<b>Variações Limnológicas Abióticas Espaciais e Temporais em uma Lagoa na Bacia Araguaia-Tocantins, Mato Grosso

  • Maurivan Barros Pereira Universidade do Estado de Mato Grosso
  • Monica Elisa Bleich Universidade do Estado de Mato Grosso
Palavras-chave: Limnologia, Lagoa, Bacia Araguaia - Tocantins, Limnology, Lagoon, Araguaia - Tocantins Basin.

Resumo

O objetivo do estudo foi caracterizar as variações limnológicas espaciais e temporais em uma lagoa na Bacia Araguaia-Tocantins. As amostragens foram realizadas quinzenalmente na região litorânea e na região limnética em três estações de amostragem, sendo uma em cada extremidade (pontos 1 e 3) e uma na região central (ponto 2) da lagoa. Foram avaliadas as variáveis: profundidade, transparência, temperatura da água, oxigênio dissolvido, condutividade elétrica e pH. As menores concentrações de oxigênio dissolvido foram registradas no início do período chuvoso. Entre as variáveis limnológicas medidas, somente o oxigênio dissolvido e a profundidade apresentaram diferenças significativas entre as regiões litorânea e limnética da lagoa. No período de seca foram registrados os menores valores de transparência da água e os maiores valores de turbidez. Entre o período de seca e o período chuvoso foi registrada diferença significativa na concentração de oxigênio dissolvido e condutividade elétrica da água.

Biografia do Autor

Maurivan Barros Pereira, Universidade do Estado de Mato Grosso
Discente do curso de Química no Campus Universitário do Médio Araguaia, Luciara - MT - Universidade do Estado de Mato Grosso – UNEMAT; Biólogo. E-mail: maurivanbarros@hotmail.com
Monica Elisa Bleich, Universidade do Estado de Mato Grosso
Docente no Departamento de Engenharia Florestal, Área: Conservação da Natureza no Campus de Alta Floresta da Universidade do Estado de Mato Grosso – UNEMAT. E-mail: monicaeb@unemat.br; mebleich@yahoo.com.br
Publicado
2009-06-15
Seção
Artigos de Iniciação Científica