Idosos que foram infectados por COVID-19 tem mais medo de cair?

Palavras-chave: Acidentes por quedas, Covid-19, Envelhecimento

Resumo

A queda em idosos durante a pandemia de COVID-19 constitui-se um problema de saúde pública ainda mais preocupante. Assim, o objetivo desse estudo foi verificar se idosos que foram infectados por COVID-19 tem mais medo de cair do que os que não foram infectados. Trata-se de um estudo transversal, realizado com idosos residentes em município do interior do estado do Rio de Janeiro, Brasil. Os dados foram coletados a partir do preenchimento de um questionário digital, contendo questões sobre aspectos sociodemográficos, de saúde e ocorrências de quedas, e à Activities-Specific Balance Confidence (ABC) scale. Após a coleta, os dados foram analisados por meio de estatística descritiva. Dos 202 participantes, 117 referiram terem sofrido quedas, sendo que destes, apenas 25 (34,7%) tiveram COVID-19. Embora o risco de quedas em idosos seja um problema de saúde pública preocupante, que pode se agravar no contexto pandêmico, observou-se que os idosos participantes deste estudo tiveram o mesmo medo de cair, independente de terem sido infectados ou não por COVID-19.

Biografia do Autor

Gabriela Bezerra Oliveira, Centro Universitário de Barra Mansa
Graduada em Fisioterapia pelo Centro Universitário de Barra Mansa - UBM, Barra Mansa (RJ), Brasil
José Henrique de Lacerda Furtado, Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca, da Fundação Oswaldo Cruz - (ENSP/FIOCRUZ)
Doutorando em Saúde Pública pela ENSP/FIOCRUZ-RJ, na área de concentração de Políticas, Planejamento, Gestão e Cuidado em Saúde. Mestre em Educação Profissional em Saúde pela EPSJV/FIOCRUZ - RJ, Bacharel em Enfermagem e em Fisioterapia pelo Centro Universitário de Barra Mansa - UBM. Especialista em Fisiologia do exercício pela UniBF (2022), especialista em Acupuntura pela Faculdade Sul Fluminense (2021), especialista em Docência para a Educação Profissional e Tecnológica (2021), pelo Instituto Federal do Rio de Janeiro, especialista em Acesso à Saúde: Informação, comunicação e equidade pelo ICICT/FIOCRUZ - RJ (2018), especialista em Enfermagem do Trabalho (2015) e em Saúde Pública com Ênfase em Saúde da Família (2015), pelo Centro Universitário Internacional. Atua no Serviço de Saúde do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro (IFRJ - Campus Pinheiral - RJ), com o desenvolvimento de ações assistenciais e de auxílio nas atividades de ensino, pesquisa e extensão. Tem experiência na área de Enfermagem e Fisioterapia, com foco na área assistencial de média e alta complexidade, saúde coletiva, saúde do trabalhador e promoção da saúde. Atua também como membro de Conselhos Editoriais e como revisor de periódicos científicos. Tem interesse nas áreas de Saúde e Educação, com ênfase em Politicas Públicas, Saúde Coletiva, Formação Profissional em Saúde, Atenção Primária à Saúde, Processo de trabalho, Formação e Trabalho dos Agentes Comunitários de Saúde, e nas áreas de Enfermagem e Fisioterapia hospitalar, com ênfase em UTI, Reabilitação fisioterapêutica respiratória e cardiovascular.
Caio Ramon Queiroz, Centro Universitário de Volta Redonda
Mestrando do Programa de Pós-graduação em Ensino em Ciências da Saúde e do Meio Ambiente, Centro Universitário de Volta Redonda - UNIFOA, Volta Redonda (RJ), Brasil.
Isabelle Lopes do Valle, Centro Universitário de Barra Mansa
Aluna de graduação do curso de fisioterapia do Centro Universitário de Barra Mansa - UBM, Barra Mansa (RJ), Brasil.
Amanda Celebrim de Paulo, Centro Universitário de Barra Mansa
Aluna de graduação do curso de fisioterapia do Centro Universitário de Barra Mansa - UBM, Barra Mansa (RJ), Brasil.
Priscila de Oliveira Januário, Centro Universitário de Barra Mansa e Universidade de São Paulo
Doutoranda em Ciências da Reabilitação pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (2019-atual). Mestre em Bioengenharia (UNIVAP-2011). Pós-graduada em Gerontologia e Geriatria (UBM-2007). Graduada em Fisioterapia (UBM-2005). Pesquisadora Colaboradora do Laboratório de Investigação Fisioterapêutica e Eletromiografia do Departamento de Fonoaudiologia, Fisioterapia e Terapia Ocupacional (USP/2019-atual) e do grupo de pesquisa do Laboratório de Investigação Clínica do Departamento de Fisioterapia (UBM/2021-atual). Tem como principais atividades: supervisão de estágio curricular, revisão de periódicos científicos, orientação dos trabalhos de conclusão de curso, relatoria no Comitê de Ética e Pesquisa do UBM. Experiência como docente na área de Ciências da Saúde: Anatomofisiologia, Neuroanatomia, Fisioterapia nas atenções à saúde do Idoso, Homem e da Mulher. Linhas de pesquisa: Idoso, Dor e Funcionalidade, Neurofuncionalidade, Saúde do Trabalhador, Saúde do Homem e da Mulher.
Ariela Torres Cruz, Centro Universitário de Barra Mansa e Universidade de São Paulo
Possui graduação em Fisioterapia e especialização em Gerontologia pelo Centro Universitário de Barra Mansa e mestrado em Bioengenharia pela Universidade do Vale do Paraíba. Doutoranda em Ciências da Reabilitação pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (2019-atual). Atualmente é docente do Centro Universitário de Barra Mansa.

