Desenvolvimento inicial de milho em substrato com folhas secas de Pityrocarpa moniliformis

Palavras-chave: Alelopatia, Sistema Agroflorestal, Serapilheira

Resumo

Os sistemas agroflorestais destacam-se por possibilitarem uma exploração ecologicamente viável das espécies envolvidas, tanto florestais como cultivadas. Pityrocarpa moniliformis se destaca como uma espécie florestal com alto valor apícola, o que viabiliza uma fonte de renda extra para os agricultores, já o milho é uma das principais espécies utilizadas como base alimentar, por ser fonte de carboidratos e proteínas. Dessa forma, são necessárias pesquisas sobre as possíveis interações estabelecidas entre as espécies florestais e cultivadas, tal como a alelopatia. Visto isso, objetivou-se identificar uma possível influência alelopática de folhas secas de P. moniliformis, em processo de decomposição, sobre o estabelecimento e o desenvolvimento inicial de plântulas de milho, variedade Ibra. Identificou-se através da caracterização qualitativa a presença ou ausência de alcaloides, triterpenoides, esteroides, saponinas, cumarinas, compostos fenólicos, taninos, flavonoides, antraquinonas, antocianidinas, chalconas, leucoantocianidinas, catequinas e flavononas, para o extrato aquoso de folhas secas de P. moniliformis. Além de verificar o estabelecimento das plântulas através da porcentagem, índice de velocidade e o tempo médio de emergência e o desenvolvimento inicial, avaliando altura da parte aérea, comprimento do sistema radicular e massa seca da parte aérea, do sistema radicular e total. O delineamento utilizado foi o inteiramente casualizado em esquema fatorial. Constatou-se no extrato foliar a presença de alcaloides, triterpenoides, saponinas, compostos fenólicos, taninos, flavonoides, antraquinonas, catequinas e flavononas, sendo elas substâncias com potencial alelopático. O cultivo do milho como parte integrante de um sistema agroflorestal em que haja a presença de P. moniliformis não é recomendado.

Biografia do Autor

Rafael Mateus Alves, Universidade de São Paulo - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz
Programa de Pós-Graduação em Fitotecnia, Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" (ESALQ), Universidade de São Paulo (USP), Piracicaba (SP), Brasil.
Monalisa Alves Diniz da Silva, Universidade Federal Rural de Pernambuco - Unidade Acadêmica de Serra Talhada
Departamento de Agronomia, Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), Unidade Acadêmica de Serra Talhada (UAST), Serra Talhada (PE), Brasil.
Elania Freire da Silva, Universidade Federal Rural de Pernambuco - Unidade Acadêmica de Serra Talhada
Programa de Pós-Graduação em Fitotecnia, Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA), Mossoró (RN), Brasil.
Joyce Naiara da Silva Silva, Universidade Federal da Paraíba - Centro de Ciências Agrárias
Programa de Pós-Graduação em Agronomia, Universidade Federal da Paraíba (UFPB), Centro de Ciências Agrárias (CCA), Areia (PB), Brasil.

Referências

ABDO, M. T. V. N.; VALERI, S. V.; MARTINS, A. L. M. Sistemas agroflorestais e agricultura familiar: uma parceria interessante. Revista Tecnologia & Inovação Agropecuária, v. 1, n. 2, p. 50-59, 2008. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/asoc/v17n3/v17n3a06.pdf. Acesso em: 26 jan. 2021.

ALVES, A. R.; FERREIRA, R. L. C.; SILVA, J. A. A.; DUBEUX JÚNIOR, J. C. B.; SALAMI, G. Nutrientes na biomassa aérea e na serapilheira em áreas de Caatinga em Floresta, PE. Pesquisa Florestal Brasileira, v. 37, n. 92, p. 413-420, 2017. Disponível em: https://pfb.cnpf.embrapa.br/pfb/index.php/pfb/article/view/1060. Acesso em: 26 jan. 2021.

