<b>Ecologicamente Correto Para Aliviar a Consciência ou Para Mudar o Mundo? Uma Discussão Sobre Padrões de Consumo

  • Luis Felipe Machado Nascimento Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Minelle Enéas da Silva Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Marcio Luis Miron Jappe Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Ana Paula Ferreira Alves Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Palavras-chave: Consumo Sustentável, Consumo Consciente, Impactos Individuais, Mudança, Educação para Sustentabilidade

Resumo

Considerando os impactos que os atuais padrões de consumo têm causado sobre o meio ambiente, o objetivo deste trabalho é discutir a efetividade das ações que visam à preservação ambiental, a partir de uma visão consciente, com apresentação de ações que produzam resultados significativos. Conduzido sob a forma de ensaio teórico, pressupõe-se que, para que mudanças mais profundas venham a ocorrer, será preciso que os processos produtivos sejam mais efetivos e que o consumidor consciente seja melhor informado dos impactos socioambientais dos produtos que deseja adquirir. Neste contexto, surge o conceito do consumo sustentável como aquele que não depende apenas das iniciativas individuais ou da redução do consumo. Como resultados, a educação para a sustentabilidade surge como principal impulsionador da mudança à medida que busca criar uma nova forma de pensamento e trazer para diferentes visões para a sociedade. O indivíduo-consumidor tem responsabilidade pelo que consome e deve exigir produtos e serviços para contribuir com um consumo mais sustentável.

Biografia do Autor

Luis Felipe Machado Nascimento, Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Docente do Programa de Pós-Graduação em Administração – PPGA da Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS.
Minelle Enéas da Silva, Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Doutorando em Administração pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS
Marcio Luis Miron Jappe, Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Mestre em Administração pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS
Ana Paula Ferreira Alves, Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Mestranda em Administração pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS
Publicado
2013-06-13
Seção
Meio Ambiente