<b>Representações Simbólicas da Sociedade: Estudo do Programa Chaves

  • Lilian Santos de Godoy Prado Universidade Guarulhos – UNG
  • Ana Claudia Fernandes Gomes Universidade Guarulhos – UNG
Palavras-chave: Programa Chaves, Indústria Cultural, Televisão, Semiótica.

Resumo

O presente artigo apresenta um estudo do Programa Chaves que apresenta episódios repetidos e piadas supostamente ingênuas. O Programa Chaves remete-nos de forma discreta ao problema da fome, da desigualdade social, da desestrutura familiar e da decadência do ensino. Foram estudados os episódios: Aula de Aritmética e Espíritos Zombeteiros. No episódio Espíritos Zombeteiros foi feita a leitura de imagem a partir da Semiótica do filósofo Peirce. Este estudo foi feito com o intuito de abordar temas que o educador possa trabalhar em sala de aula mostrando a diferença entre realidade e ficção, tornando os educandos cidadãos conscientes e críticos, assim como sugere os PCNs (Parâmetros Curriculares Nacionais), e para que não se deixem alienar pela Indústria Cultural, um sistema capitalista que nos oferece um mundo imaginário e ao mesmo tempo manipula-nos.

Biografia do Autor

Lilian Santos de Godoy Prado, Universidade Guarulhos – UNG
Eraduanda do curso de Educação Artística (UnG) - bolsista PIBIC. Ex-aluna do centro cultural do Liceu de Artes e Ofícios SP (desenho, figura humana, técnicas de pintura).
Ana Claudia Fernandes Gomes, Universidade Guarulhos – UNG
Docente Mestre em Sociologia na Universidade Guarulhos – UNG. E-mail: acfernandes@bol.com.br
Publicado
2011-04-11
Seção
Artigos de Iniciação Científica