ALVES, B. M.; FILHO, A. C.; BURIN, C.; TOEBE, M.; SILVA, L. P. Divergência genética de milho transgênico em relação à produtividade de grãos e à qualidade nutricional. Ciência Rural, v. 45, n. 5, p. 884-891, 2015. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/0103-8478cr20140471. Acesso em: 26 jan. 2021.

ALVES, R. M.; SILVA, M. A. D.; SILVA, J. N.; SILVA, E. F.; SILVA, M. F. Potencial alelopático de folhas secas de Caesalpinia ferrea Mart. em diferentes períodos de decomposição sobre a germinação de Vigna unguiculata (L.) Walp, cv. Canapu. Enciclopédia Biosfera, v. 15, n. 27, p. 200-207, 2018. Disponível em: https://conhecer.org.br/ojs/index.php/biosfera/article/view/579. Acesso em: 26 jan. 2021.

ANDRES, C.; BHULLAR, G. S. Sustainable Intensification of Tropical Agro-Ecosystems: Need and Potentials. Frontiers in Environmental Science, v. 4, p. 1-10, 2016. Disponível em: https://doi.org/10.3389/fenvs.2016.00005. Acesso em: 26 jan. 2021.

CHENG, F.; CHENG, Z. Research progress on the use of plant allelopathy in agriculture and the physiological and ecological mechanisms of allelopathy. Frontiers in Plant Science, v. 6, p. 1-16, 2015. Disponível em: https://doi.org/10.3389/fpls.2015.01020. Acesso em: 26 jan. 2021.

FERREIRA, D. F. Sisvar: a computer statistical analysis system. Ciência e Agrotecnologia, v. 35, n. 6, p. 1039-1042, 2011. Disponível em: https://doi.org/10.1590/S1413-70542011000600001. Acesso em: 26 jan. 2021.

FORMIGHEIRI, F. B.; BONOME, L. T.; BITTENCOURT, H. V. H.; LEITE, K.; REGINATTO, M.; GIOVANETTI, L. K. Alelopatia de Ambrosia artemisiifolia na germinação e no crescimento de plântulas de milho e soja. Revista de Ciências Agrárias, v. 41, n. 3, p. 729-739, 2018. Disponível em: https://revistas.rcaap.pt/rca/article/view/16736/13629. Acesso em: 12 abr. 2020.

FORZZA, R. C.; COSTA, A.; WALTER, B. M. T.; PIRANI, J. R.; MORIM, M. P.; QUEIROZ, L. P.; MARTINELLI, G.; PEIXOTO, A. L.; COELHO, M. A. N.; BAUMGRATZ, J. F. A.; STEHMANN, J. R.; LOHMANN, L. G. Angiospermas in lista de espécies da flora do Brasil. Jardim Botânico do Rio de Janeiro. 2015. Disponível em: http://floradobrasil.jbrj.gov.br/jabot/floradobrasil/FB128482. Acesso em: 27 mar. 2020.

FUJII, Y.; HIRADATE, S. Allelopathy: new concepts & methodology. Enfield: Science Publishers, 2007. 382p.

INMET. Instituto Nacional de Meteorologia. Apresentação: estações automáticas. Disponível em: http://www.inmet.gov.br/portal/index.php?r=estacoes/estacoesAutomaticas. Acesso em: 10 jan. 2021.

LABOURIAU, L. G.; VALADARES, M. E. B. On the germination of seeds Calotropis procera (Ait.) Ait. f. Anais da Academia Brasileira de Ciências, v. 48, n. 2, p. 263-284, 1976.

LIMA, H. C. E. et al. Fabaceae in lista de espécies da flora do Brasil. Jardim Botânico do Rio de Janeiro. 2015. Disponível em: http://floradobrasil.jbrj.gov.br/reflora/floradobrasil/FB115. Acesso em: 27 mar. 2020.

