Conhecimentos de Discentes do Ensino Fundamental e Médio de uma Escola Pública de Urutaí (Goiás) Sobre Doenças Intestinais

Guilherme Malafaia, Randys Caldeira Gonçalves, José Henrique Faleiro, André Luis da Silva Castro, Aline Sueli de Lima Rodrigues

Resumo


A disseminação de doenças intestinais, muitas vezes, possui associação íntima com a falta de conhecimento da população sobre essas enfermidades. Neste sentido, este estudo objetivou avaliar o conhecimento entre discentes do município de Urutaí, GO, sobre as doenças intestinais responsáveis pelo maior número de internação hospitalar no município. Tais doenças (cólera, febre tifoide, febre paratifoide, salmonelose, botulismo, amebíase, balantidíase, giardíase e enterite por adenovírus) foram identificadas via banco de dados do Sistema Único de Saúde (DATASUS). A investigação dos conhecimentos dos discentes foi realizada por meio de questionários que avaliaram o conhecimento dos alunos sobre o agente etiológico, transmissão, sintomatologia, mecanismo de ação do agente etiológico, medidas preventivas e profiláticas e tratamento das moléstias intestinais identificadas. Participaram da pesquisa um total de 93 discentes do ensino fundamental e médio de uma escola pública de Urutaí, GO. A análise indicou que os alunos, em geral, desconhecem ou conhecem muito pouco sobre as doenças intestinais causadoras de internações hospitalares no município, revelando a necessidade do desenvolvimento de ações educativas que promovam, nos alunos, a aquisição de conhecimentos em prol da prevenção/controle dessas doenças.

Palavras-chave


Doenças Gastrointestinais; Saúde; Discentes; Conhecimento Popular

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17765/1983-1870.2013v6n2p%25p


Saúde e Pesquisa
Unicesumar, Maringá (PR), Brasil
Contato: naep@unicesumar.edu.br
ISSN 1983-1870 Impressa
ISSN 2176-9206 On-line

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.