<b>Atividades físicas de aventura na natureza: relações entre estilo de vida aventureiro e modo de vida rural para a melhoria da qualidade de vida

  • Andréa Schiavone Pereira CESUMAR
  • Giuliano Gomes de Assis Pimentel CESUMAR
  • Larissa Michele Lara CESUMAR
Palavras-chave: lazer, turismo, estilo de vida

Resumo

Esportes e turismo em ambientes rurais e naturais são opções de lazer em ascendência na contemporaneidade ocidental. Para identificar como as demandas de turismo de aventura e turismo rural se intercambiam, analisou-se perfil de praticantes de atividades físicas de aventura na natureza (AFAN) em áreas rurais do Paraná. Foram selecionadas quatro AFAN´s, sendo duas no aérea (asa delta e parapente) e duas terrestres ("mountain bike" e enduro a pé). O estudo revela que, nas atividades pesquisadas, não predomina o treinamento prévio para a prática das atividades, nem mesmo há hegemonia de corpos hipertrofiados. Dado o caráter lúdico das atividades, percebe-se que as AFAN´s estão mais próximas ao hedonismo turístico do que em comparação aos esportes tradicionais urbanos. Nesse sentido, recomenda-se a implantação conjunta de projetos de turismo rural e AFAN´s voltados à qualidade de vida, num esforço multidisciplinar entre profissionais de Educação Física e Turismo.

Biografia do Autor

Andréa Schiavone Pereira, CESUMAR
Acadêmica do Curso de Educação Física do Centro Universitário de Maringá - CESUMAR. Bolsista do Programa de Bolsas de Iniciação Científica do CESUMAR/PROBIC.
Giuliano Gomes de Assis Pimentel, CESUMAR
Orientador, Mestre e Docente do Centro Universitário de Maringá - CESUMAR
Larissa Michele Lara, CESUMAR
Orientadora, Mestre e Docente do Centro Universitário de Maringá - CESUMAR
Publicado
2007-07-19
Seção
Artigos Originais