LIU, J.; XIE, M.; LI, X.; JIN, H.; YANG, X.; YAN, Z.; SU, A.; QIN, B. Main allelochemicals from the rhizosphere soil of Saussurea lappa (Decne.) Sch. Bip. and their effects on plants antioxidase systems. Molecules, v. 23, n. 10, p. 2506, 2018. Disponível em: https://doi.org/10.3390/molecules23102506. Acesso em: 12 abr. 2021.

MAGUIRE, J. D. Speed of germination-aid selection and evaluation for seedling emergence and vigor. Crop Science. v. 2, p. 176-177, 1962.

MARINS, A. K.; VIEIRA, D. F.; QUADROS, I. P. S.; PINHEIRO, P. F.; QUEIROZ, V. T.; COSTA, A. V. Prospecção fitoquímica das partes aéreas da erva-de-santa-maria (Chenopodium ambrosioides L.). In: ENCONTRO LATINO AMERICANO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA - INIC, 15; ENCONTRO LATINO AMERICANO DE PÓS-GRADUAÇÃO, 11; ENCONTRO LATINO AMERICANO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA JR., 5, São José dos Campos, 2011. Disponível em: http://www.inicepg.univap.br/cd/INIC_2011/anais/arquivos/RE_0450_0720_01.pdf. Acesso em: 27 mar. 2020.

MATOS, F. J. A. Introdução à fitoquímica experimental. 2. ed. Fortaleza: Ed. da UFC, 1997. 141p.

MELO, R. F.; VOLTOLINI, T. V. Agricultura familiar dependente de chuva no Semiárido. Brasília: Embrapa, 2019. 467p.

MORIM, M. P. Pityrocarpa in lista de espécies da flora do Brasil. Jardim Botânico do Rio de Janeiro. Disponível em: http://floradobrasil.jbrj.gov.br/jabot/floradobrasil/FB116640. Acesso em: 6 mar. 2020.

MULLER, N. G.; FASOLO, D.; PINTO, F. P.; BERTÊ, R.; MULLER, F. C. Potencialidades fitoquímicas do melão (Cucumis melo L.) na região Noroeste do Rio Grande do Sul - Brasil. Revista Brasileira de Plantas Medicinais, v. 15, p. 194-198, 2013. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/rbpm/v15n2/05.pdf. Acesso em: 27 mar. 2020.

OLIVEIRA, Y. R.; SILVA, P. H.; ABREU, M. C.; LEAL, C. B.; OLIVEIRA, L. P. Potencial alelopático de espécies da família Fabaceae Lindl. Ensaios e Ciências, v. 24, n. 1, p. 65-74, 2020. Disponível em: https://doi.org/10.17921/1415-6938.2020v24n1p65-74. Acesso em: 20 jan. 2021.

QUEIROZ, L. P. Leguminosas da caatinga. Feira de Santana: Universidade Estadual de Feira de Santana; Kew, Royal Botanic Gardens; Associação Plantas do Nordeste, 2009. 467p.

SAMPIETRO, D. A.; VATTUONE, M. A.; ISLA, M. I. Plant growth inhibitors isoleted from sugarcane (Saccharum officinarum) straw. Journal of Plant Physiology, v. 163, n. 8, p. 837-846, 2006. Disponível em: https://doi.org/10.1016/j.jplph.2005.08.002. Acesso em: 20 jan. 2021.

SILVA, L. C. N.; SANDES, J. M.; PAIVA, M. M.; ARAÚJO, J. M.; FIGUEIREDO, R. C. B. Q.; SILVA, M. V.; CORREIA, M. T. S. Anti-Staphylococcus aureus action of three Caatinga fruits evaluated by electron microscopy. Natural Product Research, v. 27, p. 1492-1496, 2013. Disponível em: https://doi.org/10.1080/14786419.2012.722090. Acesso em: 27 mar. 2020.

