<b>Crack e os perigos de uma viagem sem retorno

  • Nivea Gisele Panizza Tuller Cesumar
  • Dorli Terezinha de Mello Rosa Cesumar
  • Rosemary Parras Menegatti Cesumar
Palavras-chave: Crack, Dependência, Drogas, Crack Cocaine, Addiction, Drugs.

Resumo

O Crack tem sido a droga de maior incidência, sendo causadora de dependência química rápida e danos irreversíveis, que podem levar o usuário a óbito em pouco tempo de uso. A droga tem efeito rápido, em torno de 5 minutos de duração, fazendo seus usuários voltarem a utilizá-la com freqüência. A presente pesquisa é do tipo bibliográfico e tem como objetivo verificar as conseqüências do consumo do Crack para os usuários, elucidando os sinais e sintomas que permitem sua prevenção. A metodologia consistiu em pesquisar textos e teóricos que abordam o tema. Os instrumentos foram livros, sites da internet, pesquisas e artigos científicos. Como resultado, pode-se considerar como aspectos relevantes para a prevalência do uso do Crack: a dependência imediata; o fácil acesso à droga; morte muito mais rápida do que a provocada por outras drogas; o poder de despersonalizar o usuário; a vulnerabilidade da adolescência e a relação com o sentimento de bem-estar. Conclui-se que o conhecimento destes aspectos é a melhor forma de prevenção.

Biografia do Autor

Nivea Gisele Panizza Tuller, Cesumar
Acadêmica do curso de Psicologia do Centro Universitário de Maringá - CESUMAR.
Dorli Terezinha de Mello Rosa, Cesumar
Acadêmica do curso de Psicologia do Centro Universitário de Maringá - CESUMAR.
Rosemary Parras Menegatti, Cesumar
Psicóloga; Docente do curso de Psicologia do Centro Universitário de Maringá - CESUMAR.
Publicado
2007-11-20
Seção
Artigos Originais