ESTRATÉGIAS DE COMUNICAÇÃO DAS SECRETARIAS MUNICIPAIS DE SAÚDE: DESAFIOS PARA AS REDES DE ATENÇÃO À SAÚDE

  • Ana Paula Machado Velho UEM
  • Sonia Cristina Soares Dias Vermelho Núcleo de Tecnologia Educacional para Saúde - NUTES / UFRJ
  • Tiago Franklin Rodrigues Lucena UniCesumar - Mestrado em Promoção da Saúde ICETI http://orcid.org/0000-0002-0154-7417
  • Flávio Bortolozzi Unicesumar/ICETI
  • Rose Mari Bennemann UniCesumar / ICETI
Palavras-chave: Promoção da Saúde, Educação em Saúde

Resumo

Descrever as estratégias de comunicação em saúde dos 19 municípios paranaenses. Levantamento das Redes de Atenção Saúde da região e análise de conteúdo com entrevistas com os secretários de saúde. As ações de comunicação são do tipo circunstancial informativa e não têm foco educativo. Os municípios pequenos atuam mais com ações de comunicação direta (rádio e carros de som). Foi visto que as redes estão alicerçadas de forma frágil e apesar dos programas de promoção, campanhas, ainda não há um processo que empreenda medidas capazes de levar ao cidadão informação para que ele assuma a corresponsabilidade na construção e condução do SUS.

Biografia do Autor

Ana Paula Machado Velho, UEM
Doutora em Comunicação e Semiótica na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP), Brasil.
Sonia Cristina Soares Dias Vermelho, Núcleo de Tecnologia Educacional para Saúde - NUTES / UFRJ
Doutora em Educação: História, Política, Sociedade pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP). Docente adjunta da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), no Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências e Saúde, Brasil
Tiago Franklin Rodrigues Lucena, UniCesumar - Mestrado em Promoção da Saúde ICETI
Docente no Programa de Pós-Graduação Stricto sensu em Promoção da Saúde (PPGPS), Pesquisador do Instituto de Ciências Exatas, Tecnológicas e Inovação (ICETI), Brasil.
Flávio Bortolozzi, Unicesumar/ICETI
Doutor em Engenharia de Computação pela Université de Technologie de Compiègne – França. Pró-Reitor Pesquisa, Pós-Graduação e Extensão e Docente no Programa de Pós-Graduação Stricto sensu em Promoção da Saúde (PPGPS) e no Programa de Pós-Graduação em Gestão do Conhecimento nas Organizações (PPGGCO) no Centro Universitário de Maringá (UniCesumar), Pesquisador do Instituto de Ciências Exatas, Tecnológicas e Inovação (ICETI), Brasil.
Rose Mari Bennemann, UniCesumar / ICETI
Doutora em Saúde Pública. Docente permanente no Programa de Pós-Graduação Stricto sensu em Promoção da Saúde (PPGPS) do Centro Universitário de Maringá (UniCesumar). Pesquisadora do Instituto de Ciências Exatas, Tecnológicas e Inovação (ICETI), Brasil.

Referências

Organização Mundial da Saúde. Cuidados Inovadores para Condições Crônicas: componentes estruturantes de ação: relatório mundial [Internet]. Brasília-DF; 2003. Available from: http://www.opas.org.br/wp-content/uploads/2015/09/Manual_final.pdf

Mendes EV. As redes de atenção à saúde. Cien Saude Colet [Internet]. 2010 Aug;15(5):2297–305. Available from: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232010000500005&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt

Souza MMM de, Vermelho SC, Figueiredo G, Machado RPM. Análise da produção da linha temática Educação em Saúde nos Encontros Nacionais de Pesquisa em Educação em Ciências. In: Anais do X Encontro Nacional de Pesquisas em Educação em Ciências – X ENPEC Águas de Lindoia, SP: Associação Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências (ABRAPEC) [Internet]. Aguas de Lindóia-SP; 2015. p. 1–9. Available from: http://www.xenpec.com.br/anais2015/resumos/R1355-1.PDF

Associação Brasileira de Saúde Coletiva - ABRASCO. GT de Comunicação e Saúde (Ementa) [Internet]. [cited 2016 Feb 26]. Available from: http://www.abrasco.org.br/site/sites/gtcomunicacaoesaude/

