<b>Aves Silvestres Atendidas No Hospital Veterinário Do Centro Universitário De Maringá - CESUMAR

  • Caio Henrique de Oliveira Carniatto Universidade de São Paulo (USP)
  • Jussara Maria Leite Oliveira Leonardo Centro Universitário de Maringá - CESUMAR
Palavras-chave: Animais selvagens, Aves, Passeriformes, Psittaciformes

Resumo

Animais silvestres são classificados segundo sua distribuição geográfica. Animais endêmicos são aqueles pertencentes às espécies nativas, migratórias ou não, terrestres ou aquáticas, que ocorrem naturalmente em biótipos naturais. Logo, são espécies que não convivem naturalmente e não são ecologicamente dependentes do homem. Animais exóticos pertencem às espécies que não ocorrem naturalmente em determinada região, bioma ou ecossistema. São consideradas então, se comparadas às espécies locais, invasores ou introduzidos. O atendimento de animais silvestres, endêmicos e exóticos, em clínicas e hospitais veterinários tem sido frequente nas últimas décadas. Estes espécimes são provenientes de apreensões do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis - IBAMA, de órgãos ambientais ou criados e comercializados como animais de estimação. Este estudo teve como objetivo promover o levantamento de aves silvestres, da fauna brasileira ou exótica, atendidas no hospital veterinário do Centro Universitário de Maringá - CESUMAR, nos anos de 2005 a 2011. A metodologia consistiu na análise do histórico desses atendimentos nas atas do hospital veterinário da Instituição. Foram analisadas 109 fichas, encontrando 22 morfotipos distribuídos em 9 ordens. A espécie mais frequente foi a calopsita com 39% dos atendimentos (47/109), seguida pelo papagaio (15/109), com 13% de atendimentos. 89% das aves atendidas (89/109) eram particulares, destacando a popularidade das aves silvestres como animais de estimação. Concluiu-se que o atendimento de aves silvestres, de vida livre ou não, é uma rotina no hospital veterinário da Instituição, sendo necessária a manutenção do laboratório e equipamentos utilizados no atendimento e manejo destes animais.

Biografia do Autor

Caio Henrique de Oliveira Carniatto, Universidade de São Paulo (USP)
Biólogo; Mestrando em Anatomia dos Animais Domésticos e Silvestres, Setor de Anatomia, Departamento de Cirurgia, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Universidade de São Paulo - FMVZ/USP
Jussara Maria Leite Oliveira Leonardo, Centro Universitário de Maringá - CESUMAR
Médica Veterinária; Mestre em Zootecnia. Departamento de Medicina Veterinária do Centro Universitário de Maringá - UNICESUMAR, Maringá – PR
Publicado
2013-06-13
Seção
Meio Ambiente