RELAÇÃO ENTRE DEPENDÊNCIA DE INTERNET E TRAÇOS DE PERSONALIDADE EM ESTUDANTES UNIVERSITÁRIOS

  • Marina Capellão Becker Universidade do Vale do Taquari - Univates
  • Raquel de Melo Boff Universidade do Vale do Taquari - Univates
  • Ana Luísa Freitag Universidade do Vale do Taquari - Univates
Palavras-chave: Internet, Estudantes, Ensino superior.

Resumo

Objetivou-se avaliar a associação entre os traços de personalidade e uso excessivo de internet em universitários. Este estudo transversal, quantitativo, realizado em 2017 com 259 universitários de uma instituição de ensino superior particular, na região Sul do Brasil. Utilizou-se um instrumento sociodemográfico, a escala de Personalidade de Comrey (CPS) e internet Addiction Test (IAT). Os dados foram analisados no Statistical Package for Social Sciences, versão 23.0, por meio de testes estatísticos Kolmogorov Smirnov, Spearman, t de student, Regressão Logística Multivariada e o método Bakcward (p≤ 0,05). A maioria dos participantes usufrui da internet em casa, através do celular, para fins de utilização de redes sociais e com prevalência do sexo feminino. Existe correlação negativa bem fraca entre a escala T do CPS e a IAT (p=0,144), e correlação negativa fraca entre as escalas A (p=0,262) e S (p=0,231). Sugerem-se mais estudos e intervenção neste campo e com este público-alvo.

Biografia do Autor

Marina Capellão Becker, Universidade do Vale do Taquari - Univates
Centro de Ciências Biológicas e da Saúde. Psicóloga Clínica
Raquel de Melo Boff, Universidade do Vale do Taquari - Univates
Doutora em Psicologia Clínica pela PUCRS. Docente do curso de Psicologia na Universidade do Vale do Taquari Univates
Ana Luísa Freitag, Universidade do Vale do Taquari - Univates
Ciências Biológicas e da Saúde

Referências

Lima NL, Moreira JO, Stengel M, Maia LM. As redes sociais virtuais e a dinâmica da internet. Gerais: Revista Intersinstitucional de Psicologia. 2016;9(1):90-109.

Oliveira F, Pasqualini KC. Os dependentes de internet no Brasil: realidade ou mito entre os universitários. Mimesis Bauru. 2014:35(1), 95-140.

Yang, X.; Zhu, L.; Chen, Q.; Song, P.; Wang, Z. Parent marital conflict and Internet addiction among Chinese college students: The mediating role of father-child, mother-child, and peer attachment. Computers in Human Behavior. [internet] 2016 [acessso em 2018 jul 20]59:221-229. Disponível em: https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0747563216300504?via%3Dihub doi: https://doi.org/10.1016/j.chb.2016.01.041.

Ostovar S, Allahyar N, Aminpoor H, Moafian F, Nor MBM; Griffiths MD. Internet Addiction and its Psychosocial Risks (Depression, Anxiety, Stress and Loneliness) among Iranian Adolescents and Young Adults: A Structural Equation Model in a Cross-Sectional Study. International Journal of Mental Health and Addiction. 2016;14:257–267.

Li D, Zhang W, LI X, ZhouY, Zhao L, Wang Y. Stressful life events and adolescent Internet addiction: The mediating role of psychological needs satisfaction and the moderating role of coping style. Computers in Human Behavior. [internet] 2016 [acesso em 2017 abr 14]63:408-15. Disponível em: https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0747563216303971?via%3Dihub doi:https://doi.org/10.1016/j.chb.2016.05.070.

Wu X, Zhang Z, Zhao F, Wang W, Li Y, Bi L,et al. Prevalence of Internet addiction and its association with social support and other related factors among adolescents in China. Journal of Adolescence. 2016;53:103-111.

Ko CH, Liu GC, Hsiao S, Yen J Y, Yang MJ, Lin WC, et al. Brain activities associated with gaming urge of online gaming addiction. J Psychiatr Res.[internet] 2009 [acesso em 2017 abr 28]43(7):739-747. Disponível em: https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S002239560800229X?via%3Dihub doi: https://doi.org/10.1016/j.jpsychires.2008.09.012.

