<b>Soroprevalência do Descarte de Bolsas de Sangue em um Núcleo de Hemoterapia de Três Lagoas - MS

  • Lilian Cristina Camargo Ottoni
  • Gabriela Thomé Zwielewski
  • Ana Carolina Jandotti
  • Rodrigo Cezar Riguete
  • Sidney Edson Mella-Júnior
  • Cláudia Cristina Kaiser
  • Edivan Rodrigo de Paula Ramos Centro Universitário de Maringá
Palavras-chave: Autoexclusão, Bolsas de Sangue, Doação de Sangue, Epidemiologia, Inaptidão, Sorologia

Resumo

Este trabalho determinou a prevalência de inaptidão dos candidatos à doação de sangue (2007-2010) em um Núcleo de Hemoterapia localizado no município de Três Lagoas-MS. Além disso, também foram determinadas as prevalências de descartes de bolsas por sorologia positiva e por autoexclusão bem como a caracterização soroepidemiológica dos descartes. No período entre 2007 e 2010 foram registradas 12.303 intenções de doação sendo que 9.989 foram realizadas o que representou uma prevalência de inaptidão entre 15,6% a 22,3% (2007-2010). As principais causas para inaptidão foram o comportamento de risco para DST (13,3% a 19,0%), no caso dos candidatos à doação do gênero masculino, e a anemia (29,7% a 42,0%) e a hipotensão (17,7% a 43,6%), em candidatas do gênero feminino. Das 9.989 bolsas de sangue obtidas, a prevalência de descarte no período variou de 4,0% a 5,4% sendo que, por motivo de sorologia positiva, a taxa de descartes esteve entre 2,9% e 4,2% e, por voto de autoexclusão, entre 0,9 a 1,3%. Os principais marcadores sorológicos responsáveis pelo descarte das bolsas de sangue foram: hepatite B (anti-HBc - 36,7% a 46,5%; HBsAg – 3,8% a 17,8%), hepatite C (7,9% a 26,9%), sífilis (5,4% a 22,8%) e doença de Chagas (5,1% a 12,1%) e HIV (4,3% a 10,1%). Os resultados demonstram uma elevada taxa de inaptidão para doação de sangue, porém, taxas de descarte de bolsas de sangue com tendência de queda, muito provavelmente, devido as campanhas dos centros de hemoterapia para aumentar a quantidade de doadores de repetição.

Biografia do Autor

Lilian Cristina Camargo Ottoni
Biomédica Especialista em Análises Clínicas do Banco se sangue de Três Lagoas/MS
Gabriela Thomé Zwielewski
Biomédica Especialista em Análises Clínicas
Ana Carolina Jandotti
Farmacêutica e Bioquímica do Laboratório de Análises Clínicas Santo Antônio, Maringá/PR
Rodrigo Cezar Riguete
Biomédico do Núcleo de Diagnóstico, Maringá/PR
Sidney Edson Mella-Júnior
Mestre, Docente do Centro Universitário de Maringá - UNICESUMAR, Maringá/PR
Cláudia Cristina Kaiser
Doutora, Docente Adjunta II da Universidade Federal de Sergipe – UFS, Núcleo de Medicina, Aracaju-SE
Edivan Rodrigo de Paula Ramos, Centro Universitário de Maringá
ofessor Mestre de Farmacologia e Bioquímica Clínica do Departamento de Farmácia e Biomedicina do Centro Universitário de Maringá
Seção
Publicações Temáticas