A Inovação Social e o Desenvolvimento Sustentável na Algicultura: O Caso do Projeto Mulheres de Corpo e Alga

Eugênia Vale de Paula, Emanuel Dheison dos Santos Penha, José Carlos Lázaro da Silva Filho, Lígia Carla de Lima Souza

Resumo


Este trabalho tem como objetivo analisar a relação entre a inovação social e o desenvolvimento sustentável. Para isso, foi realizado um estudo de caso junto ao projeto Mulheres de Corpo e Alga, que trabalha com o cultivo, colheita, beneficiamento e venda de produtos a base de substâncias extraídas das algas (algicultura), em Barrinha de Icapuí, uma comunidade do litoral leste do Ceará, Nordeste brasileiro. A pesquisa se caracteriza como qualitativa e descritiva. Os dados coletados pelas entrevistas foram analisados por meio da técnica de análise de conteúdo e, posteriormente, classificados segundo os eixos de inovação social do CRISES (2004) e as dimensões clássicas da sustentabilidade. Verificou-se, através da matriz de relacionamento entre inovação social e desenvolvimento sustentável, que o projeto se caracteriza tanto como inovação social quanto um projeto de desenvolvimento sustentável, havendo consistência na relação entre os eixos e as dimensões, apesar da relação Território x Social não ser evidenciada pelas falas dos entrevistados.

Palavras-chave


Algicultura; Desenvolvimento Sustentável; Inovação Social

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17765/2176-9168.2015v8n2p379-400

Revista em Agronegócio e Meio Ambiente


Unicesumar, Maringá (PR), Brasil
Contato: naep@unicesumar.edu.br
ISSN 2176-9168 On-line
ISSN 1981-9951 Versão impressa interrompida em 2019

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.