Fatores Socioeconômicos Relacionados à Produção de Plantas Medicinais

Elenice Parizotto Stremel, Geysler Rogis Flor Bertolini, Dile Pontarolo Stremel, Adriana Maria de Grandi

Resumo


Este estudo objetivou identificar importantes aspectos socioeconômicos e entender a dinâmica do cultivo e produção de plantas medicinais a partir de trabalhos publicados, focando as bases de periódicos, teses e dissertações, disponibilizados pela CAPES, de 2008 até 2013. A metodologia aplicada foi uma pesquisa bibliográfica comparativa. A busca das referências se deu pelas palavras-chaves: plantas medicinais; análise socioeconômica; cooperativa; fitoterapia; e outras como agricultura familiar; comercialização; e desenvolvimento rural. De acordo com os resultados, o fator políticas públicas destacou-se dos demais, mostrando ser relevante para manter os negócios das famílias de produtores rurais, principalmente por promover ações que levam a incorporar renda aos produtos de baixo valor agregado; por outro lado proporcionam programas de financiamento a juros baixos e ações de combate à desigualdade social.

Palavras-chave


Agricultura Familiar; Fatores; Pesquisa Socioeconômica.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17765/2176-9168.2015v8n2p421-439

Revista em Agronegócio e Meio Ambiente


Unicesumar, Maringá (PR), Brasil
Contato: naep@unicesumar.edu.br
ISSN 2176-9168 On-line
ISSN 1981-9951 Versão impressa interrompida em 2019

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.