Campo Artesanal e Produção Acadêmica: Artesanato e Artesãos no Brasil

Daniel Roberto Vega Torres

Resumo


O objetivo deste artigo é apresentar um estudo de revisão da produção acadêmica sobre artesanato e artesãos no Brasil entre os anos 2000 e 2014. O trabalho tem como dados a identificação e o objeto de pesquisa foram 172 documentos entre artigos, dissertações e teses. Primeiro, realizou-se uma relação contextual do campo artesanal, desde sua constituição como patrimônio cultural e como empreendedorismo. Logo se apresentou uma descrição teórica do campo artesanal e sua relação com a produção acadêmica. Em seguida se propõe uma forma de trabalho de análise posicional dos documentos por meio da análise da identificação, posteriormente se expõe uma análise dos textos desde seu conteúdo, focalizando o problema ao contexto geográfico, cultural, econômico e político. Embora exista crescimento nos últimos anos de produção do artesanal e de conhecimento sobre ele, a integração social é ainda pouca e merece fortalecimento na construção de instituições onde os saberes e conhecimentos sobre a atividade seja mais aberta e integradora das diferentes regiões do Brasil.

Palavras-chave


Artesanato; Campo artesanal; Produção acadêmica; Brasil.

Texto completo:

PDF


Revista Cesumar - Ciências Humanas e Sociais Aplicadas
Unicesumar, Maringá (PR), Brasil

Contato: naep@unicesumar.edu.br
ISSN 1516-2664 Impressa
ISSN 2176-9176 On-line

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.