<b>Impacto do Manejo Pré-abate na Qualidade da Carne de Frango

  • José Maurício Gonçalves dos Santos Centro Universitário de Maringá - CESUMAR
  • Amanda Teigão Müller Centro Universitário de Maringá - CESUMAR
  • Eliane Cuaglio Paschoal Centro Universitário de Maringá – CESUMAR
Palavras-chave: Carne DFD, Carne PSE, Escolha do Consumidor, Transporte de Frangos de Corte.

Resumo

O manejo pré–abate pode influenciar tanto positiva quanto negativamente a qualidade da carne de frango, em especial os fenômenos denominados PSE e DFD. A carne PSE caracteriza-se por apresentar propriedades funcionais indesejáveis como cor pálida e baixa capacidade de retenção de água. Por outro lado, a carne DFD apresenta as características escura, firme e seca, sendo mais susceptíveis a alterações microbianas, podendo causar danos à saúde do consumidor. Essas são características que influenciam tanto a escolha inicial do produto pelo consumidor, como a aceitação no momento do consumo. O bem-estar animal influi positivamente sobre a qualidade da carne. Esse deve ser aplicado de forma ampla, desde as instalações na criação, passando pela alimentação, considerando os aspectos sanitários e genéticos e, finalmente, o transporte e o abate em estabelecimentos adequados, garantindo, desta forma, um produto final de melhor qualidade, pois a carne de frango possui inúmeras características benéficas à saúde. A carne utilizada em produtos processados deve possuir propriedades funcionais excelentes, com padrões de qualidade estável, que garantam um produto final de boa qualidade e rentabilidade. Todos os fatores que compõem o manejo pré-abate devem ser realizados de forma adequada, visando a minimizar as perdas econômicas na cadeia de produção de frangos de corte.

Biografia do Autor

José Maurício Gonçalves dos Santos, Centro Universitário de Maringá - CESUMAR
M
Amanda Teigão Müller, Centro Universitário de Maringá - CESUMAR
Discente do Curso de Medicina Veterinária no Departamento de Medicina Veterinária do Centro Universitário de Maringá – CESUMAR; Bolsista do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC/CNPq - CESUMAR). amandat_muller@hotmail.com
Eliane Cuaglio Paschoal, Centro Universitário de Maringá – CESUMAR
Discente do Curso de Pós-Graduação de Medicina Veterinária no Departamento de Medicina Veterinária do Centro Universitário de Maringá – CESUMAR; Bolsista do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC/CNPq - CESUMAR); Médica Veterinária; E-mail: ely_p_mv@hotmail.com
Publicado
2011-12-08
Seção
Agronegócio