AUTONOMIA DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA E OS ATOS DE DISPOSIÇÃO DO PRÓPRIO CORPO

Carolina Vasques Sampaio, Joyceane Bezerra de Menezes

Resumo


Trata da autonomia da pessoa com deficiência para as decisões que impactam o próprio corpo. Considerando que tais pessoas são iguais em direito e dignidade, tem reconhecida a sua personalidade e possuem a capacidade civil para decidir sobre questões existenciais, dentre as quais, os atos de disposição sobre o corpo. Não é a deficiência que mitiga a capacidade para decidir e sim eventual ausência do discernimento necessário à prática da escolha. Aborda a disciplina jurídica da deficiência e os seus impactos da Convenção sobre os Direitos da Pessoa com Deficiência e o Estatuto da Pessoa com Deficiência (Lei no.13.146/2015) no Direito Civil. Por meio dessa plataforma de direitos, a pessoa com deficiência logra o reconhecimento de sua autodeterminação para realizar suas escolhas mais impactantes a sua pessoa, incluindo-se aquelas que interferem no corpo.

Palavras-chave


Pessoa com deficiência; Disposição do próprio corpo; Autodeterminação.

Texto completo:

PDF

Referências


CARDOSO, William. Defensoria tenta reverter decisão de esterilizar mulher com deficiência. Estadão. Disponível em: Acesso em: 26.mai.2016.

CICCO, Maria Cristina de. Atos de disposição do próprio corpo entre autonomia e dignidade da pessoa. Civilistica.com. Rio de Janeiro, a. 2, n. 2, abr.-jun./2013. Disponível em: . Data de acesso: 27.mai.2016.

FACCHINI NETO, Eugênio. Consentimento e dissentimento informado - limites e questões polêmicas. Revista de direito do consumidor. Ano 2015, n. 102, nov/dez , páginas 223-256.

GOGLIANO, Daisy. Autonomia, Bioética e Direitos da personalidade. Revista de Direito Sanitário. Ano 2000, v.1, n.1, páginas 107-127. Disponível em: Acesso em: 28.mai.2016.

GOMES, Orlando. Raízes históricas e sociológicas do código civil brasileiro. São Paulo: Martins Fontes, 2003.

KONDER, Carlos Nelson . Privacidade e corpo : convergências possíveis / Privacy and body : possible convergences . Pensar : revista de ciências jurídicas. Universidade de Fortaleza, Ano 2013 , v. 18 , n. 2 , mai/ago , páginas 354-400.

LE BRETON, David. Adeus corpo. Antropologia e sociedade. Campinas: Papirus, 2003.

MADRUGA, Sidney. Pessoas com deficiência e direitos humanos: ótica da diferença e ações afirmativas. São Paulo: Saraiva, 2013.

MARTINS-COSTA, Judith. Capacidade para consentir e esterilização de mulheres tornadas incapazes pelo uso de drogas: notas para uma aproximação entre a técnica jurídica e a reflexão bioética. In: MARTINS-COSTA, Judith; MOLLER, Letícia Ludwig (orgs). Bioética e Responsabilidade. Rio de Janeiro: Forense, 2009, p. 299-346. Disponível em: Acesso em: 28.mai.2016.

MENEZES, Joyceane Bezerra de; GONÇALVES, Camila Figueiredo Oliveira. A Construção da identidade e os atos de disposição do próprio corpo. Disponível em:

http://www.publicadireito.com.br/artigos/?cod=e7a0ac723159df05 >Acesso em: 26.mai.2016.

MENEZES, Joyceane Bezerra de. A capacidade dos incapazes: o diálogo entre a convenção da ONU sobre os direitos das pessoas com deficiência e o código civil, In: RUZYK, Carlos Eduardo Pianovski; SOUZA, Eduardo Nunes de; MENEZES, Joyceane Bezerra de; JÚNIOR, Marcos Ehrhardt. Direito Civil Constitucional: a ressignificação da função dos institutos fundamentais do direito civil contemporâneo e suas conseqüências. Florianópolis: Conceito Editorial. 2014.

