COMPORTAMENTO DE GENÓTIPOS DE MILHO COM CARACTERÍSTICAS PROMISSORAS PARA A PRODUÇÃO DE MINIMILHO

Yrlânia Lira Guerra, Myrzânia Lira Guerra, Fancisco Jóse Oliveira, José Nildo Tabosa, Periclés Albuquerque Melo Filho

Resumo


O objetivo desse trabalho foi avaliar seis genótipos de milho com características promissoras para a produção de minimilho e adaptados à região da Zona da Mata de Pernambuco, região Nordeste do Brasil. O experimento foi conduzido no campus experimental da Fitotecnia na UFRPE, entre 2014/2015. Foram avaliados seis genótipos, quanto a dez variáveis agronômicas. Na análise de variância pode ser observado que as variáveis significativas para produção do minimilho foram: número de espigas, início para a diferenciação da panícula, altura da planta aos 30 dias após a emergência, peso da espiga e peso da parte aérea. As correlações genotípicas foram mais elevadas do que as fenotípicas, porém de mesmo sinal, indicando menor influência do ambiente na expressão dos caracteres. Na análise de trilha ficou demonstrado que mais de 96% (R2) de influência das variáveis sobre número de espigas e com um baixo efeito residual 0,17, confirmando que as variáveis analisadas influenciam na produção do número de espigas do minimilho. Os caracteres mais importantes na determinação direta da produção do minimilho foram: altura de planta aos 30 e 60 dias após a emergência, peso de espigas e peso da parte aérea. Recomenda-se a utilização dos genótipos CMS47, CMS39 e AL-25 para futuros trabalhos de melhoramento.

Palavras-chave


Análise de trilha; Correlação fenotípica; Efeitos diretos; Melhoramento vegetal; Zea mays.

Texto completo:

PDF

Referências


AMORIM, E. P.; RAMOS, N. P.; UNGARO, M. R. G.; KIIHL, T. A. M. Correlações e análise de trilha em girassol. Bragantia, Campinas, v. 67, n. 2, p. 307-316, 2008.

ARAÚJO, E. C.; DAHER, R. F.; SILVA, R. F.; VIANA, A. P. Path analysis or physiological traits that in Fuence seed germination of Passifora edulis f. favicarpa Deg. Crop Breeding and Applied Biotechnology, Viçosa, v. 7, n. 2, p. 148-154, 2007.

BLANCO, F. F.; CARDOSO, M. J.; FREIRE FILHO, F. R.; VELOSO, M. E. C.; NOGUEIRA, C. C. P.; DIAS, N. S. Milho verde e feijão-caupi cultivados em consórcio sob diferentes lâminas de irrigação e doses de fósforo. Pesquisa agropecuária brasileira, v. 46, n. 5, p. 524-530, 2011.

CARVALHO, A. D. F.; SOUZA, J. C.; RIBEIRO, P. H. Desempenho de híbridos de linhagens parcialmente endogâmicas de milho em regiões dos Estados de Roraima e Minas Gerais. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 27, n. 8, p. 985-990, 2003.

CARVALHO, G. S.; VON PINHO, R. G.; RODRIGUES, V. N. Produção de minimilho em diferentes ambientes de cultivo. Revista Ceres, Viçosa, v. 50, n. 288, p. 155-169, 2009a.

CARVALHO, H. W. L. de. Avaliação de cultivares de milho no Estado de Sergipe - Ensaios de rendimento, 1986 e 1987. Boletim de Pesquisa Embrapa/CNPCo, Aracaju - SE, n. 3, p. 11- 24, 1988.

CARVALHO, H. W. L.; CARDOSO, M. J.; ROCHA, L. M. P.; PACHECO, C. A. P.; GUIMARÃES, P. E. de O.; GUIMARÃES, L. J. M. Cultivares de milho na região Nordeste brasileira no ano 1994. Comunicado Técnico: Aracaju: Embrapa/CPATC, Aracaju - SE, n. 8, p. 2- 6, 1996.

CARVALHO, H. W. L.; SANTOS, M. X.; LEAL, M. L. S.; TABOSA, J. N.; CARDOSO, M. J.; CARVALHO, B. C. L.; LIRA, M. A.; MONTEIRO, A. A. T.; ALBUQUERQUE, M. M. de. Melhoramento genético de milho no Nordeste brasileiro. In: QUEIROZ, M. A. de; GOEDERT, C. O.; RAMOS, S. R. R. (Ed). 2009. Recursos genéticos e melhoramento de plantas para o Nordeste brasileiro, n. 2, p. 34-124, 2009b.

CARVALHO, H. W. L.; SERPA, JOÃO E. S. Comportamento de cultivares de milho no Estado de Sergipe. I - Ensaios estaduais de rendimentos, 1982, 1984 e 1985. Boletim de Pesquisa: Aracaju: Embrapa/CNPCo, Aracaju - SE, n. 1, p. 17-26. 1987.

