<b>Desenvolvimento de Horta na Instituição Centro de Convivência João Paulo II em Maringá - PR

  • Selson Garutti Cento Universitário de Maringá - CESUMAR
  • Fernanda Correia Spigolotti Centro Universitário de Maringá - CESUMAR
Palavras-chave: Alimentos saudáveis, Idosos, Voluntários

Resumo

O projeto foi uma pesquisa-ação, vinculando a união do pesquisador com o participante para solucionarem um problema como a construção e produção de uma horta na instituição Centro de Convivência João Paulo II, localizada na Rua Topázio, nº. 732, no Jardim Real, em Maringá - Paraná, com o objetivo de estabelecer uma mudança de hábitos alimentares e gerar atividades ocupacionais para os idosos com a horta. Nesse sentido, a metodologia visou desenvolver a horta, com a preparação do solo, delimitando os canteiros que foram utilizados para o plantio de alimentos saudáveis como as verduras, com adubação do solo com compostos orgânicos, semeando as sementes de alimentos, regando as plantas com a ajuda de uma mangueira, com o cuidado com as pragas e a colheita junto aos idosos. Participaram do projeto: voluntários, funcionários e os idosos da instituição. Os dados que foram coletados durante as visitas semanais relatam que, a cada parte da horta já desenvolvida, o interesse de todos os indivíduos da instituição é maior. O resultado foi o desenvolvimento de uma horta no terreno de uma instituição onde está se cultivando alimentos saudáveis sem o uso de agrotóxicos, que não agridem o meio ambiente, sendo beneficiados os idosos e funcionários ao se promover uma vida saudável através das atividades ocupacionais no manuseio dos alimentos da horta.

Biografia do Autor

Selson Garutti, Cento Universitário de Maringá - CESUMAR
Drofessor de Antropologia & Filosofia.
Fernanda Correia Spigolotti, Centro Universitário de Maringá - CESUMAR
Licenciada em Ciências Biológicas pelo Centro Universitário de Maringá - CESUMAR.
Publicado
2011-11-01
Seção
Artigos Originais