<b>Protocolos de Reabilitação após Cirurgia de Capsuloplastia de Ombro: Revisão da Literatura

  • Michelle Rosana Paniça Valência Centro Universitário de Maringá – CESUMAR
  • Maura Franciele Pereira Beni Centro Universitário de Maringá – CESUMAR
  • Ligia Maria Facci Centro Universitário de Maringá – CESUMAR
Palavras-chave: Ombro, Instabilidade, Cirurgia, Reabilitação.

Resumo

O objetivo deste estudo foi realizar uma revisão da literatura sobre os diferentes protocolos de reabilitação pós-cirúrgica de pacientes submetidos à capsuloplastia. O levantamento bibliográfico foi realizado com publicações entre os anos de 1997 a 2008 em bases de dados online, além da busca manual em revistas especializadas e livros-textos. A instabilidade glenoumeral pode ser classificada quanto à direção em anterior, posterior e multidirecional e quanto à sua etiologia em traumática e não traumática, podendo ser tratada a princípio com o tratamento conservador. Os casos que não respondem à reabilitação conservadora podem ser tratados cirurgicamente por métodos que diminuem o volume capsular e provocam aumento da resistência capsular. Independente da técnica cirúrgica, para se obter êxito na reabilitação pós-cirúrgica faz-se necessário um perfeito entrosamento entre o cirurgião e o fisioterapeuta, que deve iniciar a reabilitação imediatamente, além de fornecer esclarecimentos ao paciente sobre o prognóstico e tempo de reabilitação. Um programa de reabilitação bem planejado e completo, que permita restaurar amplitude de movimentos, flexibilidade, coordenação e força muscular, deve ser valorizado antes do retorno ao esporte ou trabalho pesado.

Biografia do Autor

Michelle Rosana Paniça Valência, Centro Universitário de Maringá – CESUMAR
Fisioterapeuta Pós-graduada em Fisioterapia Traumato-Ortopédica e Desportiva pelo Centro Universitário de Maringá – CESUMAR. E-mail: mi_rpv@hotmail.com
Maura Franciele Pereira Beni, Centro Universitário de Maringá – CESUMAR
Fisioterapeuta Pós-graduada em Fisioterapia Traumato-Ortopédica e Desportiva pelo Centro Universitário de Maringá – CESUMAR. E-mail: ma_uri_nhafisio@hotmail.com
Ligia Maria Facci, Centro Universitário de Maringá – CESUMAR
Fisioterapeuta, doutora em Ciências da Saúde na UNIFESP, docente do curso de fisioterapia do CESUMAR
Publicado
2010-03-11
Seção
Artigos de Revisão