SILVA, M. S. A.; YAMASHITA, O. M.; ROSSI, A. A. B.; KARSBURG, I. V.; CONCENÇO, G.; FELITO, R. A. Potencial alelopático do extrato aquoso das folhas e raízes frescas de Macroptilium lathyroides na germinação e no desenvolvimento inicial de alface. Revista de Ciências Agroambientais, v. 16. n. 1, p. 89-95. 2018. Disponível em: https://doi.org/10.5327/rcaa.v16i1.3192. Acesso em: 27 mar. 2020.

SIMÕES, C. M. O.; SCHENKEL, E. P.; MELLO, J. C. P.; MENTZ, L. A.; PETROVICK, P. R. Farmacognosia: do produto natural ao medicamento. Porto Alegre: Artmed, 2017. 502p.

SOUSA, M. V.; FARIAS, S. G. G. F.; CASTRO, D. P.; SILVA, R. B.; SILVA, D. Y. B. O.; DIAS, B. A. S.; SILVA, A. F.; SANTOS, G. N. L.; MATOS, D. C. P.; OLIVEIRA, C. V. A. Allelopathy of the leaf extract of eucalyptus genetic material on the physiological performance of millet seeds. American Journal of Plant Sciences, v. 9, p. 34-45, 2018. Disponível em: https://m.scirp.org/papers/81672. Acesso em: 27 mar. 2020.

SPIASSI, A.; NÓBREGA, L. H. P.; ROSA, D. M.; PACHECO, F. P.; SENEM, J.; LIMAET, G. P. Allelopathic effects of pathogenic fungi on weed plants of soybean and corn crops. Bioscience Journal, v. 31, n. 4, p. 1037-1048, 2015. Disponível em: https://doi.org/10.14393/BJ-v31n4a2015-26142. Acesso em: 27 mar. 2020.

STRAZZI, S. Derivados do milho são usados em mais de 150 diferentes produtos industriais. Visão Agrícola, v. 1, n. 13, p. 146-150, 2015. Disponível em: https://www.esalq.usp.br/visaoagricola/sites/default/files/VA_13_Industrializacao-artigo4.pdf. Acesso em: 27 mar. 2020.

TRENTIN, D. S.; GIORDANI, R. B.; ZIMMER, K. R.; SILVA, A. G.; SILVA, M. V.; CORREIA, M. T. S.; BAUMVOL, I. J. R.; MACEDO, A. J. Potential of medicinal plants from the Brazilian semi-arid region (Caatinga) against Staphylococcus epidermidis planktonic and biofilm lifestyles. Journal of Ethnopharmacol, v. 137, p. 327-335, 2011. Disponível em: https://doi.org/10.1016/j.jep.2011.05.030. Acesso em: 27 mar. 2020.

TURNES, J. M.; BONETTI, A. F.; KRAUSE, M. S.; CANTELI, V. C. D.; PAULA, C. S.; DUARTE, M. R.; ZANIN, S. M. W.; DIAS, J. F. G.; DALLARMI MIGUEL, M.; OMES MIGUEL, O. Avaliação da atividade antioxidante e alelopática do extrato etanólico e frações das cascas do caule de Zanthoxylum rhoifolium Lam., Rutaceae. Revista Ciência Farmacêutica Básica Aplicada, v. 35, n. 3, p. 459-467, 2014. Disponível em: https://consultoriaverdenovo.weebly.com/uploads/1/2/5/9/125930520/turnes2014.pdf. Acesso em: 27 mar. 2020.

VIEIRA, L. M.; SOUSA, M. S. B.; MANCINI-FILHO, J.; LIMA, A. Fenólicos totais e capacidade antioxidante in vitro de polpas de frutos tropicais. Revista Brasileira de Fruticultura, v. 33, n. 3, p. 888-897, 2011. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/S0100-29452011005000099. Acesso em: 27 mar. 2020.

Publicado
2022-03-31