<b>Fatores que Determinam a Opção de Compra do Consumidor Feminino por um Comércio Virtual

  • Denise Castilhos de Araujo Universidade Feevale
  • Daniela Muller de Quevedo Universidade Feevale
  • Sandra Portela Montardo Universidade Feevale
  • Patricia MOraes Universidade Feevale
Palavras-chave: Comportamento do Consumidor, Consumidor Feminino, E-Commerce, Internet.

Resumo

O mercado de vendas on-line, nos últimos anos, tem alcançado uma importante parcela no volume de negócios no Brasil. Isso indica mudanças significativas no comportamento do consumidor, principalmente do público feminino. Nesta perspectiva, este artigo tem como objetivo reconhecer e analisar a motivação do consumidor feminino ao optar pelo comércio virtual. Para isto, o método adotado foi a pesquisa exploratória com abordagem qualitativa, onde foram realizadas entrevistas com 20 mulheres consumidoras a respeito do seu comportamento de compra on-line. Os conceitos utilizados nesse artigo foram tratados a partir dos estudos de Strauss e Frost (2012); Clarke e Flaherty (2005), Kotler (2000), Loshin e Vacca (2004), Veloso (2007), Kalakota e Robison (2001), Bernard (2007), entre outros autores. Observou-se que o comércio virtual no Brasil tem mostrado grande crescimento, principalmente no segmento feminino, e os itens de maior consumo foram identificados como: produtos de decoração, eletrônicos, roupas, acessórios e brinquedos. Além disso, as depoentes afirmaram que, na sua maioria, compram produtos para si mesmas. Afirmam, ainda, que os fatores preço e a comodidade foram unanimidade na opção pela compra em lojas virtuais, tornando-se um espaço de muitas compras.

Biografia do Autor

Denise Castilhos de Araujo, Universidade Feevale
Doutora em Comunicação Social, professora do Mestrado em Processos e Manifestações Culturais e dos cursos de graduação da Comunicação e pesquisadora do Grupo de Estudos Cultura e Memória da Comunidade.
Daniela Muller de Quevedo, Universidade Feevale
Doutora em Recursos Hídricos pela UFRGS, professora e pesquisadora da Universidade Feevale.
Sandra Portela Montardo, Universidade Feevale
Doutora em Comunicação Social, professora e pesquisadora da Universidade Feevale.
Patricia MOraes, Universidade Feevale
Especialista em Gestão Administrativa pela Universidade Feevale.
Publicado
2015-08-07
Seção
Artigos Originais