Machado A dos S. Retórica no Imaginário da Divulgação Científica: Representações Contemporâneas na Produção de Verdades sobre Saúde e Vida. In: Anais do XXXVIII Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação [Internet]. Rio de Janeiro, RJ; 2015. p. 1–15. Available from: http://portalintercom.org.br/anais/nacional2015/resumos/R10-3639-1.pdf

Cavalcante CC, Lerner K. Intertextualidade nas Notícias sobre o Sistema Único de Saúde no Jornal O Diário do Nordeste. In: Anais do XXXVIII Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação [Internet]. Rio de Janeiro, RJ; 2015. p. 1–15. Available from: http://portalintercom.org.br/anais/nacional2015/resumos/R10-3326-1.pdf

Bardin L. Análise de Conteúdo. 1st ed. Lisboa-Portugal: Edições 70, LDA; 2009. 280 p.

Packer AL, Tardelli AO, Castro RCF. A distribuição do conhecimento científico público em informação, comunicação e informática em saúde indexado nas bases de dados MEDLINE e LILACS. Cien Saude Colet [Internet]. 2007 Jun;12(3):587–99. Available from: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232007000300009&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt

Araújo IS de. A percepção da comunicação como parte do processo de determinação social da saúde [entrevista na internet]. Entrevista concedida a Jaqueline Pimentel. Rio de Janeiro: Portal DSS Brasil. 2013.

Wolf M. Teorias da Comunicação de Massa. São Paulo - SP: Wmf Martins Fontes; 2012. 312 p.

IBGE. Atlas do censo demográfico 2010 [Internet]. 2010. Available from: http://loja.ibge.gov.br/atlas-do-censo-demografico-2010.html

Santos MRA dos. Saúde para o Desenvolvimento Local: Controle da Dengue, Sujeitos Sanitários e Comunicação. In: Anais do XXXVIII Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação. Rio de Janeiro: Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação.; 2015.

Cardoso A dos S, Nascimento MC do. Comunicação no Programa Saúde da Família: o agente de saúde como elo integrador entre a equipe e a comunidade. Cien Saude Colet [Internet]. 2010 Jun;15:1509–20. Available from: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232010000700063&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt

Teixeira RR, Cyrino AP. As ciências sociais, a comunicação e a saúde. Cien Saude Colet [Internet]. 2003;8(1):151–72. Available from: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232003000100012&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt

Pitta ÁM da R, Oliveira VC de. Estratégias de Comunicação frente ao Desafio do Aedes Aegypti no Brasil. Cien Saude Colet [Internet]. 1996;1(1):137–46. Available from: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81231996000100137&lng=pt&nrm=iso&tlng=en

Silva GM, Rasera EF. A construção do SUS-problema no jornal Folha de S. Paulo. História, Ciências, Saúde-Manguinhos [Internet]. 2013 Aug 14 [cited 2018 Jun 1];21(1):61–76. Available from: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-59702014000100061&lng=pt&tlng=pt

Moraes JCO, Carneiro CR, Da Cruz HRFV, Costa IP da, Almeida MR de. A mídia e sua relação com a formação de opiniões sobre o Sistema Único de Saúde. Rev Bras Ciências da Saúde [Internet]. 2017 [cited 2018 Jun 1];21(2):103–10. Available from: http://periodicos.ufpb.br/ojs/index.php/rbcs/article/view/16749

Oliveira V de C. A comunicação midiática e o Sistema Único de Saúde. Interface - Comun Saúde, Educ [Internet]. 2000 Aug;4(7):71–80. Available from: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-32832000000200006&lng=pt&tlng=pt

Vasconcelos WRM de, Oliveira-Costa MS de, Mendonça AVM. Promoção ou prevenção? Análise das estratégias de comunicação do Ministério da Saúde no Brasil de 2006 a 2013. RECIIS- Rev Eletrônica Comun Informação Inovação em Saúde [Internet]. 2016 [cited 2018 Jun 1];10(2). Available from: https://www.reciis.icict.fiocruz.br/index.php/reciis/article/view/1019

Kelly-Santos A, Rozemberg B. Comunicação por impressos na saúde do trabalhador: a perspectiva das instâncias públicas. Cien Saude Colet [Internet]. 2005 Dec;10(4):929–38. Available from: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232005000400016&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt

Publicado
2018-11-13
Seção
Artigos Originas - Promoção da Saúde