<b>Estrutura da Comunidade de Macroinvertebrados em Três Córregos na Bacia do Alto Rio Paraná: Uma Relação Entre Qualidade Ambiental e Parâmetros Ecológicos

  • Fagner Souza Universidade Estadual de Maringá - UEM
  • Claudimar Jean dos Santos Universidade Estadual de Maringá - UEM
  • Rafael Prandini Tramonte Universidade Estadual de Maringá - UEM
  • Verônica Klepka Universidade Estadual de Maringá - UEM
Palavras-chave: Degradação Ambiental, Impactos Ecológicos, Rio Ivaí, Rio Pirapó, Rio Tibagi

Resumo

Os macroinvertebrados bentônicos possuem grande diversidade de espécies, além de serem muito importantes no monitoramento da qualidade de ambientes aquáticos. Diante disso, partimos da hipótese de que em locais com baixa diversidade de habitat, há uma tendência de encontrarmos baixos valores nos parâmetros ecológicos de diversidade de espécies. Com isso, o objetivo do presente estudo foi levantar a estrutura da assembleia de macroinvertebrados relacionando-os com os impactos ambientais em três córregos da bacia do alto rio Paraná, do município de Apucarana. Para isso utilizamos peneiras de 1x0,50m e malhas de 3mm entre nós adjacentes com esforço amostral de 50 minutos em cada ponto, identificando-os ao nível taxonômico de Família. Comparamos entre os córregos a relação entre a integridade do ambiente e os parâmetros ecológicos. No total foram coletados 243 indivíduos, distribuídos em 3 filos, 4 classes, 8 ordens e 18 famílias. Em todos os córregos nota-se uma correlação evidente entre os parâmetros ecológicos e a qualidade ambiental, à medida que a qualidade ambiental decresce os parâmetros ecológicos de diversidade e equitabilidade acompanham essa tendência. Contudo, os resultados encontrados mostraram que a qualidade e a estruturação ecológica do ambiente estão principalmente relacionadas com o nível de conservação e diversidade de habitats existentes.

Biografia do Autor

Fagner Souza, Universidade Estadual de Maringá - UEM
Biólogo; Mestrando no Programa de Pós-Graduação em Biologia Comparada, Universidade Estadual de Maringá - UEM.
Claudimar Jean dos Santos, Universidade Estadual de Maringá - UEM
Discente de Ciências Biológicas na Universidade Estadual de Maringá - UEM; Bolsista de Iniciação Científica CNPq.
Rafael Prandini Tramonte, Universidade Estadual de Maringá - UEM
Disente de Ciências Biológicas na Universidade Estadual de Maringá - UEM.
Verônica Klepka, Universidade Estadual de Maringá - UEM
Doutoranda em Educação Para a Ciência e o Ensino de Matemática na Universidade Estadual de Maringá - UEM.
Publicado
2013-11-04
Seção
Meio Ambiente