<b>Inovação e Fontes de Conhecimento Tecnológico no Setor de Material de Transporte Sorocabano entre 2004 e 2006

  • Rodrigo Diogo Teixeira Universidade de Sorocaba – UNISO
  • Manuel Antonio Munguía Payés Universidade de Sorocaba – UNISO
Palavras-chave: Fontes de Conhecimento Tecnológico, Setor de Material de Transporte, Inovação.

Resumo

Interessa-nos estudar a relação entre o uso de informações e conhecimentos para inovar à luz do enfoque neo-schumpeteriano. A nossa base empírica restringiu-se ao município de Sorocaba, SP. Foram realizadas entrevistas e aplicados questionários a uma amostra não-aleatória constituída de 10 empresas industriais do setor de material de transporte. Para a análise dos dados, foi utilizada a estatística descritiva e realizado o teste de hipóteses U de Mann-Whitney. As fontes externas mais utilizadas foram clientes ou consumidores finais; fornecedores das máquinas, equipamentos, materiais, componentes e/ou softwares; e instituições de testes e/ou certificações. Já com relação às fontes internas de conhecimento tecnológico mais usado, estão os departamentos de produção, vendas, e o de marketing. Conclui-se que quanto maior a utilização das fontes de conhecimentos tecnológicos, maior a capacitação para inovar e vice-versa. Essa relação se apresentou em todas as organizações do setor de material de transporte estudadas, ainda vale ressaltar que as inovações foram essencialmente incrementais.

Biografia do Autor

Rodrigo Diogo Teixeira, Universidade de Sorocaba – UNISO
Bacharel em Economia pela Universidade de Sorocaba – UNISO; Mestrando em Economia Aplicada da Universidade Federal de São Carlos - UFSCAR; Membro do Laboratório de Ciências Sociais Aplicadas da Universidade de Sorocaba – UNISO. E-mail: rodrigodediogo@gmail.com
Manuel Antonio Munguía Payés, Universidade de Sorocaba – UNISO
Docente e Coordenador do Curso de Ciências Econômicas e do Laboratório de Ciências Sociais Aplicadas da Universidade de Sorocaba – UNISO. E-mail: manuel.payes@prof.uniso.br
Publicado
2010-02-25
Seção
Artigos de Iniciação Científica