<b>Avaliação morfométrica dos intestinos de coelhos domésticos da raça Nova Zelândia

  • Maísa Assis Quirilo CESUMAR
  • Vânia Pais Cabral CESUMAR
  • Sandra Simonelli CESUMAR
Palavras-chave: coelho, morfometria, intestinos

Resumo

O atual trabalho teve como objetivo estimar o comprimento de cada segmento dos intestinos delgado e grosso de coelhos domésticos adultos (machos e fêmeas) da raça Nova Zelândia. Utilizaram-se 39 aparelhos digestórios de coelhos de peso médio de 2,0Kg. Os segmentos intestinais foram identificados através dos parâmetros topográficos, preservando-se a integridade dos mesentérios, e, em seguida, estendidos e mensurados com o auxilio de paquímetro manual. Observou-se que a média do comprimento intestinal dos coelhos correspondeu a 4,44 metros. Quanto ao intestino delgado, a média do comprimento foi de 2,81 metros, sendo 56,48cm de duodeno, 1,88m de jejuno e 36,08cm de íleo. Em relação ao intestino grosso, a média do comprimento foi de 1,62 metros e especificamente, 48,19cm de ceco, 73,43cm de cólon ascendente, 11,47cm de cólon transverso, 22,66cm de cólon descendente, 7,05cm de reto. Não se observou diferença significativa (p>0,05) quanto aos comprimentos dos segmentos intestinais correlacionados ao dimorfismo sexual (machos e fêmeas).

Biografia do Autor

Maísa Assis Quirilo, CESUMAR
Acadêmica do Curso de Medicina Veterinária do CESUMAR - Centro Universitário de Maringá, Programa de Iniciação Científica do CESUMAR/PICC
Vânia Pais Cabral, CESUMAR
Docente do Curso de Medicina Veterinária do CESUMAR - Centro Universitário de Maringá
Sandra Simonelli, CESUMAR
Docente do Curso de Medicina Veterinária do CESUMAR - Centro Universitário de Maringá
Publicado
2007-07-23
Seção
Artigos Originais