<b>Aplicação de cinza da casca de arroz e de água residuária de fecularia de mandioca na cultura de aveia</b>

  • Frederico Fonseca da Silva Cesumar
  • Altair Bertonha UEM
  • Paulo Sérgio Lourenço de Freitas UEM
  • Antônio Saraiva Muniz UEM
  • Rodrigo Cornacini Ferreira UEM
Palavras-chave: Água residuária, Manipueira, Fertirrigação, Cinza de casca de arroz, Produção de aveia forrageira

Resumo

O presente trabalho foi realizado no Campus da UEM de Umuarama, na Região Noroeste do Paraná, e teve como objetivo analisar o efeito de doses de cinza da casca de arroz e de água residuária de mandioca aplicadas sobre a aveia forrageira (Avena strigosa), sem adição de fertilizantes químicos e correção de solo. Os tratamentos foram distribuídos em um DIC, em esquema fatorial de 6 x 3, em um argissolo vermelho distrófico (PVd), correspondendo a seis doses (0, 10, 20, 30, 40 e 50 t/ha-1) de cinza de casca de arroz e três doses (0, 40 e 80mm) de aplicação de água residuária durante a sua fase vegetativa. A aveia respondeu à aplicação dos parâmetros. Para produção de massa verde o melhor tratamento foi a combinação de 80mm de água residuária associados a 30 t/ha-1 de cinza; e, para semente, as produções foram crescentes para as doses estudadas.

Biografia do Autor

Frederico Fonseca da Silva, Cesumar
Engenheiro Agrônomo; Docente e Coordenador de Cursos de Pós-Graduação no Centro Universitário de Maringá – CESUMAR.
Altair Bertonha, UEM
Docente do Departamento de Agronomia da Universidade Estadual de Maringá – UEM
Paulo Sérgio Lourenço de Freitas, UEM
Docente do Departamento de Agronomia da Universidade Estadual de Maringá – UEM
Antônio Saraiva Muniz, UEM
Docente do Departamento de Agronomia da Universidade Estadual de Maringá – UEM
Rodrigo Cornacini Ferreira, UEM
Doutorando do Programa de Pós-Graduação do Departamento de Agronomia da Universidade Estadual de Maringá – UEM.
Publicado
2007-10-08
Seção
Agronegócio