Avaliação de Hábitos de Higiene Bucal e Satisfação em Usuários de Prótese Parcial Removível

Dianarise Graciete Mendonça Tavares, Lídia Audrey Rocha Valadas Marques, Edilson Martins Rodrigues Neto, Paulo Goberlânio de Barros Silva, Ana Cristina de Mello Fiallos

Resumo


A prótese parcial removível a grampo (PPRG) possibilita reabilitar áreas parcialmente edêntulas, restaurando a função mastigatória, estética e fonética. Apesar dos avanços da Odontologia observados nas últimas décadas, estudos indicam que a higiene bucal dos pacientes usuários de PPRG ainda é precária. Desse modo, o objetivo desse estudo foi verificar os hábitos de higienização das próteses e cavidade bucal, bem como o nível de satisfação dos pacientes usuários de PPRG atendidos na Universidade Federal do Ceará (UFC). Trata-se de um estudo descritivo, quantitativo onde foi aplicado um questionário a 31 pacientes usuários de PPRG. Os dados foram analisados através do teste qui-quadrado e expressos na forma de frequência absoluta e percentual considerando uma confiança de 95%. Da amostra, a maioria (77,4%) era do gênero feminino, com idade entre 40 a 60 anos, (64,5%) possuíam ensino médio completo e haviam recebido orientações de higiene após a instalação da prótese (96,8%). O método de higienização mais utilizado foi a escovação mecânica com dentifrício. Quanto à frequência de higienização, 71% responderam realizá-la 3 ou mais vezes ao dia. A cárie foi apontada como o principal fator etiológico das perdas dentárias, apresentando uma diferença significativa em relação ao grau de satisfação dos pacientes com a prótese. Verificou-se que a maior parte dos indivíduos está muito satisfeita com o tratamento, embora ainda apresentem falhas na execução dos métodos de higiene bucal e da prótese.

Palavras-chave


Higiene bucal; Prótese parcial removível; Satisfação do paciente.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17765/2176-9206.2016v9n2p317-323

Saúde e Pesquisa
Unicesumar, Maringá (PR), Brasil
ISSN 2176-9206 On-line
Contato: naep@unicesumar.edu.br

ISSN 1983-1870 Versão impressa interrompido em 2019

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.