ETNOECOLOGIA DO CAMBUCI (Campomanesia phaea (O. Berg) LANDRUM) PELA POPULAÇÃO DE PARANAPIACABA, SUDESTE DO BRASIL

Cristiane Campanini, Ana Paula do Nascimento Lamano-Ferreira, Maria Solange Francos, Mauricio Lamano-Ferreira

Resumo


A relação do homem com a natureza é tão antiga quanto a sua própria história. No entanto a biodiversidade tem sido ameaçada pelas atividades humanas. Assim, o presente trabalho se propôs a conhecer a relação de uma população humana urbana com uma espécie arbórea, conhecida como cambuci (Campomanesia phaea (O. Berg) Landrum), bastante utilizada para diferentes fins e de relevante interesse ecológico, próximo a uma área de conservação na Mata Atlântica, Sudeste do Brasil. Para isso, foi analisada a população da vila de Paranapiacaba, cidade de Santo André, SP, a qual mantém relação estreita com o cambuci. Foram realizadas 50 entrevistas com moradores e comerciantes locais que concordaram em participar, utilizando-se do método bola de neve e de conversas informais. Foram levantados na entrevista os diversos usos e aplicações do fruto de cambuci, bem como outros aspectos relacionados à ecologia da planta. Os entrevistados demonstraram conhecimento sobre os visitantes florais da C. phea e prováveis dispersores de seus frutos. Em relação ao plantio de mudas, os dados indicam que a comunidade humana promove o plantio da espécie uma vez que a utiliza como recurso para diversos fins e produz mudas por meio de sementes e brotos retirados da mata. Um dos principais usos do cambuci pelos moradores de Paranapiacaba foi o de alimento, sendo o fruto encontrado em diversas formas como como geleias, licores, cachaça, mousse, sorvete, bolo, além do tradicional suco na região.

Palavras-chave


Conservação da biodiversidade; Alimentação; Etnobotânica, Sustentabilidade.

Texto completo:

PDF

Referências


ANDRADE, B.A.G.F.; FONSECA, P.Y.G.; LEMOS, F. Cambuci - o fruto, o bairro, a rota: história, cultura, sustentabilidade e gastronomia. São Paulo: Ouriversaria da Palavra, 2011. 176 p.

AUSTIN, A.T.; BUSTAMANTE, M.M.C.; NARDOTO, G.B.; MITRE, S.K.; PEREZ, T.; OMETTO, J.P.H.B.; ASCARRUNZ, N.L.; FORTI, M.C.; LONGO, K.; GAVITO, M.E.; ENRICH-PRAST, A.; MARTINELLI, L.A. Latin America’s Nitrogen Challenge. Science, Nova Iorque, v. 340, p. 149-149, 2013.

BALDAUF, C.; KUBO, R.R.; SILVA, F.; IRGANG, B.E. “Ferveu, queimou o ser da erva”: conhecimento de especialistas locais sobre plantas medicinais na região Sul do Brasil. Rev. Bras. Plantas Med., Botucatu, v. 11, n. 3, p. 282-291, 2009.

BOTELHO, J.M. LAMANO-FERREIRA, A.P.N.; FERREIRA, M.L. Prática de cultivo e uso de plantas domésticas em diferentes cidades brasileiras. Ciência Rural, Santa Maria, v. 44, n. 10, p. 1810-1815, 2014.

CORDEIRO, G.D.; PINHEIRO, M.; SANTOS, I.A. Polinizadores e sucesso reprodutivo de Campomanesia phaea (Myrtaceae). In: Congresso Nacional de Botânica, 64., Belo Horizonte. Anais... 2013.

CARMO, J.B.; DE SOUSA NETO, E. R.; J.; OMETTO, J. P. H. B.; MARTINELLI, L. A.; R. Conversion of the coastal Atlantic forest to pasture: Consequences for the nitrogen cycle and soil greenhouse gas emissions. Agriculture, Ecosystems & Environment, v. 148, p. 37-43, 2012.

CINCOTTA, R.P.; WISNEWSKI, J.; ENGELMAN, R. Human population in the biodiversity hotspots. Nature, v. 404, n. 6781, p. 990–992, 2000.

DORIGO, T.A.; LAMANO-FERREIRA, A.P.N. Contribuições da Percepção Ambiental de Frequentadores sobre Praças e Parques no Brasil (2009-2013): Revisão Bibliográfica. Revista de Gestao Ambiental e Sustentabilidade, v. 4, p. 31-45, 2015. Disponível em: . Acesso em: 20 jan. 2016.

FARIA, A.A. Etnoconservação como política de meio ambiente no Brasil: desafios políticos de resistência e integração ao mundo globalizado. Agroecol. Desenv. Rur. Sustent., Porto Alegre, v. 3, n. 3, 2002. Disponível em: . Acesso em: 20 jan. 2016.

