<b>Eficiência de Sistemas de Aplicação de Vinhaça Visando Economia e Consciência Ambiental

  • Ricardo Gava Universidade Estadual de Maringá - UEM
  • Paulo Sérgio Lourenço de Freitas Universidade Estadual de Maringá - UEM
  • Jefferson Vieira José Universidade Estadual de Maringá - UEM
  • Alexandre de Castro Salvestro Universidade Estadual de Maringá - UEM
Palavras-chave: Meio ambiente, Água Residuária, Dissolução, Uréia

Resumo

Apesar de a vinhaça ser rica em nutrientes e substituir a adubação convencional, as áreas de aplicação necessitam de um complemento com nitrogênio, que é feito com aplicação de uréia por cobertura utilizando maior mão-de-obra e equipamentos. Porém a aplicação do nitrogênio pode ser realizada utilizando o sistema já existente de fertirrigação, bastando adicionar ao mesmo um tanque de pré-mistura e uma bomba de inserção na linha. Os tratamentos constaram de uma testemunha, e três doses de aplicação de vinhaça, correspondendo a 150, 300 e 450 m3 ha-1, com adição de solução de uréia equivalendo a 200 kg ha-1 em cada tratamento e 150, 300 e 450 m3 ha-1 de vinhaça com aplicação de 200 kg ha-1 de uréia aplicada pelo método convencional por cobertura, em sulco com profundidade de 0,15 m, de acordo com unidades produtoras da região. O objetivo deste trabalho foi comparar o efeito da aplicação de nitrogênio, inserindo-o na linha de fertirrigação de vinhaça, com o sistema de aplicação convencional de uréia por cobertura, em três doses de aplicação na cultura da cana-de-açúcar. Os resultados indicam que se pode aplicar Uréia dissolvida através do sistema de fertirrigação, não acarretando em redução, nem aumento de rendimento, porém haverá menor utilização de máquinas e mão-de-obra, reduzindo o custo de produção e os impactos no meio ambiente.

Biografia do Autor

Ricardo Gava, Universidade Estadual de Maringá - UEM
P
Paulo Sérgio Lourenço de Freitas, Universidade Estadual de Maringá - UEM
Docente do Departamento de Agronomia da Universidade Estadual de Maringá – UEM. E-mail: pslfreitas@uem.br
Jefferson Vieira José, Universidade Estadual de Maringá - UEM
Pós-Graduação em Agronomia pela Universidade Estadual de Maringá – UEM. E-mail: jfbudala@msn.com
Alexandre de Castro Salvestro, Universidade Estadual de Maringá - UEM
Pós-Graduação em Agronomia pela Universidade Estadual de Maringá – UEM. E-mail: alexandresilvestre@hotmail.com
Seção
Meio Ambiente