MENEZES, Joyceane Bezerra de; TEIXEIRA, Ana Carolina Brochado. Desvendando o conteúdo da capacidade civil a partir do Estatuto da Pessoa com Deficiência. Pensar, Fortaleza, v. 21, n. 2, p. 568-599, maio./ago. 2016. Disponível em: . Acesso: 10.maio. 2017.

MORAES, Maria Celina Bodin; CASTRO, Thamis. Autonomia existencial nos atos de disposição do próprio corpo. Pensar, Fortaleza, v.19, n.3, p. 779-818, set/dez. 2014.

NUNES, Lydia Neves Bastos Telles . O Incapaz e o consentimento informado. Sequencia : revista do curso de pos-graduacao em direito da UFSC . Ano 2007, v. 27 , n. 55, dez, páginas 287-301.

PALACIOS, Agustina. La dispacidad como uma cuestión de derechos humanos: uma aproximación a la Convención Internacional sobre los Derechos de las Personas com Discapacidad. Madrid: Cermi, 2007.

PALACIOS, Agustina; ROMAÑACH, Javier. El modelo de la diversidade: la Bioética y los Derechos Humanos como herramientas para alcanzar la plena dignidade en la diversidade funcional. Ediciones Diversitas , 2006.

PERLINGIERI, Pietro. Perfis do Direito Civil: introdução ao Direito Civil Constitucional. Tradução de Maria Cristina de Cicco. 3°edição. Rio de Janeiro: Renovar, 2007.

PIOVESAN, Flavia. Tema de Direitos Humanos. 6. ed. São Paulo: Saraiva, 2013.

RODOTÀ, Stèfano. El corpo. In La vida y las regras. Entre el derecho y el no derecho. Madrid: Editorial Trotta, 2010.

RODOTÀ, Stefano. El derecho a tener derechos. Madrid: Trotta, 2014.

RODOTÀ, Stefano. Transformações do corpo. Trad. Maria Celina Bodin de Moraes. Revista trimestral de direito civil. v. 19, julho/setembro, 2004.

RODRIGUES, Francisco Luciano Lima. O fenômeno da constitucionalização do direito: seus efeitos sobre o direito civil, In: RUZYK, Carlos Eduardo Pianovski; SOUZA, Eduardo Nunes de; MENEZES, Joyceane Bezerra de; JÚNIOR, Marcos Ehrhardt. Direito Civil Constitucional: a ressignificação da função dos institutos fundamentais do direito civil contemporâneo e suas conseqüências. Florianópolis: Conceito Editorial. 2014.

RODRIGUES, Renata de Lima. A proteção dos vulneráveis: perfil contemporâneo da tutela e da curatela no sistema jurídico brasileiro. In: MENEZES, Joyceane Bezerra de; MATOS, Ana Carla Harmatiuk. Direito das Famílias por juristas brasileiras. São Paulo: Saraiva, 2013.

TEIXEIRA, Ana Carolina Brochado; KONDER, Carlos Nelson. Autonomia e Solidariedade na disposição de órgãos para depois da morte. Revista da Faculdade de Direito da UERJ. Rio de Janeiro, n.18, 2010. Disponível em: Acesso em: 29.mai.2016.

TEPEDINO, Gustavo. Temas de Direito Civil. 4° edição. Rio de Janeiro: Renovar, 2008.




DOI: http://dx.doi.org/10.17765/2176-9184.2018v18n1p133-157

Indexado
REDIB; Sumários.Org; DOAJ; Ulrich’s International Periodicals Directory; Latindex; RVBI

Revista Jurídica Cesumar - Mestrado
Unicesumar, Maringá (PR), Brasil
Contato: naep@unicesumar.edu.br
ISSN 1677-6402 Impressa
ISSN 2176-9184 On-line

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.