FRANCO, F.; Nascimento-Lamano, A.P.; FERREIRA, M.L. Etnobotânica: aspectos históricos e aplicativos desta ciência. Cadernos de Cultura e Ciência (URCA), v. 10, p. 17-22, 2013.

FRANCO, G.A.D.C. Avaliação integrada de remanescentes florestais de Embu- SP. São Paulo: Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Instituto Florestal, 2006. 67p.

FRANCO, G.A.D.C. Importância dos remanescentes florestais de Embu (SP, Brasil) para a conservação da flora regional. Biota Neotrop., São Paulo, v. 7, n. 3, p. 147-161, 2007.

GRESSLER, E.; PIZO, M.A.; MORELLATO, L.P.C. Polinização e dispersão de sementes em Myrtaceae do Brasil. Rev. Bras. Botânica, São Paulo, v. 29, n. 4, p. 509-530, 2006.

GROPPO, J.D.; LINS, S.R.M. ; CAMARGO, P.B. ; ASSAD, E.D. ; PINTO, H. S.; MARTINS, S.C.; SALGADO, P.R.; EVANGELISTA, B.; VASCONCELLOS, E.; SANO, E.E. ; PAVÃO, E. ; LUNA, R. ; MARTINELLI, L.A. Changes in soil carbon, nitrogen and phosphorus due to land-use changes in Brazil. Biogeosciences Discussion (Online), v. 12, p. 2533-2571, 2015.

KAWASAKI, M.L.; LANDRUM, L.R. Notes on economic plants. Econ. Bot., New York, v. 51, n. 4, p. 403-407, 1997.

LAMANO-FERREIRA, A.P.N.; FERREIRA, M.L.; FRANCOS, M.S. ; MOLINA, S.M.G. Espaços residenciais urbanos e suas implicações na conservação da biodiversidade. In: Benini, S.M.; Rosin, J.A.R.G. (Org.). Estudos Urbanos: uma abordagem interdisciplinar da cidade contemporânea. 2. ed. Tupã: ANAP, 2016, p. 349-362.

LANDRUM, L.R. Campomanesia, Pimenta, Blepharocalyx, Legrandia, Acca, Myrrhinium, and Luma (Myrtaceae). Flora Neotropica monograph., New York, v. 45, n. 1, p. 178, 1986.

LORENZI, H. Árvores brasileiras: manual de identificação e cultivo de plantas arbóreas nativas do Brasil. Nova Odessa: Plantarum, 1992. 352 p.

MAGALHÃES, H.F.; NETO, E.M.C.; SCHIAVETTI, A. Cosmovisão e etnoconservação nos manguezais do município de Conde, litoral norte do estado da Bahia, Brasil. Etnobiologia, Bahia, v. 12, n. 1, p. 23-29, 2014.

MAGRACH, A.; RODRIGUEZ-PERES, J.; PIAZZON, L.S. Divergent effects of forest edges on host distribution and seed disperser activity influence mistletoe distribution and recruitment. Journal of Ecology, v. 103, n. 6, p. 1475-1486, 2015.

MALUF, A.M.; PISCIOTTANO, W.A. Secagem e armazenamento das sementes de cambuci. Pesq. Agropec., Brasília, v. 401, n. 7, p. 707-714, 2005.

MING, L. C. A etnobotânica na recuperação do conhecimento popular. In: Encontro Internacional de Agroecologia e Desenvolvimento Rural Sustentável, 1., Botucatu, 2001. Anais... Disponível em: . Acesso em: 20 jan. 2016.

MONTELES, R.; PINHEIRO, C.U.B. Plantas medicinais em um quilombo maranhense: uma perspectiva etnobotânica. Rev. Biol. Ciência da Terra, Maranhão, v. 7, n. 2, p. 12, 2007.

MOREIRA, R.C.T.; COSTA, L.C.B.; COSTA, R.C.S.; ROCHA, E.A. Abordagem etnobotânica acerca do uso de plantas medicinais na Vila Cachoeira, Ilhéus, Bahia, Brasil. Acta Farm. Bom., Argentina, v. 21, n. 3, p. 205-211, 2002.

MOURA, F.B.P.; MARQUES, J.G.W. Conhecimento de pescadores tradicionais sobre a dinâmica espaço-temporal de recursos naturais na Chapada Diamantina, Bahia. Biota Neotrop., Campinas, v. 7, n. 3, 2007.

OLIVEIRA, F.C.; ALBUQUERQUE, U.P.; FONSECA-KRUEL, V.S.; HANAZAKI, N. Avanços nas pesquisas etnobotânicas no Brasil. Acta bot. bras. v. 23, n. 2, p. 590-605, 2009. Disponível em: . Acesso em: 20 jan. 2016.

