ECOEFICIÊNCIA E PREÇO SOMBRA DAS EMISSÕES DE GASES DE EFEITO ESTUFA NA SUINOCULTURA BRASILEIRA

Pollyanna Araujo Alencar, Carlos Rosano-Peña, Patrícia Guarnieri, André Luiz Marques Serrano

Resumo


Nas últimas décadas a suinocultura tornou-se uma importante atividade para o agronegócio brasileiro, com contribuições para o desenvolvimento econômico do país. Contudo, esse setor apresenta um grande potencial poluente, com um elevado custo ambiental relacionado ao processo produtivo. Neste contexto, o presente trabalho tem como objetivo estimar a ecoeficiência na produção brasileira de suínos, os preços sombra e os custos totais das emissões de Gases de Efeito Estufa (GEE). O método utilizado para atingir o objetivo proposto foi a Análise Envoltória de Dados combinada com o método de Funções Distâncias Direcionais. Foram estabelecidos dois padrões de dados na pesquisa dos municípios produtores de suínos em nove Estados brasileiros. Para o Padrão 1, em média, os municípios podem elevar a produção em 36,9% e reduzir as emissões de CO2 e na mesma proporção, com a mesma quantidade de insumos. Para o Padrão 2 esse valor foi de 47,22%. Os preços sombra médios ficaram em R$ 3.539,81 no Padrão 1 e R$ 3.677,07 no Padrão 2. As estimativas dos custos totais da redução das emissões de CO2 e foram de R$ 1,37 bilhões, o equivalente a 468% da produção em 2006, para o Padrão 1, e R$ 1,42 bilhões, correspondente a 486% da produção em 2006, para o Padrão 2. Portanto, constatou-se que a incorporação desses custos é praticamente inviável, pois levaria à descontinuidade das propriedades. Desse modo, a pesquisa indica a necessidade de redesenhar um sistema dissuasivo de punições e incentivos, que considere os preços sombra para que os produtores de suínos internalizem as externalidades negativas e busquem compensações para as ações que reduzam as emissões ou utilizem tecnologias mais limpas. A principal contribuição do trabalho é a inclusão da análise de eficiência considerando a variável ambiental, questão ainda pouco abordada na literatura.

Palavras-chave


Análise envoltória de dados; Ecoeficiência; Gases de efeito estufa; Preço sombra; Suinocultura

Texto completo:

PDF

Referências


ABCS. MAPA. EMBRAPA. Manual Brasileiro de Boas Práticas Agropecuárias na Produção de Suínos. Brasília: ABCS; MAPA; Concórdia: Embrapa Suínos e Aves. 140 p. 2011.

ARANDIA, A.; ALDANONDO-OCHOA, A. Pollution shadow prices in conventional and organic farming: an application in a Mediterranean context. Spanish Journal of Agricultural Research, v. 9, n. 2, p. 363-376, 2011

CALLENS, I.; TYTECA, D. Towards Indicators of Sustainable Development for Firms: Concepts and Definitions. Ecological Economics, v. 28, p. 41-53, 1999. DOI: 10.1016/S0921-8009(98)00035-4.

CAMPOS, S. A. C.; COELHO, A. B.; GOMES, A. P.; MATTOS, L. B. Eficiência e custos associados à adequação ambiental para a produção láctea em Minas Gerais. Organizações Rurais & Agroindustriais, v. 16, n. 3, p. 324-342, 2014.

CASTRO, J. D. B. Usos e abusos da valoração econômica do meio ambiente: ensaios sobre aplicações de métodos de função demanda no Brasil. 2015. 250 f. Tese (Doutorado em Economia) Universidade de Brasília, Brasília, 2015.

CATALÁN, P.; DESTÉFANO, O. ¿Cuál es el costo de la contaminación ambiental minera sobre los recursos hídricos en el Perú?. Lima: Pontificia Universidad Católica del Perú. Departamento de Economía, 2011.

CHUNG, Y.; FÄRE, R.; GROSSKOPF, S. Productivity and undesirable outputs: a directional function approach. Journal Environ. Manag., v. 51, p. 229-240, 1997.

COGGINS, J. S.; SWINTON, J. R. The price of pollution: A dual approach to valuing SO2 allowances. Journal of Environmental Economics and Management, v. 30. p. 58-72, 1996.

