AVALIAÇÃO DA ARBORIZAÇÃO DE ACOMPANHAMENTO VIÁRIO NA REGIÃO CENTRAL DE MARINGÁ (PR)

Ricardo Massulo Albertin, Frederico Fonseca Silva, Fábio Henrique Soares Angeoletto, Juliane Vier Vieira, Bruno Luiz Domingos De Angelis

Resumo


A arborização de acompanhamento viário faz parte da infraestrutura urbana e deve ser planejada e gerida em conjunto com os demais componentes urbanos, como forma de garantir níveis satisfatórios de qualidade de vida para a população. Neste contexto, o presente trabalho teve por objetivo avaliar a arborização de acompanhamento viário na Zona de Comércio Central (ZCC) da cidade de Maringá, Paraná, Brasil. Para isso, realizou-se levantamento censo quali-quantitativo no qual se identificou as árvores por meio da metodologia usual taxonômica e consulta bibliográfica, e avaliou-se as características do local de plantio, sistema radicular, copa e poda. Os resultados indicaram a presença de 1.758 exemplares arbóreos de 57 espécies, com predominância de sibipirunas (36,6%) tipuanas (20,4%) e alecrim de Campinas (15,8%). Em relação ao local de plantio, 33,2% das árvores estão plantadas no meio do lote. A avaliação do sistema radicular demonstrou que 30,0% das árvores provocam rachaduras nas calçadas. Verificou-se que 20,0% das copas estão interferindo de forma negativa nas edificações. Os dados referentes às podas demonstraram que 19,0% são de árvores em que não há indícios de poda. Conclui-se que a riqueza de espécies vegetais na área de estudo é correntemente alta, porém mal distribuída. Nota-se que em zonas comerciais há uma maior ocorrência de impactos negativos das copas sobre as edificações.

Palavras-chave


Ecologia urbana; Planejamento urbano; Vegetação urbana

Texto completo:

PDF

Referências


BALENSIEFER, M.; WIECHETECK, M. Arborização de cidades. Curitiba: Governo do Paraná, Instituto de Terras e Cartografia, 1985.

BELOTO, G. E.; DE ANGELIS, B. L. Arborização urbana e sua relação com o uso do solo na cidade de Maringá, Estado do Paraná. Acta Scientiarum. Technology, v. 25, no. 1, p. 103-111, 2003.

COMPANHIA PARANAENSE DE ENERGIA. Arborização de vias públicas. Curitiba: COPEL, 2009. Disponível em: http://www.copel.com/hpcopel/guia_arb/como_planejar_a_arborizacao.html. Acesso em: 23 nov. 2015.

DILLEY, J.; WOLF, K. Homeowner interactions with residential tress in urban areas. Arboriculture & Urban Forestry, v. 39, n. 6, p. 267-277, abr. 2014. Disponível em: http://joa.isa-arbor.com/request.asp?JournalID=1&ArticleID=3293&Type=2. Acesso em: 30 abr. 2014.

GALVIN, M. F. A methodology for assessing and managing biodiversity in street tree populations: a case study. The Journal of Arboriculture, v. 25, n. 3, p. 124-128, maio 1999. Disponível em: http://joa.isa-arbor.com/request.asp?JournalID=1&ArticleID=2845&Type=2. Acesso em: 15 jan. 2014.

GOMES, Paulo Broering (org.). Manual para elaboração do plano municipal de arborização urbana. Curitiba: MEPMAU, 2012. (Série Cadernos Técnicos). Disponível em: http://www.meioambiente.mppr.mp.br/arquivos/File/planejamento_estrategico/6_Manual_PMARB.pdf. Acesso em: 4 nov. 2015.

JIM, C. The urban forestry programme in the heavily built-up milieu of Hong Kong. Cities, v. 17, p. 271-283, 2000.

LORENZI, H. Árvores brasileiras: manual de identificação e cultivo de plantas arbóreas nativas do Brasil. 2. ed. Nova Odessa: Instituto Plantarum, 2002. v. 2. 368 p.

LORENZI, H. Árvores brasileiras: manual de identificação e cultivo de plantas arbóreas nativas do Brasil. 5. ed. Nova Odessa: Instituto Plantarum, 2008. v. 1. 384 p.

LORENZI, H.; SOUZA, H. M.; TORRES, M. A. V.; BACHER, L. B. Árvores exóticas no Brasil: madeireiras, ornamentais e aromáticas. 2003. 368 p.

MARINGÁ (PR). Prefeitura. Câmara Municipal. Legislação: SAPL - Sistema de Apoio ao Processo Legislativo - Câmara Municipal de Maringá - Paraná. Disponível em: http://www.cmm.pr.gov.br/?inc=legislacao. Acesso em: 22 nov. 2015.

MARINGÁ (PR). Prefeitura. Diretoria de Tecnologia da Informação. Gerência de Processamento. Bairros de Maringá. Maringá: PMM, 2015. 1 mapa, color. Escala 1:17.000.

MARINGÁ (PR). Prefeitura. NRM U-20001: das calçadas: desenho, acessibilidade e mobilidade. Maringá: PMM, 2016a.

MARINGÁ (PR). Prefeitura. Secretaria de Serviços Públicos. Viveiro municipal de Maringá e gerência de arborização. Ofício protocolo nº 1008. Maringá: PMM, 2016b.

MASCARÓ, L. E. A. R.; MASCARÓ, J. L. Vegetação urbana. Porto Alegre: UFRGS, 2002. 242 p.

MILANO, M. S. Avaliação quali-quantitativa e manejo da arborização urbana: exemplo de Maringá-PR. 1988. Tese (Doutorado em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 1988. 120 p.

MILANO, M.; DALCIN, E. Arborização de vias públicas. Rio de Janeiro: Light, 2000. 226 p.

PARANÁ (Estado). Instituto Ambiental do Paraná. Reconhece como espécies exóticas invasoras no estado do Paraná as espécies relacionadas nos Anexos 1 (Plantas), 2 (Vertebrados) e 3 (Invertebrados) da presente Portaria nº 59, de 25 de abril de 2015. Lex: Diário Oficial Executivo, n. 9446, p. 85, maio 2015.

REGO, R. L. O desenho urbano de Maringá e a ideia de cidade-jardim. Acta Scientiarum, v. 23, n. 6, p. 1569-1577, 2001. Disponível em: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciTechnol/article/view/2801/1853. Acesso em: 5 maio 2013.

SAMPAIO, A. C. F. Análise da arborização de vias públicas das principais zonas do plano piloto de Maringá-PR. 2006. Maringá. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Estadual de Maringá, Maringá, 2006. 264 p.

SAMPAIO, A. C. F. O processo de degradação e o estado de conservação da flora nos fragmentos florestais da área rural do Município de Maringá, Paraná. Tese (Doutorado em Geografia) - Universidade Estadual de Maringá, Maringá, 2013. 117 p.

SHAFER, E. L.; MOELLER, G. H. Urban Forestry: its scope and complexity. Journal of Arboriculture, v. 5, n. 9, p. 206-209, sep. 1979. Disponível em: http://joa.isa-arbor.com/request.asp?JournalID=1&ArticleID=1600&Type=2. Acesso em: 15 dez. 2014.




DOI: http://dx.doi.org/10.17765/2176-9168.2019v12n4p1333-1351

Revista em Agronegócio e Meio Ambiente


Unicesumar, Maringá (PR), Brasil
Contato: naep@unicesumar.edu.br
ISSN 2176-9168 On-line
ISSN 1981-9951 Versão impressa interrompida em 2019

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.