Estratégias de Recursos Humanos Relacionados ao Absenteismo em Profissionais de Enfermagem

Daiane Robis Porto, Nanci Verginia Kuster de Paula

Resumo


Atualmente muito tem se falado sobre a ausência do funcionário ao trabalho, ocorrência essa classificada como absenteísmo ou ausenteísmo. As ausências dos funcionários ao trabalho podem ser tanto por atrasos, saídas antecipadas ou até ausências no período em que os empregados deveriam estar no trabalho normalmente. Desta forma este trabalho de revisão de literatura teve por objetivo evidenciar as principais causas de absenteísmo em profissionais de enfermagem, identificar seus tipos, destacar os possíveis transtornos para quem gerencia as instituições hospitalares e, então, estabelecer estratégias para reduzir o absenteísmo na equipe de enfermagem. Segundo a literatura pesquisada, as causas de absenteísmo nas equipes de enfermagem são ocasionadas por motivos patológicos, licenças, luto, greve, entre outros. Seus tipos mais conhecidos são as ausências voluntárias por motivos pessoais, problemas de saúde, absenteísmo respaldado pela lei e a ausência compulsória caracterizada pela suspensão da gerência. Essa problemática gera transtornos para quem gerencia como o alto custo, complicações operacionais, desintegração da equipe e atrasos na realização das atividades. A ausência ao trabalho do profissional de enfermagem, seja qual for o motivo, representa um indicador sério frente à qualidade da assistência prestada aos clientes, pela diminuição de produtividade dos profissionais que permanecem na ativa, bem como pelos custos operacionais da instituição. Assim, dando ênfase ao conhecimento de suas causas, evidenciando a valorização profissional, conscientizar e orientar são ações administrativas que devem ser incorporadas no serviço de recursos humanos, tendo assim um resultado de prevenção, controle e diminuição dos índices de absenteísmo na equipe de enfermagem.

Palavras-chave


Recursos Humanos; Absenteísmo; Gestão em Saúde; Enfermagem.

Texto completo:

Artigo_Pdf

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os comentários


Saúde e Pesquisa
Unicesumar, Maringá (PR), Brasil
ISSN 2176-9206 On-line
Contato: naep@unicesumar.edu.br

ISSN 1983-1870 Versão impressa interrompido em 2019

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.