Referências

Huang C, Wang Y, Li X, Ren L, Zhao J, Hu Y et al. Clinical features of patients infected with 2019 novel coronavirus in Wuhan, China. Lancet. 2020;395:497-506. doi: https://doi.org/10.1016/S0140-6736(20)30183-5.

Medina MG, Giovanella L, Bousquat A, Mendonça MHM, Aquino R. Atenção primária à saúde em tempos de COVID-19: o que fazer? Cad. Saúde Pública. 2020;36(8):e00149720. doi: https://doi.org/10.1590/0102-311X00149720.

Asselah T, Durantel D, Pasmant E, Lau G, Schinazi RF. COVID-19: Discovery, diagnostics and drug development. Journal of hepatology. 2021;74(1):168-184. doi: 10.1016/j.jhep.2020.09.031.

Tiruneh, SA, Tezema ZT, Azanaw MM, Angae DA. The effect of age on the incidence of COVID-19 complications: a systematic review and meta-analysis. Syst Rev. 2021;10(1):1-9. doi: 10.1186/s13643-021-01636-2.

Velavan TP, Meyer CG. The COVID-19 epidemic. Trop med. int. health. 2020;25(3):278-280. doi: https://doi.org/10.1111/tmi.13383.

Oliveira DC; Oliveira CM, Lima-Costa MF, Alexandre TS. Dificuldade em atividades de vida diária e necessidade de ajuda em idosos: discutindo modelos de distanciamento social com evidências da iniciativa ELSI-COVID-19. Cad de Saúde Pública. 2020;36(suppl 3):2-11. doi: https://doi.org/10.1590/0102-311X00213520

Carfì A, Bernabei R, Landi F for the Gemelli Against COVID-19 Post-Acute Care Study Group. Persistent Symptoms in Patients after Acute COVID-19. JAMA. 2020;324:603-605. doi: https://doi.org/10.1001/jama.2020.12603.

Collantes MEV, Espiritu AI, Sy MCC, Anlacan VMM, Jamora RDG. Neurological Manifestations in COVID-19 Infection: A Systematic Review and Meta-Analysis. Can J Neurol Sci. 2020;48(1):66-76. doi: https://doi.org/10.1017/cjn.2020.146

Maury A, Lyoubi, A, Peiffer-Smadja N, Broucker T, Meppiel E. Neurological manifestations associated with SARS-CoV-2 and other coronaviruses: A narrative review for clinicians. Rev neurol. 2021;177(1-2):51-64. doi: https://doi.org/10.1016/j.neurol.2020.10.001.

Aquino EML, Silveira IH, Pescarini JM, Aquino R, Souza-Filho JA, Rocha AS et al. Medidas de distanciamento social no controle da pandemia de COVID-19: potenciais impactos e desafios no Brasil. Cien Saude Colet. 2020;25:2423-2446. doi: https://doi.org/10.1590/1413-81232020256.1.10502020.

