Cálcio e Saúde Óssea: Tratamento e Prevenção

Mírian Patrícia Castro Pereira Paixão, Josefina Bressan

Resumo


O cálcio está envolvido em diversos processos metabólicos, dentre eles a mineralização de ossos e dentes. É adquirido através da ingestão diária de alimentos que o contenham, sendo o leite e seus derivados sua principal fonte. Sua recomendação varia de acordo com idade, crescimento e patologias que possam interferir em seu metabolismo. No metabolismo ósseo a sua manutenção e fixação é regulada pela vitamina D e por vários hormônios, que terão sua produção influenciada pelos níveis de cálcio no sangue. Além disso, vários fatores podem interferir na absorção e excreção deste mineral, como: componentes da dieta, medicamentos, sexo, raça, tabagismo, consumo abusivo de bebidas alcoólicas, alterações hormonais e patologias que interfiram na sua absorção e promovam uma elevação na sua excreção. No tratamento e prevenção das doenças ósseas, principalmente da osteoporose, deve-se adequar a sua ingestão e/ou suplementá-lo. O objetivo desta revisão foi discutir o papel do cálcio na saúde do osso, levando em consideração fatores que interferem na sua biodisponibilidade e sua participação no tratamento e prevenção das doenças ósseas.

Palavras-chave


Cálcio; Saúde Óssea; Biodisponibilidade.

Texto completo:

Artigo_Pdf


Saúde e Pesquisa
Unicesumar, Maringá (PR), Brasil
ISSN 2176-9206 On-line
Contato: naep@unicesumar.edu.br

ISSN 1983-1870 Versão impressa interrompido em 2019

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.