CONCENTRAÇÃO DO MERCADO INTERNACIONAL DE CELULOSE: PERSPECTIVAS PARA O BRASIL

Amarildo Hersen, Romano Timofeiczyk Junior, João Carlos Garzel Leodoro da Silva

Resumo


O objetivo deste trabalho consistiu em verificar a concentração do mercado internacional de celulose, no período de 2005 a 2014, e identificar o comportamento da participação relativa do Brasil na comercialização internacional de celulose. Os indicadores de concentração de mercado utilizados para a análise foram: razão de concentração - CR(4) e CR(8) - índice de Hirschmann-Herfindahl (HH), índice de Rosenbluth (B) e entropia (E). Os resultados sugerem baixa/moderada concentração de mercado, com tendência de redução, e aumento da participação do Brasil neste mercado. Ainda, as expectativas futuras são positivas para o setor no Brasil, devido aos fatores preço competitivo e expansão da oferta, com expectativa de ampliação da capacidade produtiva em mais de 6 milhões de toneladas/ano, até 2019.

Palavras-chave


Indústria florestal; Concentração de mercado; Celulose.

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, F. A.; SILVA, A. S. B. Índices de concentração: evidências empíricas à indústria de transformação cearense. In: ENCONTRO NACIONAL DE ENGENHARIA DE PRODUCAO, 35., 2015, Fortaleza. Anais [...]. Fortaleza: ENEGEP/ABEPRO, 2015.

AGRICULTURAL TECHNICAL COOPERATION WORKING GROUP. Market liberalization and its relationship with market structure, conduct and performance of the food processing industry in ASEAN economies. Malaysia: APEC/MARDI, 2008.

BIAZUS, A.; HORA, A. B.; LEITE, B. G. P. Panorama de mercado: celulose. Disponível em: http://www.bndes.gov.br/SiteBNDES/export/sites/default/bndes_pt/Galerias/Arquivos/conhecimento/bnset/set32109.pdf. Acesso em: 25 set. 2016.

BRAGA, H. C.; MASCOLO, J. L. Mensuração da concentração industrial no Brasil. Pesquisa e Planejamento Econômico, Rio de Janeiro, v. 12, n. 2, p. 399-454, ago. 1982.

COELHO JÚNIOR, L. M.; REZENDE, J. L. P.; ÁVILA, E. S.; OLIVEIRA, A. D.; BORGES, L. A. C. Analysis of the brazilian cellulose industry concentration (1998-2007). Cerne, Lavras, v. 16, n. 2, p. 209-216, abr. / jun. 2010.

COELHO JÚNIOR, L. M.; REZENDE, J. L. P.; OLIVEIRA, A. D. Concentração das exportações mundiais de produtos florestais. Ciência Florestal, Santa Maria, v. 23, n. 4, p. 691-701, out./dez. 2013.

COMTRADE. Database. Disponível em: http://comtrade.un.org/db/dqBasicQuery.aspx. Acesso em: 18 jun. 2016.

CONFEDERAÇÃO NACIONAL DA INDÚSTRIA. As 10 maiores dificuldades enfrentadas pelas empresas brasileiras na hora de exportar. Disponível em: http://www.portaldaindustria.com.br/cni/. Acesso em: 10 nov. 2016.

PAULA, M. F. de. Desempenho das exportações brasileiras de mel natural. Universidade Federal do Paraná. 2014. 118 f. Tese (Doutorado em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2014.

ELDORADO DO BRASIL. Institucional. Disponível em: http://www.eldoradobrasil.com.br/Institucional. Acesso em: 26 set. 2016.

FIBRIA. O projeto. Disponível em: http://www.fibria.com.br/projetohorizonte2/o-projeto/sobre-o-projeto/ Acesso em: 26 set. 2016.

FONTES, S. Suzano aprova investimentos de R$1,6 bilhão até 2018. Disponível em: http://www.valor.com.br/empresas/4313106/suzano-aprova-investimentos-de-r-16-bilhao-ate-2018 Acesso em: 26 set. 2016.

FRIEDMAN, M. Capitalismo e liberdade. São Paulo: Abril Cultural, 1984. (Série “Os Economistas”).