CARVALHO, C. G. P.; OLIVEIRA, V. R.; CRUZ, C. D.; CASALI, V. W. D. Análise de trilha sob multicolinearidade em pimentão. Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, v. 34, n. 4, p. 603-613, 1999.

CASTRO, R. S.; SILVA, P. S. L.; CARDOSO, M. J. Baby corn, green corn and dry corn yield of corn cultivars. Horticultura Brasileira, Brasília, v. 31, n. 1, p. 100-105, 2013.

COIMBRA, J. L. M.; BENIN, G.; VIEIRA, E. A.; OLIVEIRA, A. C.; CARVALHO, F. I. F.; GUIDOLIN, A. F.; SOARES, A. P. Consequências da multicolinearidade sobre a análise de trilha em canola. Ciência Rural, Santa Maria, v. 35, n. 2, p. 347-352, 2005.

COORDENADORIA DE ASSISTÊNCIA TÉCNICA INTEGRADA - DEPARTAMENTO DE SEMENTES, MUDAS E MATRIZES (CATI - DSMM). Evolução das cultivares de milho variedade “AL” produzidas pela CATI. 2010.

CRUZ, C. D. Genes v.2005.0.0: aplicativo computacional em genética e estatística. Viçosa: Universidade Federal de Viçosa, Departamento de Biologia Geral, 2005. Disponível em: http://arquivo.ufv.br/dbg/genes/Genes_Br.htm. Acesso em: 12 jun. 2017.

CRUZ, C. D.; CARNEIRO, P. C. S. Modelos biométricos aplicados ao melhoramento genético. v. 2. Viçosa: Ed. da UFV, 2003. 585p.

DAHER, R. F.; PEREIRA, A. V.; PEREIRA, M. G.; LÉDO, F. J. S.; AMARAL JUNIOR, A. T.; ROCABADO, J. M. A.; FERREIRA, C. F.; TARDIN, F. D. Análise de trilha de caracteres forrageiros do capim-elefante (Pennisetum purpureum Schum.). Ciência Rural, Santa Maria, v. 34, n. 5, p. 1531-1535, 2004.

DHASARATHAN, M.; BABU, C.; IYANAR, K.; VELAYUDHAM, K. Studies on genetic potential of baby corn (Zea mays L.) hybrids for yield and quality traits. Electronic Journal of Plant Breeding, Índia, v. 3, p. 853-860, 2012.

DOVALE, J. C.; FRITSCHE-NETO, R.; SILVA, P. S. L. Índice de seleção para cultivares de milho com dupla aptidão: minimilho e milho verde. Bragantia, Campinas, v. 70, n. 4, p. 781-787, 2011.

DRAPER, N. R.; SMITH, Harry. Applied regression analysis. 2. ed. New York: J. Wiley, 1981. 709p.

EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA (EMBRAPA). Sete Lagoas: Embrapa Milho e Sorgo, 2008. Milhos especiais garantem renda extra.

FALCONER, D. S.; MACKAY, T. F. C. Introduction to quantitative genetics. London: Longman Malaysia, 1996. 463p.

FERRÃO, R. G.; SANTOS, J. A. C.; DESSAUNE FILHO, N. Ensaios de populações de milho no Espírito Santo, no ano agrícola de 1984/85. Boletim técnico: Embrapa Cariacica, Cariacica, n. 1, p. 2-9. 1986.

FURTADO, M. R.; CRUZ, C. D.; CARDOSO, A. A.; COELHO, A. D. F.; PETERNELLI, L. A. Análise de trilha do rendimento do feijoeiro e seus componentes primários em monocultivo e em consórcio com a cultura do milho. Ciência Rural, Santa Maria, v. 32, n. 02, p. 217-220, 2002.

GENT, M. P. N. Photosynthate reserves during grain filling in winter wheat. Agronomy Journal, Madison, v. 86, p. 159-167, 1994.

GONÇALVES, M. C.; CORREA, A. M.; DESTRO, D.; SOUZA, L. C. F.; SOBRINHO, T. A. Correlations and path analysis of common bean grain yield and its primary components. Crop Breeding and Applied Biotechnology, Viçosa, v. 3, n. 3, p. 217-222, 2003.

HOOGERHEIDE, E. S. S.; VENCOVSKY, R.; FARIAS, F. J. C.; FREIRE, E. C.; ARANTES, E. M. Correlações e análise de trilha de caracteres tecnológicos e a produtividade de fibra de algodão. Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, v. 42, n. 10, p. 1401-1405, 2007.

KUREK, A. J.; CARVALHO, F. I.; ASSMANN, I. C.; MARCHIORO, V. S.; CRUZ, P. J. Análise de trilha como critério de seleção indireta para rendimento de grãos em feijão. Revista Brasileira de Agrociência, Pelotas, v. 7, n. 1, p. 29-32, 2001.

LICHT, M.A.; LENSSEN, A.W.; ELMORE, R.W. Corn (Zea mays L.) seeding rate optimization in Iowa, USA. Precision Agriculture, v. 18, p. 452-469, 2017.

