O Que é Conhecimento? - Uma Breve Revisão de Literatura

Raquel Cardoso de Castro, Murilo Cardoso de Castro, João Cardoso de Castro

Resumo


Estamos defronte da paradoxal situação de conhecer o que é conhecer. Considerar o conhecimento em si seria uma abstração total. Assim, diante deste vasto universo filosófico de definições sobre o conhecimento, escolhemos duas aproximações que esclareceram nosso pensamento sobre o assunto. A primeira, a Sociologia do Conhecimento, tem por objetivo identificar a produção de conhecimento em condições permanentes de imersão cultural, ou seja, busca, por meio desta abordagem, entender a constituição de conhecimento, pelo meio em que se realiza a coalescência entre condições sociais dentro de uma determinada situação histórica e os sujeitos individuais e coletivos junto com os elementos culturais dessa coletividade mental, tais como religião, ciência, arte e literatura. A segunda aproximação, a Fenomenologia, propõe o consagrado retorno às próprias coisas, às coisas em si, rompendo, deste modo, com a dicotomia sujeito-objeto na constituição do conhecimento no plano do indivíduo. Entendemos assim a Fenomenologia - e por esta razão nela nos apoiamos - como uma tentativa sadia, em meio às teorias do conhecimento pessoal, de sair do seguinte impasse: “é o mundo que é absorvido pela consciência e definido por ela, ou é a consciência que é absorvida pelo mundo e definida por ele?”

Palavras-chave


Conhecimento; Sociedade; Indivíduo; Informação; Dado; Compreensão; Knowledge; Society; Individual; Information; Data; Understanding.

Texto completo:

Artigo_Pdf


Revista Cesumar – Ciências Humanas e Sociais Aplicadas
Unicesumar, Maringá (PR), Brasil
ISSN 2176-9176 On-line
Contato: naep@unicesumar.edu.br

ISSN 1516-2664 Versão impressa interrompido em 2019

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.