GALVÃO, R.; GOZER, I. C.; ORTIZ, G. F.; DAHMER, V. Concentração na agroindústria canavieira paranaense pós-desregulamentação setorial: uma análise aplicada de suas mesorregiões. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ECONOMIA E SOCIOLOGIA RURAL, 47., 2009, Porto Alegre. Anais [...]. Porto Alegre: SOBER/UFRGS, 2009.

GAMA, M. M.; RUIZ, R. M. A práxis antitruste no Brasil: uma análise do CADE no período entre 1994 e 2004. In: Encontro Nacional de Economia, 33., 2005, Natal. Anais [...]. Natal: ANPEC, 2005.

GEORGE, K. D.; JOLL, C.; LYNK, E. L. Industrial organization: competition, growth and structural change. London: Routledge, 1995.

HEIMANN, J. P.; DRESCH, A. R. Concentração das importações de carvão vegetal dos EUA e a participação brasileira. Rev. Acad., Ciênc. Agrár. Ambient., Curitiba, v. 11, supl. 1, p. S139-S146, 2013.

HOFFMANN, R. Distribuição de renda: medidas de desigualdade e pobreza. São Paulo: EDUSP, 1998.

INDÚSTRIA BRASILEIRA DA ÁRVORE. Anuário estatístico, 2015. Disponível em: http://iba.org/pt/. Acesso em: 18 abr. 2016.

INDÚSTRIA BRASILEIRA DA ÁRVORE. Cenários IBÁ. IBÁ, n. 8, jan. 2015.

KALÇA, A.; ARI, V. O. Market concentration in turkish journalism sector. In: INTERNATIONAL CONFERENCE CHALLENGES OF THE KNOWLEDGE SOCIETY (CKS), 2013, Bucharest, Romania. Proceedings [...]. Bucharest: Nicolae Titulescu University of Bucharest, 2013. 884 p.

KAZEMZADEH, E.; ZEINODDIN, A. S. Sales concentration index in the iranian car market. Industrija, v. 43, n. 4, 2015.

KLABIN. Unidade Puma. Disponível em: https://www.klabin.com.br/pt/a-klabin/unidade-puma/. Acesso em: 26 set. 2016.

KUPFER, D.; HASENCLEVER, L. (org.) Economia industrial. Rio de Janeiro: Campus, 2002. 640 p.

MONTEBELLO, A. E. S. Análise da evolução da indústria brasileira de celulose no período de 1980 a 2005. 2006. 115 f. Dissertação (Mestrado em Ciências) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2006.

LI, H.; MCCARTHY, P.; URMANBETOVA, A. Industry consolidation and price-cost margins: evidence from the pulp and paper industry. Atlanta: School of Economics, Georgia Institute of Technology, 2004.

LINDBLAD, F.; SCHAUERTE, T.; FLINKMAN, M. Changes in industry structure and concentration? Welfare loss due to perfect competition in the swedish industry for wooden singlefamily houses. FOREST PRODUCTS SOCIETY ANNUAL CONVENTION, 70., 2016, Portland. Proceedings […]. [Peachtree Corners]: Forest Products Society, 2016.

MATEOWS, N.; AMANUEL, T. W.; ASFAW, Z. Market chain analysis of agro-forestry products: the case of fruit at Tembaro District, Kembata Tembaro Zone South Ethiopia. International Journal of Business and Economics Research, v. 4, n. 4, p. 201-216, aug. 2015.

MEDEIROS, N. H.; OSTROSKI, D. A. Competitividade e concentração de mercado: uma análise da avicultura nas mesorregiões oeste e sudoeste paranaense. In: CONGRESSO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E SOCIOLOGIA RURAL, 44., 2006, Fortaleza. Anais [...]. Fortaleza: SOBER, 2006. p. 1-17.

MEDEIROS, N. H.; REIS, S. V. A concentração industrial na cadeia alimentar da soja. In: CONGRESSO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E SOCIOLOGIA RURAL, 37., 1999, Foz do Iguaçu. Anais [...]. Foz do Iguaçu: SOBER, 1999. p. 1-15.

