Comentários do leitor

Utilidades De Mesa

por Enrico Aragão (2018-05-26)


rede de proteçãoOliveira SM; Santos SG. Utilização dos equipamentos de proteção individual por parte dos profissionais de enfermagem do Hospital são Sebastião de Recreio-MG. Sociedade Universitária Redentor Faculdade Redentor; Pós-Graduação Lato-Sensu em Enfermagem do trabalho, Revista Latino Americana de Enfermagem, Recreio (MG), 2013.

Um grande problema a administrar é desconhecimento da "cultura carcerária", da cultura de um grupo de pessoas que tem problemas com a lei, que entendem de outra forma "jogo social", que estão confinados em condições sub-humanas, contra as suas vontades e que estão isolados do convívio social. Esse desconhecimento provoca incompreensões, transtornos emocionais pessoais e coletivos.

As redes de proteção são indispensáveis para quem tem filhos menores de 12 anos ou animais de estimação, pois risco de esquecer uma janela aberta, ou da criança abrir a janela é grande. Mesmo para as pessoas que não tem filhos ou animais, mas que costumam receber crianças em casas. Como é caso de avós que recebem seus netos e muitas vezes residem em apartamentos que oferece risco de queda. Infelizmente acidentes acontecem e os pais e responsáveis podem ser indiciados criminalmente pelo descuido do menor, mesmo grama sintética quando não há um fim trágico.

Assim como cuidamos com panelas no fogo ou mantemos medicamentos bem guardados, instalar redes de proteção na sua casa vão proteger janelas e sacadas da curiosidade dos seus filhos ou animais de estimação. E engana-se quem acha que só apartamentos altos é que precisam desse tipo de cuidado.

Apesar de rigorosa, a regra do silêncio absoluto demonstrava ser ponto fraco desse sistema, já que possibilitava aos presos estabelecerem um alfabeto próprio através do uso das mãos, que é utilizado até os dias atuais nas prisões de segurança máxima onde a disciplina é bem mais drástica.

Estado deve atentar-se a discutir mecanismos capazes de identificar as regiões mais afetadas pela fomentação do jovem em conflito com a lei, e identificar suas potencialidades. Tal conhecimento possibilitará a construção uma sociedade harmônica e comprometida com crescimento social, compreendendo-se que a crença em uma punição mais severa como viabilizadora de paz e justiça social, não figura melhor entendimento.

Num segundo aspecto, como elementos de habilitação de um sistema positivo dos direitos fundamentais, a proteção e a promoção da dignidade da pessoa humana funcionam como sustentação e conferem legitimidade a um Estado e a uma sociedade que se baseiem no ser humano como fim e fundamentos máximos40. Nesse prisma, a dignidade assumiria papel de critério para a verificação dos rumos de uma ordem estabelecida, sendo que tal sentido deve ser baseado na supracitada unidade de valor.

Trata-se de uma contribuição oferecida num momento de crise aguda do sistema prisional. As rebeliões de internos adultos e adolescentes, que de tão corriqueiras já sequer chamam a atenção da sociedade, esgotam-se como mecanismo de pressão e obtenção de visibilidade. Como afirmou na videoconferência presidente da Comissão de Direitos Humanos da Assembléia Legislativa do Mato Grosso do Sul, deputado Pedro Teruel, as rebeliões agora partem de dentro mas ocorrem principalmente fora das prisões".

Para conter a fúria dos presos, Batalhão de Choque fez uso excessivo de violência com uso de bombas de efeito moral e balas de borracha, deixando-os com problemas de visão, dores e marcas pelo corpo. E nesse dia, ao voltarem para suas celas, encontraram seus objetos pessoais destruídos. As visitas estão proibidas por tempo indeterminado, necessitando os presos de vestimentas e itens básicos que são levados por familiares.

• ABNT NBR 16046-3:2012, Redes de proteção para Edificações - Parte 3: Instalação. A terceira parte da norma contempla procedimento para instalação da rede, observando os cuidados necessários quanto ao substrato em que a rede será instalada (alvenaria, madeira, estrutura metálica), espaçamento máximo entre os elementos de fixação e entre a rede e substrato, além de outros aspectos.

rede de proteçãoAs redes de proteção, quando fabricadas e manuseadas de maneira adequada, têm vida útil de até oito anos. Quando expostas ao tempo, período de resistência pode variar de acordo com a incidência dos raios solares. Caso material receba a luz do sol apenas em horários mais amenos, produto terá maior durabilidade. Em contrapartida, se receber sol do meio dia, terá vida útil reduzida", comenta profissional.

Em tempos de vacas gordas isto passa despercebido, mas quando enfrentamos momentos mais delicados dentro da empresa ou da economia em geral, eles se tornam um grande problema. Impossível no momento mais delicado devolver um uma parte do aluguel, devolver os equipamentos para os fabricantes, ou dizer aos colaboradores para irem para casa sem envolver altos custos para uma desmobilização.