AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO DE UM “SMALL NON-ROAD ENGINE” OPERANDO COM MISTURAS GASOLINA E ETANOL

Waldir Nagel Schirmer, Luciano Zart Olanyk, Camilo Bastos Ribeiro

Resumo


O presente trabalho avaliou o desempenho de consumo de combustível e as emissões dos gases poluentes monóxido de carbono (CO), hidrocarbonetos (HC) e óxidos de nitrogênio (NOx) provenientes da combustão de combustíveis formulados a partir de gasolina pura e misturada a 5, 10, 15, 20 e 25% v/v de etanol anidro. Para tanto, empregou-se um “small non-road engine (SNRE)”, monocilíndrico, 4 tempos, de 196 cc, acoplado a um gerador de potência máxima de 2.400 W, operando sob cargas de 0, 600, 1.200, 1.800 e 2.000 W. Para determinação das emissões gasosas, utilizou-se um analisador automático similar aos normalmente usados em inspeções veiculares. Os resultados mostraram que, com o gradual aumento de etanol à gasolina, as reduções nas concentrações de CO, HC e NOx alcançaram 75, 67, e 7% para a menor carga (0 W) e 189, 3, e 43% para a maior carga (2000 W), respectivamente, apesar de ser verificado aumento médio de 10% no consumo mássico de combustível.

Palavras-chave


Biocombustíveis; Combustão; Emissões atmosféricas; Motores de ignição por centelha

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17765/2176-9168.2017v10n3p789-808

Revista em Agronegócio e Meio Ambiente
Unicesumar, Maringá (PR), Brasil
Contato: naep@unicesumar.edu.br
ISSN 1981-9951 Impressa
ISSN 2176-9168 On-line

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.