EMISSÃO DE METANO NA RECRIA E TERMINAÇÃO DE BOVINOS SOB DIFERENTES NÍVEIS DE TECNOLOGIA

Tatiane Aparecida Lazari, Jucilene Cavali, Marlos Oliveira Porto, Elvino Ferreira, Luciane Cunha Codognoto

Resumo


Avaliou-se o desempenho produtivo e a produção de metano em dois sistemas de recria e terminação de bovinos de corte localizados no Estado de Rondônia. O estudo foi desenvolvido em delineamento inteiramente casualizado, com dois tratamentos, sendo utilizados 128 novilhos não castrados, com peso médio inicial de 281,906 ± 1,69 kg. Os sistemas produtivos foram classificados pelo nível de tecnologia aplicado, sendo a recria a pasto com suplementação e terminação em confinamento (PSC), considerado o sistema produtivo de uso de alta tecnologia e o sistema com recria e terminação a pasto com suplementação (PS), classificado de nível de média tecnologia. Constatou-se que o sistema PS apresentou maior pressão de pastejo na recria, menor disponibilidade de MS (t/ha) e maior taxa de lotação. No sistema mais tecnificado o tempo de recria foi reduzido em 61 dias, com liberação de 41,42% menos CH4 por quilo de ganho corporal. E o ciclo de terminação foi concluído 94 dias antes no sistema PSC em relação ao do sistema PS, com 57,20% menos emissão de CH4 por quilo de ganho corporal, comparativamente entre os sistemas estudados. Desta forma, pode-se concluir que o nível de tecnologia aplicada à produção animal influencia no desempenho animal, o que na avaliação de CH4 por ganho de peso produzido representa menor impacto ao meio ambiente por emissão de gás, há redução no ciclo de produção animal e o retorno financeiro é mais rápido.

Palavras-chave


Bovinos de Corte; Confinamento; Pasto Suplementado; Sistemas Tecnificados. 

Texto completo:

PDF

Referências


ANUÁRIO BRASILEIRO DA PECUÁRIA DE CORTE 2015. Santa Cruz do Sul: Gazeta Santa Cruz, 2015.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DAS INDÚSTRIAS EXPORTADORAS DE CARNES. Perfil da Pecuária no Brasil. Relatório Anual 2017 [2018]. Disponível em: http://abiec.siteoficial.ws/images/upload/sumario-pt-010217.pdf. Acesso em: 21 fev. 2018.

AZEVEDO, J. A. G. et al. Regulação e predição de consumo de matéria seca. p. 15-44. In: VALADARES FILHO, S. C et al. (ed.). Exigências nutricionais de zebuínos puros e cruzados - BR-Corte. 3. ed. Viçosa: UFV, DZO, 2016.

BRANCO, A. F. Manual de instalações para confinamento de bovinos. Maringá: IEPEC, 2015.

CARDOSO, A. S. Avaliação das emissões de gases de efeito estufa em diferentes cenários de intensificação do uso das pastagens no Brasil Central. Dissertação (Mestrado em Ciência do Solo) - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Seropédica, 2012.

CEZAR, I. M. et al. Sistemas de Produção de Gado de Corte no Brasil: Uma descrição com ênfase no regime alimentar e no abate. Embrapa Gado de Corte, Campo Grande, 2005. (Documentos, 151).

CEZIMBRA, I. M. Emissão de metano por bovinos sob níveis de oferta de forragem em pastagem nativa do Bioma Pampa. 2015. 96f. Tese (Doutorado em Zootecnia) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2015.

CHIZZOTTI, M. L.; LADEIRA, M. M.; MACHADO NETO, O. R.; LOPES, L. S. Eficiência da produção de bovinos e o impacto ambiental da atividade pecuária. In: VII SIMPÓSIO DE PECUÁRIA DE CORTE, 7., SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE PECUÁRIA DE CORTE, 2., 2011. Anais [...]. Visconde do Rio Branco: Suprema, 2011, p. 37-60.

DIAS FILHO, M. B. Diagnóstico das pastagens no Brasil. Documentos, Embrapa Amazônia Oriental, Belém, 2014.