COSER, F. J. Contrato de integração de suínos: formatos, conteúdos e deficiências da estrutura de governança predominante na suinocultura brasileira. 2010. 160f. Dissertação (Mestrado) - Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária, Universidade de Brasília, UnB, Brasília, 2010.

FÄRE, R.; GROSSKOPF, S.; TYTECA, D. An activity analysis model of the environment performance of firms: application to fossil-fuel-fired electric utilities. Ecol. Econ., v. 18, p. 161-175, 1996.

FÄRE, R.; GROSSKOPF, S.; WEBER, W. L. Shadow prices and pollution costs in U. S. agriculture. Ecological Economics, v. 56, n. 1, p. 89-103, 2006.

FARRELL, M. J. The Measurement of Productive Efficiency. Journal of the Royal Statistical Society, v. 120, n. (part III), p. 253-289, 1957.

FÁVERO, J. A. Produção suínos. Apostila sistema de produção de suínos. Embrapa Suínos e Aves, jul. 2003.

FREEMAN, M. A.; HAVEMAN, R. H.; KNEESE, A. V. The Economics of Environmental Policy. John Wiley & Sons, New York, 1973.

GASTARDELO, T. A. R.; MELZ, L. J. A suinocultura industrial no mundo e no Brasil. Revista UNEMAT de Contabilidade, v. 3, n. 6, 2014.

GIACOMELO, C. P.; OLIVEIRA, R. L. Análise Envoltória de Dados (DEA): uma Proposta para Avaliação de Desempenho de Unidades Acadêmicas de Uma Universidade. Revista Gestão Universitária na América Latina (GUAL), Florianópolis, v. 7, n. 2, p. 130-151, mai. 2014.

GOMES, E. G.; MANGABEIRA, J. A. C. Uso de análise de envoltória de dados em agricultura: O caso de Holambra. Engevista, v. 6, n. 1, p. 19-27, abr. 2004.

GOMES, E. G.; MELLO, J. C. C. B. S.; MANGABEIRA, J. A. C. Estudo da sustentabilidade agrícola em município amazônico com análise envoltória de dados. Pesqui. Oper., v. 29, n. 1, Jan./Apr. 2009.

GROSSKOPF, S. The Role of the Reference Technology in Measuring Productive Efficiency. The Economic Journal, 96, p. 499-513, June, 1986.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA - IBGE. Sistema IBGE de recuperação automática - SIDRA. 2015.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA - IBGE. Pesquisa Trimestral do Abate de Animais. 2011.

IPCC. Climate Change 1995 - The Science of Climate Change: Summary for Policymakers and Technical Summary of the Working Group I Report. Intergovernmental Panel on Climate Change, Cambridge, 1996.

MAGALHÃES, K.; CAMPOS, R. Eficiência técnica e desempenho econômico de produtores de leite no Estado do Ceará, Brasil. RER, Rio de Janeiro, v. 44, n. 4, p. 695-711, out./dez. 2006.

MAPA. MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO. Projeções do Agronegócio Brasil - 2014/2015 a 2024/2025. 2015.

MARIANO, E. B. Sistematização e comparação de técnicas, modelos e perspectivas não-paramétricas de análise de eficiência produtiva. 2008. 280f. Dissertação (Mestrado)- Escola de Engenharia de São Carlos, EESC USP, São Carlos, 2008.

MAZOYER, M.; ROUDART, L. História das agriculturas no mundo: do neolítico à crise contemporânea. São Paulo: Edunesp; DF: NEAD, 2010.

MCT. Ministério da Ciência e Tecnologia. Emissões de Metano por Fermentação Entérica e Manejo de Dejetos de Animais. Relatórios de Referência: Agricultura. 2º Inventário Brasileiro de Emissões e Remoções Antrópicas de Gases de Efeito Estufa. Brasília: MCT, 2010.

MIELE, M. Contratos, especialização, escala de produção e potencial poluidor na suinocultura de Santa Catarina. 2006. 278f. Tese (Doutorado) - Programa de Pós-Graduação em Agronegócios, Centro de Estudos e Pesquisas em Agronegócios, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2006.

MIELE, M.; ALMEIDA, M. M. T. B.; MONTICELLI, C. J.; OLIVEIRA, O. C.; BOFF, J. A.; PALHARES, J. C. P.; SANDI, A. J.; CARDOSO, L. S. Caracterização da suinocultura no Brasil a partir do censo agropecuário 2006 do IBGE. Concórdia: Embrapa Suínos e Aves, 2013. 149 p.

