<b>Sustentabilidade e Sociedade da Informação

  • Sandra Regina Valério de Souza Faculdades Metropolitanas Unidas - FMU.
  • Marcel Machado Muscat Faculdades Metropolitanas Unidas - FMU
Palavras-chave: Sustentabilidade, Conceito ampliado, Sociedade da informação, Função social da empresa

Resumo

O artigo mostra de que forma o conceito de sustentabilidade se alargou na última década, podendo ser aplicado a qualquer tipo de empresa e atividade. Trabalha em duas vertentes, o da sustentabilidade ambiental e de diversas atividades ligadas à sociedade da informação. Demonstra as diferentes formas de produção sustentável e a valoração das empresas sustentáveis na pós-modernidade. Tentando traçar uma natureza jurídica para o conceito ampliado de sustentabilidade, o presente trabalho desenvolve um modelo de conduta sustentável que se baseia na aplicação dos princípios fundamentais constitucionais na atividade empresarial. Explora principalmente a função social das empresas como princípio implícito constitucional. Por meio de alguns efeitos e fatos, dá exemplos de atividades não sustentáveis e cria uma explicação jurídica para a insustentabilidade e seus efeitos.

Biografia do Autor

Sandra Regina Valério de Souza, Faculdades Metropolitanas Unidas - FMU.
Mestranda em Direito da Sociedade da Informação com foco em Sociologia Jurídica e Análise do Discurso pelas Faculdades Metropolitanas Unidas – FMU; E-mail: sanrvalerio@gmail.com
Marcel Machado Muscat, Faculdades Metropolitanas Unidas - FMU
Mestrando em Direito da Sociedade da Informação com foco em Sociologia Jurídica, Sociedade da Informação e Eleições pelas Faculdades Metropolitanas Unidas - FMU; E-mail: marcelmuscat@gmail.com
Publicado
2012-06-22
Seção
Doutrinas