ELLIS, J. L.; KEBREAB, K.; ODONGO, N. E.; MCBRIDE, B. W.; OKINE, E. K.; FRANCE, J. Prediction of methane production from dairy and Beef cattle. Journal of Dairy Science, Savoy, v. 90, p. 3456-3466, 2007.

GONÇALVES, C. C. M.; BARCELOS, A. F. Fisiologia da Digestão dos Ruminantes. Cadernos Técnicos de Veterinária e Zootecnia, Belo Horizonte, n. 74, p. 25-43, 2014.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. Indicadores IBGE: Estatística da Produção Pecuária - Março de 2017 [2017]. Disponível em: ftp://ftp.ibge.gov.br/Producao_Pecuaria/Fasciculo_Indicadores_IBGE/abate-leite-couro-ovos_201604caderno.pdf. Acesso em: 05 abr. 2017.

JOHNSON, K. A.; JOHNSON, D. E. Methane emissions from catle. Journal of animal science, v. 8, p. 2483-2492, 1995.

MACEDO, M. P. et al. Características de carcaça e composição corporal de touros jovens da raça Nelore terminados em diferentes sistemas. Revista Brasileira de Zootecnia, v. 30, n. 5, p. 1610-1620, 2001.

MONTEIRO, R. B. N. C. Desenvolvimento de um modelo para estimativas da produção de gases de efeito estufa em diferentes sistemas de produção de bovinos de corte. 2009. 75f. Dissertação (Mestrado em Agronomia) - Escola Superior de Agricultura “Luiz Queiroz”, Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2009.

PORTO, M. O. et al. Ofertas de suplementos múltiplos para tourinhos Nelore na fase de recria em pastagens durante o período da seca: desempenho produtivo e características nutricionais. Revista Brasileira de Zootecnia, v. 40, n. 11, p. 2548-2557, 2011.

RAMIREZ, J. F.; POSADA OCHOA, S.; NOGUERA, R. Metanogênese ruminal e estratégias para a sua mitigação. Revista CES Medicina Veterinária y Zooctenia (Online), v. 9, n. 2, p. 307-323, 2014.

REIS, R. A.; et al. Suplementação como estratégia de produção de carne de qualidade em pastagens tropicais. Revista Brasileira de Saúde e Produção Animal. v. 13, n. 3, Salvador, 2012.

ROTTA, P. P. et al. Exigências de proteína para bovinos de corte. In: VALADARES FILHO, S. C. et al. (ed.). Exigências nutricionais de zebuínos puros e cruzados - BR-Corte. 3. ed. Viçosa: UFV, DZO, 2016.

SAMPAIO, C. B. et al. Rumen dynamics of neutral detergent fiber in cattle fed low-quality tropical forage and supplemented with nitrogenous compounds. Revista Brasileira de Zootecnia, v. 38, n. 3, p. 560-569, 2009.

SCOT CONSULTORIA. Rendimento de carcaça em frigoríficos do Brasil. Disponível em: https://www.scotconsultoria.com.br/noticias/artigos/37616/rendimento-de-carcaca-em-frigorificos-do-brasil-.htm. Acesso em: 15 set. 2017.

STRASSBURG, B. B. N. et al. When enough should be enough: Improving the use of current agricultural lands could meet production demands and spare natural habitats in Brazil. Global Environmental Change. 28, p. 84-97, 2014.

VALADARES FILHO, S. C. et al. Exigências Nutricionais de Zebuínos no Brasil I. Energia. p. 57-74. In: VALADARES FILHO, S.o de Campos; Pedro Veiga Rodrigues Paulino; Karla Alves Magalhães (ed). Exigências Nutricionais de Zebuínos e Tabelas de Composição de Alimentos. BR-Corte. Viçosa: UFV, DZO, 2006.

WILLERS, C. D. Avaliação dos impactos ambientais da pecuária de Corte semi-intensiva. 2014. 86p. Dissertação (Mestrado em Ciências Ambientais) - Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, Itapetinga, 2014.




DOI: http://dx.doi.org/10.17765/2176-9168.2019v12n3p981-998

Revista em Agronegócio e Meio Ambiente


Unicesumar, Maringá (PR), Brasil
Contato: naep@unicesumar.edu.br
ISSN 2176-9168 On-line
ISSN 1981-9951 Versão impressa interrompida em 2019

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.