PEREIRA, B.E.; DIEGUES, A.C. Conhecimento de populações tradicionais como possibilidade de conservação da natureza: uma reflexão sobre a perspectiva da etnoconservação. Desenvolvimento e Meio Ambiente, Curitiba, n. 22, p. 37-50, 2010. Disponível em: . Acesso em: 20 jan. 2016.

PERSHA, L.; AGRAWAL, A.; CHHATRE, A. Social and Ecological Synergy: Local Rulemaking, Forest Livelihoods, and Biodiversity Conservation. Science, Nova Iorque, v. 331, n. 6024, p. 1606-1608, 2011.

PIRES, V.M.; ABREU, P. P.; SOARES, C.S.; SOUZA, B.; MARIANO, D.; SILVA, C.D.; ROCHA, E. A.Etnobotânica de terreiros de candomblé nos municípios de Ilhéus e Itabuna, Bahia, Brasil.Rev. Bras. Biocien., Porto Alegre, v. 7, n. 1, p. 3-8, 2009. Disponível em: . Acesso em: 20 jan. 2016.

PPSP. Portal da Prefeitura de São Paulo. Disponível em: . Acesso em 03 fev. 2015.

PPSP. Prefeitura de São Paulo. In: Seminário Compartilhando Conhecimento sobre o Cambuci – CampomanesiaPhaea., 1., São Paulo. Anais.. Incubadora de Projetos Sociais da Prefeitura de São Paulo, 2010. Disponível em: . Acesso em: 20 de maio 2010.

PSA. Prefeitura Municipal de Santo André. Secretaria de Gestão de Recursos Naturais de Paranapiacaba e Parque Andreense. Vila de Paranapiacaba. Disponível em: . Acesso em: 6 maio 2014.

SARMENTO, A.S.M.; BARBOSA C.; CASTELLANI, T.T.; HANAZAKI, N. Interferência Humana no Estabelecimento e Distribuição de Furcraeafoetida (L.) Haw (Agavaceae) na Praia Mole, Ilha de Santa Catarina, Brasil: Uma Interface entre Etnobotânica e Espécies Exóticas Invasoras. Biodiversidade Brasileira, v. 3, n. 2, p. 175-191, 2013. Disponível em: . Acesso em: 20 jan. 2016.

SILVA, I.G.; CORREIA, A.F.K; BIGARAN, J.T.; BAPTISTA, C.P.; CARMO, L.F.; SPOTO, M.H. Estudo de caracterização do fruto cambuci [Campomanesia phaea (o. Berg.) Landrum] e sua aplicação no processamento de geleia. B. Ceppa, Curitiba, v. 30, n. 1, p. 83-90, 2012.

SIVIERO, A.; DELUNARDO, T.A.; HAVERROTH, M.; OLIVEIRA, L.C.; MENDONÇA, A.M.S. Cultivo de Espécies Alimentares em Quintais Urbanos de Rio Branco, Acre, Brasil. Acta Bot. Bras., 25(3): 549-556 2011. Disponível em: . Acesso em: 20 jan. 2016.

SOUZA, L.S. Enriquecimento com Campomanesia phaea (berg.) Landr. E Euterpe edulis Martius em fragmentos de floresta ombrófila densa em estádio secundário. Botucatu: UNESP, 2011. 62p. Disponível em: . Acesso em: 20 jan. 2016.

SOUZA, A.M.; CARBONI, M.; VIEIRA, A.S. Riqueza em espécies arbóreas utilizadas no Projeto Mata Ciliar na Microbacia do Santo Antonio no município de JAÚ-SP. Instituto Pró-Terra, [s.l.; s.d.]. Disponível em:. Acesso em: 20 jan. 2016.

TOLEDO, V.M. Povos/Comunidades tradicionais e a biodiversidade – Instituto de Ecologia, UNAM, México. Trad.: Antonio Diegues. In: LEVIN, S. (Org.). Encyclopedia of Biodiversity. New York: Academic Press, 2001.

VALLILO, M.I.; GARBELOTTI, M.L.; OLIVEIRA, E.; LAMARDO, L.C.A. Características físicas e químicas dos frutos do cambucizeiro (Campomanesiaphaea). Rev. Bras. Frutic., Jaboticabal, v. 7, n. 2, p. 241-244, 2005. Disponível em: . Acesso em: 20 jan. 2016.

VIGANÓ, J.; VIGANÓ, A.J.; SILVA, C.T.A.C. Utilização de plantas medicinais pela população da região urbana de Três Barras do Paraná.Acta Sci. Health Sci, Maringá, v. 29, n. 1, p. 51-58, 2007. Disponível em: . Acesso em: 20 jan. 2016.




DOI: http://dx.doi.org/10.17765/2176-9168.2017v10n4p1179-1203

Revista em Agronegócio e Meio Ambiente
Unicesumar, Maringá (PR), Brasil
Contato: naep@unicesumar.edu.br
ISSN 1981-9951 Impressa
ISSN 2176-9168 On-line

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.