Brito LMS, Lima VA, Mascarenhas LP, Mota J, Leite N. Physical activity, eating habits and sleep during isolation: from young adult to elderly. Rev bras med esporte. 2021;27(1):21-25. doi: https://doi.org/10.1590/1517-8692202127012020_0061.

Silva RMV, Sousa AVC. Fase crônica da COVID-19: desafios do fisioterapeuta diante das disfunções musculoesqueléticas. Fisioter mov. 2020;33. doi: https://doi.org/10.1590/1980-5918.033.ed02.

World Health Organization (WHO). WHO Coronavirus Disease (COVID-19) Dashboard. Disponível em: https://covid19.who.int/.

Cámara MÁDL, Jiménez-Fuente A, Pardos AI. Falls in older adults: The new pandemic in the post COVID-19 era? Med hypotheses. 2020;145(110321):1-25. doi: https://doi.org/10.1016/j.mehy.2020.110321.

Queiroz ACCN, Feitosa COPS, Rodrigues GMM, Sousa JC. Intervenções na prevenção de quedas de idosos em ambiente domiciliar. ReBIS. 2020;2(4):1-5.

Castro CMS, Costa MFL, Cesar CC, Neves JAB, Sampaio RF. Influência da escolaridade e das condições de saúde no trabalho remunerado de idosos brasileiros. Cien Saude Colet. 2019;24(11):4153-4162. doi: 10.1590/1413-812320182411.05762018.

Santos JC, Arreguy-Senna C, Pinto PF, Paiva EP, Parreira PMSD, Brandão MAG. Home fall of elderly people: implications of stressors and representations in the COVID-19 context. Rev gaúch enferm. 2021;42(suppl e):1-13. doi: https://doi.org/10.1590/1983-1447.2021.20200221.

Sabino AM, Souza JO, Batista IC, Rodrigues AR, Januário PO, Cruz AT. O medo de cair em idosos institucionalizados e residentes na comunidade. J. Health Sci. Inst. 2021;39(2)137-42.

World Health Organization (WHO). Falls. 26 de abr. de 2021. Disponível em: https://www.who.int/news-room/fact-sheets/detail/falls.

Tiensoli SD, Santos ML, Moreira AD; Corrêa AR, Gomes FSL. Características dos idosos atendidos em um pronto-socorro em decorrência de queda. Rev. gaúch. enferm. 2019;40(suppl e):1-8. doi: https://doi.org/10.1590/1983-1447.2019.20180285.

Birhanie G, Melese H, Solomon G, Fissha B, Teferi M. Fear of falling and associated factors among older people living in Bahir Dar City, Amhara, Ethiopia- a cross-sectional study. BMC Geriatrics. 2021;21(586):2-11. doi: https://doi.org/10.1186/s12877-021-02534-x.

Nguyen HT, Nguyen CC, Hoang TL. Falls Among Older Adults During the COVID-19 Pandemic: A Multicenter Cross-Sectional Study in Vietnam. Clin Interv Aging. 2022;21(17):1393-1404. doi: https://doi.org/10.2147%2FCIA.S382649.

Gil, A. C. Métodos e técnicas de pesquisa social. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2008.

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Censo Demográfico 2010 – Amostra: características da população. 2017. Disponível em: https://cidades.ibge.gov.br/brasil/rj/barra-mansa/panorama.

Folstein MF, Folstein SE, McHugh PR. Mini-Mental State: A practical method for grading the cognitive state of patientes for the clinician. J psychiatr res. 1975;12(3):189-198. doi: https://doi.org/10.1016/0022-3956(75)90026-6.

Brucki SMD, Nitrini R, Caramelli P, Bertolucci PHF, Okamoto IH. Sugestões para o uso do mini-exame do estado mental no Brasil. Arq Neuropsiquiatr. 2003;61(3B):777-781. doi: https://doi.org/10.1590/S0004-282X2003000500014.

Marques AP, Mendes YC, Taddei U, Pereira CAB, Assumpção A. Brazilian-Portuguese translation and cross-cultural adaptation of the activities-specific balance confidence (ABC) scale. Braz J Phys Ther. 2013;17(2):170-178. doi: http://dx.doi.org/10.1590/S1413-35552012005000072.

