Compostos orgânicos e elementos minerais como suplementos para o desenvolvimento de mudas de menta

Palavras-chave: Estaquia, Hortelã, Nutrição mineral, Plantas Medicinais, Produção de Mudas

Resumo

O gênero Mentha inclui plantas utilizadas pelas indústrias químicas, farmacêuticas e alimentos, multiplicadas por propagação vegetativa, pois tais plantas produzem um considerável percentual de sementes estéreis. O objetivo deste estudo foi avaliar o desempenho de diferentes concentrações de compostos orgânicos e dos minerais nitrogênio e boro no desenvolvimento de mudas de menta, produzidas por estaquia. As estacas foram confeccionadas com a parte mediana do ramo, padronizadas com 10 cm de comprimento e três a quatro nós. Nos tratamentos foram utilizadas duas formulações líquidas comerciais, solúveis em água, a primeira contendo carbono orgânico foi utilizada nas doses de 0; 0,025; 0,05; 0,10%. Na segunda com nitrogênio e boro empregou-se as doses de 0; 0,03; 0,06; e 0,12%. Como controle foi utilizada água destilada. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado, em esquema fatorial 2 x 4 (formulações e doses), com quatro repetições de sete estacas para cada tratamento. Foram avaliados o número de folhas, de brotos, altura da parte aérea, comprimento da maior raiz, biomassas das matérias frescas e secas da parte aérea, e do sistema radicular. Os dados foram submetidos à análise de variância e as médias agrupadas pelo teste Scott-Knott a 5%. Os efeitos das doses de cada formulação foram submetidos à análise de regressão. A adição ao substrato dos minerais nitrogênio e boro nas concentrações 0,03% e 0,06%, logo após a estaquia, pode ser recomendada com o objetivo de estimular a expansão do volume do sistema radicular e desenvolvimento da parte aérea, produzindo mudas de menta com qualidade comercial satisfatória.

Biografia do Autor

Cristina Batista de Lima, Universidade Estadual do Norte do Paraná - UENP
Professor Associado do Setor de Produção Vegetal na Universidade Estadual do Norte do Paraná, Campus Luiz Meneghel (UENP/CLM), Bandeirantes (PR), Brasil.
Jean Vitor Coutinho, Universidade Estadual do Norte do Paraná - UENP
Graduando em Agronomia pela Universidade Estadual do Norte do Paraná, Campus Luiz Meneghel (UENP/CLM), Bandeirantes (PR), Brasil.
Júlio César Altizani Júnior, Universidade de São Paulo, Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz - USP/Esalq
Mestrando em Fitotecnia pela Universidade de São Paulo, Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (USP/Esalq), Piracicaba (SP), Brasil.
Victor Matheus Martins, Universidade Estadual do Norte do Paraná - UENP
Graduando em Agronomia pela Universidade Estadual do Norte do Paraná, Campus Luiz Meneghel (UENP/CLM), Bandeirantes (PR), Brasil.
Guilherme Augusto Shinozaki, Universidade Estadual do Norte do Paraná - UENP
Mestre em Agronomia pela Universidade Estadual do Norte do Paraná, Campus Luiz Meneghel (UENP/CLM), Bandeirantes (PR), Brasil.

Referências

AMARO, H. T. R.; SILVEIRA, J. R.; DAVID, A. M. S. S.; RESENDE, M. A. V.; ANDRADE, J. A. S. Tipos de estacas e substratos na propagação vegetativa da menta (Mentha arvensis L.). Revista Brasileira de Plantas Medicinais, v. 15, n. 3, p. 313-318, 2013. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S1516-05722013000300001.

ARAÚJO, M. S.; MELO, M. A.; HODECKER, B. E. R.; BARRETO, V. C. M.; ROCHA, E. C. Adubação com boro no crescimento de mudas de mogno-africano. Revista de Agricultura Neotropical, v. 4, n. 5, p. 1-7, 2017. DOI: https://doi.org/10.32404/rean.v4i5.2183.

CHAGAS, J. H.; PINTO, J. E. B. P.; BERTOLUCCI, S. K. V.; NALON, F. H. Produção de mudas de hortelã-japonesa em função da idade e de diferentes tipos de estaca. Ciência Rural, v. 38, n. 8, p. 2157-216, 2008. DOI: https://doi.org/10.1590/S0103-84782008000800011.

CUNHA, A. C. M.; PAIVA, H. N.; XAVIER, A.; OTONI, W. C. Papel da nutrição mineral na formação de raízes adventícias em plantas lenhosas. Pesquisa Florestal Brasileira, v. 58, p. 35-45, 2009. DOI: https://doi.org/10.4336/2009.pfb.58.35.

DAVIES JR., F. T.; GENEVE, R. L.; WILSON, S. B. Hartmann & Kester’s Plant propagation: principles and practices. 9. ed. New York: Pearson, 2017. 1024p.

