uma mala pode ser feita de todo tipo de material. Você pode escolher entre um produto rígido, para aguentar os impactos causados por uma rotina de aeroporto. Ou decidir levar um equipamento feito de um tecido mole, que costuma ser mais leve e flexível.

As malas de tecido são menos duras e por isso, menos pesadas, por serem produzidas em poliéster e nylon. Resistem melhor aos choques e têm a vantagem de se poderem encaixar em qualquer local. Costumam ser mais baratas, mas desgastam-se mais facilmente. É importante ter em atenção tecido, que deve ser bastante resistente, lavável e, idealmente, à prova de água.

Geralmente feitas de plástico ABS rígido ou similar. Este modelo é indicado para viagens de longa duração, pois as malas rígidas não amassam as roupas e protegem muito bem os objetos guardados nela. Não é indicado para roteiros com diversos destinos, como, por exemplo, visitas a varias cidades de um país, pois seu transporte é difícil e ocupa espaço. Modelos com rodinhas são as mais práticas e podem ser encontradas em tamanhos pequenos, médios e grandes.

Segundo Atílio Vendrame, gerente da fabricante Primicia, é possível aplicar cera automotiva nas malas rígidas e brilhantes para minimizar a aparência dos riscos. ABS e policarbonato podem ser limpos com detergente neutro e até produtos de limpeza comuns. A dica é não exagerar no uso de água e utilizar sempre lado mais macio da esponja ou um pano para fazer a limpeza.