LOPES, A.P.; NÓBREGA, L.H. P.; PACHECO, F.P.; CRUZ-SILVA, C.T. A. Maize varieties for baby corn yield and post-harvest quality under organic cropping. Bioscience Journal, Uberlândia, v. 32, n. 2, p. 298-307, 2016.

LORENTZ, L.H.; FORTES, F.O.; DAL’COL, L. A. Trilha entre as variáveis das análises de sementes de espécies florestais exóticas do Rio Grande do Sul. Revista Árvore, Viçosa, v. 30, n. 4, p. 567-574, 2006.

MAGALHÃES, P. C.; PAIVA, E. Fisiologia da produção de milho. In: EMBRAPA. Recomendações técnicas para o cultivo do milho. Sete Lagoas: EMBRAPA, SPI, 1993. p. 85-92.

NASCIMENTO, K. O.; MARIANO, V. K.; SANTOS, M. S.; BARBOSA JÚNIOR, J. L.; BARBOSA, M. I. M. J. Aspectos microbiológicos, químicos e nutricionais de conservas de minicenoura e minimilho orgânicas. Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável, Pelotas, v. 9, n. 3, p. 81-87, 2014.

PAIXÃO, S. L.; CAVALCANTE, M.; FERREIRA, P. V.; MADALENA, J. A. S.; PEREIRA, R. G. Divergência genética e avaliação de populações de milho em diferentes ambientes no estado de Alagoas. Revista Caatinga, Mossoró, v. 21, n. 4, p. 191-195, 2008.

PEREIRA FILHO, I. A.; GAMA, E. E. G. Avaliação de genótipos de milho em diferentes densidades de semeadura visando à produção de minimilho com maior aproveitamento comercial. Circular técnica: Embrapa Milho e Sorgo, n. 29, 4p., 2001.

PEREIRA FILHO, I. A.; CRUZ, J. C. Manejo cultural de minimilho. Circular técnica: Embrapa Milho e Sorgo, Sete Lagoas, n. 7, 4p. 2001.

PEREIRA FILHO, I. A.; CRUZ, J. C.; QUEIROZ, V. A. Avaliação de Cultivares de milho visando à produção de minimilho na Região Norte do Estado de Minas Gerais. Circular técnica: Embrapa Milho e Sorgo, Sete Lagoas, n. 13, 4p. 2009.

PEREIRA FILHO, I.A.; CRUZ, J.C.; ALVARENGA, R. C. Efeito de densidade de semeadura, níveis de nitrogênio e despendoamento sobre a produção de minimilho. Comunicado técnico: Embrapa Milho e Sorgo, Sete Lagoas, n. 119, 4p. 2005.

PEREIRA FILHO, I.A.; KARAM, D. A cultura do minimilho. Embrapa Informação Tecnológica: Coleção Plantar, Brasília, v. 4, n. 63, p. 15-18, 2008.

RAWLINGS, J. O.; PANTULA, S. G.; DICKEY, D. A. Applied regression analysis - a research tool. Pacific grove: Wadsworth, 1998. 553p.

RIBEIRO, R. B.; CARVALHO, C. M.; FEITOSA, H.O.; FEITOSA, S.O.; SILVA, S.L. Growth of corn BRS catingueiro irrigated in Cariri Ceará. Applied Research & Agrotechnology, Guarapuava, v. 8, n. 3, p. 81-86, 2016.

RODRIGUES, L.R. F.; SILVA, N.; MORI, E.S. Avaliação de sete famílias s2 prolíficas de minimilho para a produção de híbridos. Bragantia, Campinas, v. 63, n. 1, p. 31-38, 2004.

SINGH, G.; KUMAR, S.; SINGH, R.; SINGH, S. S. Growth and yield of Baby Corn (Zea Mays L.) as influenced by varieties, spacings and dates of sowing. Indian journal of agricultural research, v. 49, n. 4, p. 353-357, 2015.

TEIXEIRA, F.F. Milho cultivado no Brasil e banco de germoplasma - uma forma de classificação da variabilidade genética. Comunicado técnico, Sete Lagoas, n. 155, 11p. 2008.

VIEIRA, E.A.; CARVALHO, F.I. F.; OLIVEIRA, A.C.; MARTINS, L.F.; BENIN, G.; SILVA, J.A. G.; COIMBRA, J.; MARTINS, A.; CARVALHO, M.F.; RIBEIRO, G. Análise de Trilha entre os componentes primários e secundários do rendimento de grãos em trigo. Revista Brasileira de Agrociência, Pelotas, v. 13, n. 2, p. 169-174, 2007.




DOI: http://dx.doi.org/10.17765/2176-9168.2019v12n3p855-874

Revista em Agronegócio e Meio Ambiente


Unicesumar, Maringá (PR), Brasil
Contato: naep@unicesumar.edu.br
ISSN 2176-9168 On-line
ISSN 1981-9951 Versão impressa interrompida em 2019

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.