EMER, A. A.; AVRELLA, E. D.; FIOR, C. S.; SCHAFER, G. Nitrogen fertilization for ministrains of Campomanesia aurea O. Berg and its influence on productivity and rooting of minicuttings at different seasons of the year. Revista Brasileira de Ciências Agrárias, v. 14, n. 2, e5632, 2019. DOI: https://doi.org/10.5039/agraria.v14i2a5632.

FERREIRA, D. F. Sisvar: a computer analysis system to fixed effects split plot type designs. Revista Brasileira de Biometria, v. 37, n. 4, p. 529-535, 2019. DOI: https://doi.org/10.28951/rbb.v37i4.450.

FERREIRA, K. S.; RUFINI, J. C. M.; FAGUNDES, M. C. P.; MOREIRA, S. G.; FERREIRA, E. V. O.; BARBOSA, M. A. P. Crescimento e acúmulo de nutrientes em mudas de aceroleiras em função da aplicação de diferentes doses de nitrogênio e potássio. Colloquium Agrariae, v. 15, n. 2, p. 37-50, 2019. DOI: https://doi.org/10.5747/ca.2019.v15.n2.a283.

LIMA, C. B.; BOAVENTURA, A. C.; JORGE, A. P. Substratos, recipientes e concentrações de fertilizante orgânico na estaquia de Lippia alba (Mill.), Ocimum gratissimum L. e Mikania laevigata Sch. Bip. Científica, v. 41, n. 2, p. 199-208, 2013. DOI: https://dx.doi.org/10.15361/1984-5529.2013v41n2p199-208.

MOMENTÉ, V. G.; BEZERRA, A. M. E.; INNECCO, R.; LEDO, A. S.; ALVES, M. C. S. Crescimento inicial de mudas de mentrasto “forma florífera”. Ciência Agronômica, v. 34, n. 1, p. 5-10, 2003.

MOMENTÉ, V. G.; FERREIRA, T. A.; BRITO, M. A.; LOPES, D. A. P. S.; SOUSA NETO, G. D.; NASCIMENTO, I. R. Influência do tipo de estaca na propagação vegetativa de hortelã (Mentha arvensis L.) no Sul do estado do Tocantins. Agropecuária Científica no Semiárido, v. 11, n. 3, p. 46-51, 2015. DOI: https://dx.doi.org/10.30969/acsa.v11i3.641.

OLIVEIRA, A. C. L.; ARRIGONI-BLANK, M. F.; BLANK, A. F.; BIANCHINI, F. G. Produção de mudas de dois genótipos de alecrim-de-tabuleiro (Lippia gracilis Schauer) em função de fertilizante mineral, calcário, substratos e recipientes. Revista Brasileira de Plantas Medicinais, v. 13, n. 1, p. 35-42, 2011. DOI: https://doi.org/10.1590/S1516-05722011000100006.

PAULUS, D.; PAULUS, E. Efeito de substratos agrícolas na produção de mudas de hortelã propagadas por estaquia. Horticultura Brasileira, v. 25, n. 4, p. 594-597, 2007. DOI: https://doi.org/10.1590/S0102-05362007000400020.

SALEHI, B.; STOJANOVIĆ-RADIĆ, Z.; MATEJIĆ, J.; SHAROPOV, F.; ANTOLAK, H.; KRĘGIEL, D.; SEN, S.; SHARIFI-RAD, M.; ACHARYA, K.; SHARIFI-RAD, R.; MARTORELL, M.; SUREDA, A.; MARTINS, N.; SHARIFI-RAD, J. Plants of Genus Mentha: From Farm to Food Factory. Plants, v. 7, n. 3, 70, p. 1-36, 2018. DOI: https://doi.org/10.3390/plants7030070.

TAIZ, L.; ZEIGER, E.; MØLLER, I. M.; MURPHY, A. Fisiologia e Desenvolvimento Vegetal. 6ª ed. Porto Alegre: Artmed, 2017. 858p.

TALANKOVA-SEREDA, T. E.; KOLOMIETS, J. V.; HOLUBENKO, A. V.; NUZHYNA, N. V. The influence of clonal micropropagation on productivity and differentiation of Mentha piperita plant tissues. Regulatory Mechanisms in Biosystems, v. 10, n. 3, p. 337-344, 2019. DOI: https://doi.org/10.15421/021952.

WAMAN, A. A.; SMITHA, G. R.; BOHRA, P. A Review on Clonal Propagation of Medicinal and Aromatic Plants through Stem Cuttings for Promoting their Cultivation and Conservation. Current Agriculture Research Journal, v. 7, n. 2, p. 122-138, 2019. DOI: https://dx.doi.org/10.12944/CARJ.7.2.01.

ZERCHE, S.; DRUEGE, U. Nitrogen content determines adventitious rooting in Euphorbia pulcherrima under adequate light independently of pre-rooting carbohydrate depletion of cuttings. Scientia Horticulturae, v. 121, n. 3, p. 340-347, 2009. DOI: https://doi.org/10.1016/j.scienta.2009.02.012.

Publicado
2022-03-31