<b>Intoxicação ocupacional por organofosforados – a importância da dosagem de colinesterase

  • Amanda Cavalari Cotrim Ribeiro Cesumar
  • Eliane Aparecida Campesatto Mella Cesumar
Palavras-chave: Organofosforados, Colinesterase, Intoxicação, Organophosphates, Cholinesterase, Poisonings

Resumo

Os inseticidas organofosforados inibem as colinesterases. É intensa a utilização desses agentes no mundo, principalmente nos países em desenvolvimento, como o Brasil. Esse fato, associado à baixa instrução da maioria dos agricultores e à falta do uso de equipamento de proteção individual, resulta em inúmeras intoxicações, que podem ser agudas ou crônicas, leves, moderadas, graves e mortíferas. A instrução aos usuários, juntamente com medidas de prevenção, proteção e o monitoramento contínuo, principalmente com exames laboratoriais (nesse caso merece destaque a dosagem do nível de colinesterase) nos trabalhadores expostos direta ou indiretamente é relevante para a prevenção de intoxicações crônicas e a detecção das intoxicações agudas causadas por esses inseticidas.

Biografia do Autor

Amanda Cavalari Cotrim Ribeiro, Cesumar
Especialista em Análises Clínicas pelo Centro Universitário de Maringá – CESUMAR.
Eliane Aparecida Campesatto Mella, Cesumar
Docente do curso de Farmácia Centro Universitário de Maringá – CESUMAR.
Publicado
2007-11-20
Seção
Artigos Originais