MOTA, J.A. O valor da natureza: Economia e Política dos recursos naturais. Rio de Janeiro: Gramond, 2001.

PADRÃO, G. A. et al. Environmental efficiency and opportunity cost of the Forest Code for the Amazon. RIO+20 - International Society for Ecological Economics Conference. Rio de Janeiro: [s. n.]. 2012.

PICAZO-TADEO, A. J.; BELTRÁN-ESTEVE, M.; GÓMEZ-LIMÓN, J. A. Assessing eco-efficiency with directional distance functions. European Journal of Operational Research, v. 220, n. 3, p. 798-809. 2012.

PICAZO-TADEO, A. J.; GÓMEZ-LIMÓN, J. A.; REIG-MARTÍNEZ, E. Assessing farming eco-efficiency: a data envelopment analysis approach. Journal of Environmental Management, n. 92, p. 1154-1164. 2011.

ROSANO-PEÑA, C. Um Modelo de Avaliação da Eficiência da Administração Pública através do Método Análise Envoltória de Dados (DEA). RAC, Curitiba, v. 12, n. 1, p. 83-106, Jan./Mar. 2008.

ROSANO-PEÑA, C.; DAHER, C. E.; MEDEIROS, O. R. Ecoeficiência e Impacto da Regulação Ambiental na Agropecuária Brasileira com Funções Distância Direcionais. In: Encontro da ANPAD, 37., 2013. Anais [...]. Rio de Janeiro, 2013.

ROSANO-PEÑA, C.; GUARNIERI, P.; SOBREIRO, V. A.; SERRANO, A. L. M.; KIMURA, H. A medida de sustentabilidade do agronegócio brasileiro usando funções de distância direcionais e análise envoltória de dados. Revista Internacional de Desenvolvimento Sustentável e Ecologia Mundial, v. 21, p. 210-222, 2014.

SALNYKOV, M. I.; ZELENYUK, V. P. Estimation of environmental efficiencies of economies and shadow prices of pollutants in countries in transition. Moscow: EERC, 2005.

SANTOS, J.; TALAMINI, D.; MARTINS, F. Distribuição espacial da produção de suínos no Brasil. 2011.

SARDÁ, L. G.; HIGARASHI, M. M.; MULLER, S.; OLIVEIRA, P. A.; COMIN, J. J. et al. Redução da emissão de CO2, CH4 e H2S através da compostagem de dejetos suínos. Rev. bras. eng. agríc. ambient, Campina Grande, v. 14, n. 9, 2010.

SILVA, C. L.; BASSI, N. S. S.; NASCIMENTO, D. E. A implementação de políticas públicas pelas instituições públicas de pesquisa: um estudo sobre pesquisas e tecnologias da Embrapa Suínos e Aves para mitigação do impacto ambiental da suinocultura no oeste catarinense. Revista Espacios, Caracas, v. 32, n. 3, p. 9-10, 2011.

SOUZA, G. S.; ALVES, E.; GOMES, E. G. Pesquisa, extensão e políticas públicas na agricultura brasileira. Revista de Política Agrícola, v. 23, n. 2, p. 69-76, 2014.

TYTECA, D. On the measurement of the environmental performance of firms - a literature review and a productive efficiency perspective. Institut d’Administration et de Gestion, Université Catholique de Louvain, Place des Doyens, Louvain-la-Neuve, Belgium. Journal Environmental Economics and Management, 46, p. 281-308. 1996.

USDA. Livestock and Poultry: World Markets and Trade. World Production, Markets, and Trade Reports. Foreign Agricultural Service. United States Departament Agriculture, 2015.

ZHANG, B.; BI, J.; FAN, Z.; YUAN, Z.; GE, J. Eco-efficiency analysis of industrial system in China: A data envelopment analysis approach. Ecological Economics, v. 68, n. 1-2, p. 306-316, 2008.

ZHOU, P.; ANG, B. W.; POH, K. L. A survey of data envelopment analysis in energy and environmental studies. Department of Industrial and Systems Engineering, National University of Singapore, Singapure. European Journal of Operational Research, 189, p. 1-18, 2008.




DOI: http://dx.doi.org/10.17765/2176-9168.2019v12n2p377-408

Revista em Agronegócio e Meio Ambiente


Unicesumar, Maringá (PR), Brasil
Contato: naep@unicesumar.edu.br
ISSN 2176-9168 On-line
ISSN 1981-9951 Versão impressa interrompida em 2019

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.