<b>Modelagem Probabilística do Tempo de Vida dos Transformadores de Distribuição Elétrica do Estado da Bahia

  • Adelmo Menezes de Aguiar Filho Universidade Federal da Bahia
  • Karla Patricia Oliveira Esquerre Universidade Federal da Bahia
Palavras-chave: Análise de Sobrevivência, Transformadores de Distribuição, Estatística Multivariada

Resumo

A modelagem do tempo de vida de equipamentos e sistemas através das técnicas de análise de sobrevivência possui importância significativa em estudos de confiabilidade e de impacto ambiental. No presente estudo foi realizada a modelagem do tempo de vida dos transformadores de distribuição do estado da Bahia, além da construção de modelos de regressão para avaliação das características construtivas com maior impacto no tempo de vida destes equipamentos. O tempo de vida médio estimado para os transformadores foi de 10,4 anos, tendo a distribuição de Weibull apresentado a melhor aderência aos dados experimentais. O modelo de regressão proposto indicou que o número de fases dos transformadores é a característica estrutural de maior relevância para o tempo de vida. Ao fim são propostos sugestões para futuros trabalhos com foco em análise de ciclo de vida e que considerem a natureza complexa dos dados climáticos para modelagem do tempo de vida dos equipamentos em questão.

Biografia do Autor

Adelmo Menezes de Aguiar Filho, Universidade Federal da Bahia
Graduando em Engenharia Química no Departamento de Engenharia Química da Universidade Federal da Bahia – UFBA; Bolsista de Iniciação Científica pelo CNPQ; Email: aguiar.soul@gmail.com.
Karla Patricia Oliveira Esquerre, Universidade Federal da Bahia
Docente do Departamento de Engenharia Química e dos Programas de Pós-Graduação em Engenharia Industrial (PEI) e Mestrado em Meio Ambiente, Águas e Saneamento (MAASA) da Universidade Federal da Bahia – UFBA; Email: karlaesquerre@ufba.br.
Publicado
2013-06-12
Seção
Artigos Originais