<b>Avaliação da Adesão às Medidas de Prevenção de Infecção Relacionadas a Cateteres entre Profissionais de Saúde de Hospitais de Maringá – Pr

  • Janete Lane Amadei Cesumar
  • Karin Silvia Damasceno
Palavras-chave: Infecção de corrente sanguínea, Cateter venoso, Controle de infecção, Bloodstream infections, Venous Catheter, Infection control.

Resumo

Este estudo teve como objetivo avaliar a adesão às medidas de prevenção da infecção relacionada aos cateteres entre profissionais de saúde de hospitais de Maringá - PR. O método consistiu em entrevistar os profissionais de saúde através de um formulário com questões fechadas sobre o tema proposto. Foram realizadas 133 entrevistas, 70% das quais foram realizadas em um hospital público e 30% em um hospital particular. Sobre ter recebido treinamento quanto à indicação, à inserção e à manutenção de cateteres venosos, 64% dos entrevistados do hospital público relatam não ter participado de tal tipo de treinamento; no hospital particular este resultado corresponde a 72%. Sobre a palpação no sítio de inserção do cateter, 73% profissionais do hospital público realizam este ato diariamente para observar se o paciente apresenta dor, ao passo que no hospital particular, 82% realizam este procedimento. Com relação ao uso das luvas, 82% dos entrevistados do hospital público usam luvas sempre que manipulam o cateter, enquanto no hospital particular 59% adotam essa prática. Sobre o uso de curativos, 86% dos entrevistados do hospital público usam curativo simples; 5% usam curativo transparente, 9% não usam curativo; no hospital particular, 55% usam curativo simples e 45% usam curativo transparente. Com este estudo observou-se a necessidade de encontrar maneiras de aumentar a adesão da equipe da saúde à prática do controle da infecção, assim como para observar técnicas da prevenção e padronização dos controles para o uso de cateteres.

Biografia do Autor

Janete Lane Amadei, Cesumar
Docente do Curso de Farmácia e Bioquímica do Centro Universitário de Maringá – CESUMAR.
Karin Silvia Damasceno
Farmacêutica.
Publicado
2008-06-26
Seção
Artigos Originais