<b>Avaliação de Qualidade pelas Coberturas Residenciais

  • Marcos Sardá Vieira Sociedade Educacional de Santa Catarina – SOCIESC
Palavras-chave: Qualidade Ambiental, Salubridade, Coberturas Residenciais.

Resumo

A dinâmica da paisagem urbana em áreas residenciais acontece, principalmente, na inserção de novos elementos construtivos, que são os principais responsáveis pelas mudanças do microclima urbano. Na conformação de casas residenciais a cobertura é o elemento mais exposto às variáveis ambientais, denotando sua importância na vedação e regulação contra os elementos do clima. Procurando diagnosticar a qualidade do ambiente urbano a partir de um elemento construtivo, este artigo aborda uma metodologia de avaliação pós-ocupação em áreas externas definidas entre edificações residenciais vizinhas a partir da disposição das coberturas como elemento de condicionamento do conforto ambiental. Partindo de grupos amostrais de casas residenciais com no máximo dois pavimentos, localizadas no município de Florianópolis, são avaliadas unidades habitacionais a partir do afastamento dos planos de cobertura com os limites do lote e sua respectiva posição quanto aos fatores climáticos. Considerando a ventilação e a incidência solar como aspectos mínimos de salubridade para o ambiente construído, o método de avaliação leva em conta a existência ou não de afastamento entre coberturas vizinhas de acordo com a orientação solar destes elementos dispostos no lote. Os resultados comprovam padrões de afastamento na disposição entre os planos de cobertura, em grande parte, desfavoráveis para a insolação e aeração dos ambientes de conjunção entre as edificações.

Biografia do Autor

Marcos Sardá Vieira, Sociedade Educacional de Santa Catarina – SOCIESC
Arquiteto Urbanista graduado pela Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC; Mestre em Engenharia Civil pela Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC; Doutorando em Artes Visuales y Educación na Universidad de Barcelona - U.B.; Docente da Sociedade Educacional de Santa Catarina – SOCIESC. E-mail: marcosarda@gmail.com
Publicado
2010-07-13
Seção
Artigos Originais