Young KS. Compulsive Surfing. Netaddiction. [internet] Estados Unidos; 2012 [acesso em 2017 jun. 12]. Disponível em: http://netaddiction.com/?option=com_content&view=article&id=62%20&It_emid=85.

Silva RA, Silva PMF, Pereira JFM, Santos DCD, Raposo JCS, Gomes BMR. Adolescentes e abuso de tecnologias: um indicativo de problemas comportamentais? Adolescência e Saúde. 2017;14(3):77-82.

Li W, O'brien JE, Snyder SM, Howard MO. Characteristics of internet addiction/pathological internet use in U.S. university students: a qualitative-method investigation. PLoS One. [internet] 2015 [acesso em 2017 abr 17]. Disponível em: https://journals.plos.org/plosone/article?id=10.1371/journal.pone.0117372 doi:https://doi.org/10.1371/journal.pone.0117372

Pontes HOM. A Dependência à Internet: Fundamentação empírica, teórica e clínica - da psicologia e psicometria à ciber-psicologia [dissertação]. Portugal: Instituto Universitário Ciências Psicológicas Sociais e da Vida; 2013. 201 p.

Alaçam H, Atesçi FÇ, Şengül AC, Tümkaya S. The relationship between smoking & alcohol use and internet addiction among the university students. Anadolu Psikiyatri Derg. [internet] 2015 [acesso em 2017 mai 02]16(6):383-388. Disponível em: http://www.scopemed.org/?mno=172340 doi: https://doi.org/10.5455/apd.172340

Lemos IL, Abreu CN, Sougey EB. Dependência de Internet e de Jogos Eletrônicos: um enfoque cognitivo-comportamental. Rev. psiquiatr. clín. 2014; 41( 3):156-167.

Azevedo JC, Souza CHMS, Nascimento G. Ciberdependência: o papel das emoções na dependência de tecnologias digitais. Texto Livre. 2014 [acesso em 2017 mai 17]7(2):148-161. Disponível em: http://www.periodicos.letras.ufmg.br/index.php/textolivre/article/view/6173 doi: https://doi.org/10.17851/1983-3652.7.2.148-161.

Conti MA, Jardim AP, Hearst N, Cordás TA, Tavares H, Abreu CN. Avaliação da equivalência semântica e consistência interna de uma versão em português do Internet Addiction Test (IAT). Revista de Psiquiatria Clínica. [internet] 2012 [acesso em 2018 mai 04]39:106-110. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0101-60832012000300007&script=sci_arttext&tlng=en doi: https://doi.org/10.1590/s0101-60832012000300007.

Costa FR. CPS – Escalas de Personalidade de Comrey. 3th ed. São Paulo: Vetor; 2009.112 p.

Silva LB, Silva W. As Dimensões da Personalidade: Um olhar sobre tentativas de Compreensão da Personalidade, focando a teoria dos Cinco Grandes Fatores [monografia]. Maceió: Centro Universitário CESMAC; 2018. 18 p.

Gervasi AM, Marca LL, Lombardo EMC, Mannino G, Iacolino C, Schimmenti A. Madaptive personality traits and internet addiction symptoms among young adults: a study based on the alternative DSM-5 model for personality disorders. Clinical Neuropsychiatry. 2017;14(1):20-28.

Mormizato MS, Ferreira DBB, Souza LSM, Leite RF, Macedo FN, Pimentel D. O uso de internet e Redes Sociais e a Relação com Indícios de Ansiedade e Depressão em Estudantes de Medicina. Ver. Bras. Educ. Med. [internet] 2017 [acesso em 2018 out 03]41(4):497-504. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0100-55022017000400497&script=sci_abstract&tlng=pt doi: http://dx.doi.org/10.1590/1981-52712015v41n4rb20160118.

American Psychiatric Association. Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais. 5. ed. Porto Alegre (RS): Artmed; 2014.

Morahan-Martin J, Schumacher P. Loneliness and social uses of the Internet. Computers in Human Behavior. [internet] 2003 [acesso em 2017 mai 13]19( 6): 659-671.Disponível em: https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0747563203000402?via%3Dihub doi: https://doi.org/10.1016/S0747-5632(03)00040-2

Publicado
2019-10-21
Seção
Artigos Originais