<b>Avaliação da Contaminação Ambiental por Parasitas Potenciais Causadores de Zoonoses em Espaços Públicos de Lazer em Apucarana, Paraná, Brasil

  • Juliana Dias Spósito FAP (Faculdade de Apucarana)
  • Bárbara Melina Viol FAP (Faculdade de Apucarana)
Palavras-chave: Áreas de lazer, enteroparasitas, solos.

Resumo

Os espaços abertos como praças, utilizados pela população humana para lazer, e onde transitam livremente animais como cães e gatos, podem apresentar o solo infectado por estruturas parasitárias destes animais servindo de fonte ambiental de contaminação o homem. Esta pesquisa teve como objetivo avaliar a contaminação ambiental de praças quanto à presença de parasitas potenciais causadores e zoonoses da cidade da Apucarana-PR; foram utilizados os métodos de: Hoffmann, Faust e Baermann. Obteve-se maior prevalência do protozoário Entamoeba coli (73,5%) e do helminto Ancylostoma sp (12,2%), encontrados a 5 cm de profundidade do solo. Estes achados refletem a contaminação destas áreas de fins recreacionais apresentando risco de aquisição de protozoários e helmintos patogênicos a quem as frequentam.

Biografia do Autor

Juliana Dias Spósito, FAP (Faculdade de Apucarana)
Acadêmica do curso de Licenciatura em Ciências Biológicas da Faculdade de Apucarana - FAP, Apucarana/PR; E-mail: juliana.sposito@hotmail.com
Bárbara Melina Viol, FAP (Faculdade de Apucarana)
Docente Especialista da Faculdade de Apucarana - FAP; E-mail: barbara.viol@hotmail.com
Publicado
2012-08-01
Seção
Artigos Originais