Conselho Nacional de Saúde (BR). Resolução nº 466, 12 de dezembro de 2012. Disponível em: http://conselho.saude.gov.br/resolucoes/2012/Reso466.pdf.

Conselho Nacional de Saúde (BR). Resolução nº 510, de 07 de abril de 2016. Disponível em: http://www.conselho.saude.gov.br/resolucoes/2016/Reso510.pdf.

Conselho Nacional de Saúde (BR). Carta Circular nº 1/2021-CONEP/SECNS/MS, de 03 de março de 2021. Disponível em: https://conselho.saude.gov.br/images/comissoes/conep/documentos/CARTAS/Carta_Circular_01.2021.pdf.

Mukari SZMS, Yusof Y, Ishak WS, Maamor N, Chellapan K, Dzulkifli MA. Contribuições relativas das funções auditivas e cognitivas no reconhecimento da fala no silêncio e no ruído entre idosos. Rev Bras Otorrinolaringol. 2020;86(2):149-156. doi: https://doi.org/10.1016/j.bjorl.2018.10.010.

Vitorino LM, Teixeira CAB, Boas ELV, Pereira RL, Santos NO, Rozendo CA. Medo de cair em idosos residentes no domicílio: fatores associados. Rev Esc Enferm USP. 2017;51:1-7. doi: http://dx.doi.org/10.1590/S1980-220X2016011803215.

Travassos GF, Coelho AB, Arends-Kuenning MP. The elderly in Brazil: demographic transition, profile, and socioeconomic condition. Rev bras estud popul. 2020;37(0129):1-27. doi: https://doi.org/10.20947/S0102-3098a0129.

Oliveira BLCA, Thomaz EBAF, Silva RA. Associação da cor/raça aos indicadores de saúde para idosos no Brasil: um estudo baseado na Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (2008). Cad de Saúde Pública. 2014;30(7):1438-1452. doi: https://doi.org/10.1590/0102-311X00071413.

Ferreira CG, Gazzola JM, Cendoroglo MS, Dias VN, Ganança FF. Fatores associados ao equilíbrio postural de idosos longevos. Fisioter mov. 2019;32:e003240. doi: https://doi.org/10.1590/1980-5918.032.AO40.

Chor D, Stern AM, Santos RV. Raça, saúde e discriminação: perspectivas históricas e contemporâneas no Brasil e Estados Unidos. Cad de Saúde Pública. 2017;33(Suppl 1):1-2. doi: https://doi.org/10.1590/0102-311X00044817.

Scarmagnan GS, Mello SCM, Lino TB, Barbieri FA, Christofoletti, G. A complexidade da tarefa afeta negativamente o equilíbrio e a mobilidade de idosos saudáveis. Rev bras geriatr gerontol (Online). 2021;24(1):1-11. doi: https://doi.org/10.1590/1981-22562021024.200114.

Manzoli L, Villari P, Pirone GM, Boccia A. Marital status and mortality in the elderly: A systematic review and meta-analysis. Soc sci med. 2007;64(1):77-94. doi: https://doi.org/10.1016/j.socscimed.2006.08.031.

Goulart D, Engroff P, Ely LS, Sgnaolin V, Santos EF, Terra N et al. Tabagismo em idosos. Rev bras geriatr gerontol (Online). 2010;13(2):313-320. doi: https://doi.org/10.1590/S1809-98232010000200015.

Garcia PCO, Bassitt DP, Pinto FCG. Alcohol use, abuse and dependence among elderly in outpatient treatment through the application of AUDIT. AMB rev Assoc Med Bras. 2020;66(3):307-313. doi: https://doi.org/10.1590/1806-9282.66.3.307.

Xie J, Ding C, Li J, Wang Y, Guo H, Lu Z et al. Characteristics of patients with coronavírus disease (COVID-19) confirmed using na IgM-IgG antibody test. J med virol. 2020;90(10):2004-2010. doi: https://doi.org/10.1002/jmv.25930.

Atici E, Girgin N, Saldiran TC. The effects of social isolation due to COVID‐19 on the fear of movement, falling, and physical activity in older people. Australasian journal on ageing (Online). 2022;41(3):407–413. doi: https://doi.org/10.1111/ajag.13063.

Publicado
2024-03-31
Seção
Artigos Originais