Efeitos da Estimulação Elétrica Nervosa Transcutânea e da Corrente de Alta Voltagem em Indivíduos Saudáveis

Beatriz Poncetti Zegalo, Cecília Felix da Silva, Laísa Mariani, Rafael Jurkevicz, Jhenifer Karvat, Alberito Rodrigo de Carvalho, Gladson Ricardo Flor Bertolini

Resumo


O objetivo deste trabalho foi comparar a estimulação elétrica nervosa transcutânea (TENS) e a corrente de alta voltagem (AV) em indivíduos saudáveis. Para concretizar tal análise, 20 voluntários realizaram as duas modalidades de eletroestimulação de forma cruzada. A nocicepção foi avaliada por meio de estímulos pressóricos e térmicos no membro superior esquerdo, foi aplicada aeletroanalgesia por 20 minutos, sobre a articulação do cotovelo. Os parâmetros da TENS foram: duração de fase de 200 μs e frequência de 100 Hz. Para AV: 50 μse 100 Hz, polo positivo sobre a região do nervo mediano e negativo sobre o ulnar. Os resultados do estudo não mostraram diferenças significativas para limiar de dor e intensidade da dor ao frio. A AV apresentou-se mais agradável e com maior número de acomodações. Desse modo, é possível constatar que os parâmetros utilizados não foram eficazes para alterar a dor em indivíduos saudáveis e a Alta Voltagem teve maior agradabilidade, porém acomodou mais vezes.

Palavras-chave


Estimulação elétrica nervosa transcutânea; Medição da dor; Temperatura baixa

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17765/2176-9206.2016v9n2p291-297

Saúde e Pesquisa
Unicesumar, Maringá (PR), Brasil
ISSN 2176-9206 On-line
Contato: naep@unicesumar.edu.br

ISSN 1983-1870 Versão impressa interrompido em 2019

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.