A Brinquedoteca Hospitalar e a Recuperação de Crianças Internadas: uma Revisão Bibliográfica

Greice Kely Oliveira de Souza, Maria Margarete B. Martins

Resumo


A criança ao ser hospitalizada é retirada do seu cotidiano e apresentada a um espaço desconhecido e por vezes traumatizante. Desse modo, o brinquedo terapêutico e a atividade lúdica amenizam o processo de hospitalização. É um estudo realizado através da revisão bibliográfica com abordagem qualitativa, que tem por objetivo geral compreender a importância da brinquedoteca hospitalar, e por objetivos específicos descrever a brinquedoteca hospitalar e identificar informações sobre a utilização dos brinquedos pelas crianças. Foi possível constatar um aumento crescente de brinquedotecas e os benefícios do brinquedo terapêutico, quer como meio de expressão, quer como condição de desenvolvimento saudável da criança.

Palavras-chave


Brinquedo Terapêutico; Criança; Hospitalização

Texto completo:

PDF

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os comentários


Saúde e Pesquisa
Unicesumar, Maringá (PR), Brasil
ISSN 2176-9206 On-line
Contato: naep@unicesumar.edu.br

ISSN 1983-1870 Versão impressa interrompido em 2019

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.