MONTEBELLO, A. E. S; BACHA, C. J. C. Impactos da reestruturação do setor de celulose e papel no Brasil sobre o desempenho de suas indústrias. Estudos Econômicos, São Paulo, v. 43, n. 1, p. 109-137, jan./mar. 2013.

MOSCHANDREAS, M. Business Economics. 2. ed. [s. l]: Cengage Learning EMEA, 2005.

NOCE, R.; SILVA, M. L.; CARVALHO, R. M. M. A.; SOARES, T. S. Concentração das exportações no mercado internacional de madeira serrada. Revista Árvore, v. 29, n. 3, p. 431-437, 2005.

RADICCHI, C. C. Competitividade das exportações brasileiras de celulose: uma análise do custo Brasil. 2004. 83 f. Dissertação (Mestrado em Economia Aplicada) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2004.

Resende, M. Medidas de concentração industrial: uma resenha. Análise Econômica, ano 11, p. 24-33, mar./set. 1994.

RESENDE, M.; BOFF, H. Concentração industrial. In: KUPFER, D.; HASENCLEVER, L. (org.). Economia industrial. Rio de Janeiro: Campus, 2002.

RIBEIRO, O. F. R.; TONIN, J. M. Análise da concorrência bancária no Brasil pós Plano Real. Textos de Economia, v. 13, n. 2, p. 59-86, jul./dez. 2010.

ROCHA, A. P. A.; SOARES, N. S. Desempenho das exportações brasileiras do setor de papel e celulose, entre 1997 e 2011. Informações Econômicas, São Paulo, v. 44, n. 6, p. 5-15, nov./dez. 2014.

RUGAYAH, M. Market structure and structure-conduct-performance paradigm: empirical evidence from developing. Malaysian Journal of Economic Studies, v. 30, n. 1, p. 55-76, 1993.

SERVIÇO FLORESTAL BRASILEIRO. Informações florestais. Disponível em: http://www.florestal.gov.br/snif/. Acesso em: 9 nov. 2016.

SILVA, Z. A. G. P. G. Análise da concentração no uso de madeira tropical pelo setor de marcenarias de Rio Branco, Estado do Acre, 1996. Scientia Forestalis, n. 64, p. 48-58, 2003.

SOARES, N. S.; OLIVEIRA, R. J.; CARVALHO, K. H. A.; SILVA, M. L. S.; JACOVINE, A. G.; VALVERDE, S. R. A cadeia produtiva da celulose e do papel no Brasil. Floresta, Curitiba, v. 40, n. 1, p. 1-22, jan./mar. 2010.

SPEROTTO, F. Q. A expansão do setor de celulose de mercado no Brasil: condicionantes e perspectivas. Indicadores Econômicos FEE, Porto Alegre, v. 41, n. 4, p. 85-100, 2014.

STIGLER, G. The organization of industry. Chicago: Universith of Chicago Press, 1968.

SUZANO PAPEL E CELULOSE. Quem somos. Disponível em: http://www.suzano.com.br/portal/suzano-papel-e-celulose/quem-somos.htm. Acesso em: 22 ago. 2016.

THEIL, H. Economics and information theory. Amsterdam: North-Holland, 1967. 488 p.

TUSHAJ, A. Market concentration in the banking sector: evidence from Albania. Working Paper Series on Government and Growth, n. 73, apr. 2010.

VALVERDE, S. R.; SOARES, N. S.; SILVA, M. L. Desempenho das exportações brasileiras de celulose. Revista Árvore, Viçosa, v. 30, n. 6, p. 1017-1023, 2006.

VIAN, C. E. de F.; LIMA, R. A. de s.; LIMA, A. A. Estudo de impacto econômico (eis) para o setor agroindustrial canavieiro paulista e alagoano: conjuntura e agenda de pesquisa. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ECONOMIA E SOCIOLOGIA RURAL, 44., 2006, Fortaleza. Anais [...]. Fortaleza: SOBER/UFC, 2006.




DOI: http://dx.doi.org/10.17765/2176-9168.2019v12n4p1417-1438

Revista em Agronegócio e Meio Ambiente


Unicesumar, Maringá (PR), Brasil
Contato: naep@unicesumar.edu.br
ISSN 2176-9168 On-line
ISSN 1981-9951 Versão impressa interrompida em 2019

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.