Qualidade de vida e sintomas de depressão: influências da COVID-19 e atividade física

Palavras-chave: Atividade Física, Depressão, Qualidade de Vida, Universitários

Resumo

Objetivo: Verificar a influência do diagnóstico de Covid-19 e da prática de atividade física na qualidade de vida e nos sintomas depressivos de estudantes universitários. Metodologia: A amostra foi de 238 graduandos (22,4 ± 4,1 anos, 170,3 ± 9,4 cm e 67,4 ± 15,04 Kg). Para avaliar a QV, utilizou-se o WHOQOL-Bref, enquanto os sintomas de depressão foram avaliados pelo Inventário de Depressão de Beck (BDI). Os participantes responderam a um questionamento se já haviam ou não sido diagnosticados com a COVID-19 e se praticavam exercícios físicos regularmente. Resultados: A prática de atividade física influenciou em aumentos significativos na QV nos domínios psicológico (4,28%), ambiental (8,01%), físico (3,13%) e redução dos sintomas depressivos (2,22%). Conclusão: Ter sido acometido e ter se recuperado da covid, incitou uma supervalorização na autopercepção de aspectos físicos e sociais e que a prática de exercício físico influenciou positivamente a QV e a redução dos sintomas depressivos.

Biografia do Autor

Marcos Monteiro dos Santos, Universidade de Brasília
Atualmente é Mestrando do programa de Pós-graduação em Educação Física da UNB. Formado em Educação Física pela Universidade Evangélica de Anápolis - UniEvangélica. Exercesse a função de Professor de Natação e Modalidade Cross. Tem experiência na área de Educação e Pesquisa, atuando principalmente nos seguintes temas: adolescentes, crianças, risco cardiovasculares, aptidão física, qualidade de vida, saúde mental, estilo de vida e transtornos de psicológicos.
Rochelle Rocha Costa, Universidade de Brasília
Possui graduação em Educação Física (2006), Mestrado (2011) e Doutorado (2015) em Ciências do Movimento Humano pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Possui pós-doutorado em Treinamento Físico para Populações Especiais (2017) pela UFRGS e em Metodologia da Pesquisa com ênfase em Bioestatística (2018) pela UFRGS (PNPD/CAPES). Atualmente é professora adjunta na Universidade de Brasília (UnB). É coordenadora de Práticas Desportivas (PDs), coordenadora do Programa Segundo Tempo Universitário na UnB, coordenadora do Parque Aquático e vice coordenadora de Extensão na Faculdade de Educação Física da UnB. Está credenciada ao Programa de Pós-Graduação em Educação Física da FEF/UnB.
Karini Borges dos Santos, Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Graduada em Educação Física (Licenciatura e Bacharelado) pela Universidade Federal do Paraná, especialista em Atividades Aquáticas, mestrado e doutorado em Esporte e Exercício pela Universidade Federal do Paraná com período de intercambio na Manchester Metropolitan University (UK). Professora adjunta da Universidade Tecnológica Federal do Paraná, credenciada no Programa de Pós-Graduação em Educação Física na mesma instituição com principal temática de pesquisa na área de Atividades Aquáticas.

Referências

Lai C-C, Shih T-P, Ko W-C, Tang H-J, Hsueh P-R. Severe acute respiratory syndrome coronavirus 2 (SARS-CoV-2) and coronavirus disease-2019 (COVID-19): The epidemic and the challenges. International Journal of Antimicrobial Agents. 2020 Mar;55(3):105924. https://doi.org/10.1016/j.ijantimicag.2020.105924

Bronikowska M, Krzysztoszek J, Łopatka M, Ludwiczak M, Pluta B. Comparison of Physical Activity Levels in Youths before and during a Pandemic Lockdown. IJERPH. 2021 May 12;18(10):5139. https://doi.org/10.3390/ijerph18105139

Ferreira JS, Cruz RPV, De Assis TC, Dellagrana RA. Comportamento sedentário de adultos e idosos durante a pandemia de COVID-19. J Health Biol Sci. 2021 Nov 30;9(1):1. https://doi.org/10.12662/2317-3076jhbs.v9i1.3816.p1-5.2021

Barbosa RM dos SP. Resenha do livro" Atividade Física, Saúde e Qualidade de Vida: conceitos e sugestões para um estilo de vida ativo", de Markus Vinicius Nahas. SciELO Brasil; 2012.

Rigoni ACC, Silva LF, Silva TP, Fernandes BPBPF, Silva CL. Relações entre a educação física escolar, as práticas corporais e a qualidade de vida. Revista CPAQV-Centro de Pesquisas Avançadas em Qualidade de Vida-CPAQV Journal. 2017;9(1).

Azevedo LG, Silva DCD, Correa AAM, Camargos GL. Prevalência de ansiedade e depressão, nível de atividade física e qualidade de vida em estudantes universitários da área de saúde. Revista Científica UNIFAGOC - Multidisciplinar [Internet]. 2020 Jul 28 [cited 2022 Mar 30];5(1).

Teixeira CNG, Rodrigues MIDQ, Silva RADAD, Silva PGB, Barros MMAF. Qualidade de vida em estudantes de odontologia na Pandemia de COVID-19: um estudo multicêntrico. SaudPesq [Internet]. 2021 Apr 30 [cited 2024 Jan 25];14(2). https://doi.org/10.17765/2176-9206.2021v14n2e9009

Silva ML da, Dias MD, Corrêa KC, Rondina R de C, Bastos EF, Almeida CC de. Vulnerabilidades na Saúde Mental de Universitários em Período de Estágio Clínico. Saúde e Desenvolvimento Humano. 2020 Jul 27;8(3):49–60. https://doi.org/10.18316/sdh.v8i3.6727

Son C, Hegde S, Smith A, Wang X, Sasangohar F. Effects of COVID-19 on College Students’ Mental Health in the United States: Interview Survey Study. J Med Internet Res. 2020 Sep 3;22(9):e21279. https://doi.org/10.2196/21279 PMID: 32805704

Gundim VA, Encarnação JP da, Santos FC, Santos JE dos, Vasconcellos EA, Souza RC de. Saúde mental de estudantes universitários durante a pandemia de covid-19. Rev baiana enferm [Internet]. 2021 Nov 25 [cited 2022 Apr 2];35. https://doi.org/10.18471/rbe.v35.37293

Jesus MCAD, Andrade EAD. Promoção da saúde de estudantes universitários: a influência das habilidades sociais. SaudPesq. 2022 Jul 1;15(3):1–12. https://doi.org/10.17765/2176-9206.2022v15n3.e10679

Quemel GKC, Silva EPD, Conceição WR, Gomes MF, Rivera JGB, Quemel GKC. Revisão integrativa da literatura sobre o aumento no consumo de psicotrópicos em transtornos mentais como a depressão / Integrative review of the literature on the increase in consumption of psychotropics in mental disorders like depression. Brazilian Applied Science Review. 2021 May 21;5(3):1384–403. https://doi.org/10.34115/basrv5n3-008

Antunes HK, Santos RF, Cassilhas R, Santos RV, Bueno OF, Mello M de. Exercício físico e função cognitiva: uma revisão. Rev Bras Med Esporte. 2006;12(2):108–14.

Grasdalsmoen M, Eriksen HR, Lønning KJ, Sivertsen B. Physical exercise, mental health problems, and suicide attempts in university students. BMC Psychiatry. 2020 Apr 16;20(1):175. https://doi.org/10.1186/s12888-020-02583-3 PMID: 32299418

Tabacof L, Tosto-Mancuso J, Wood J, Cortes M, Kontorovich A, McCarthy D, et al. Post-acute COVID-19 Syndrome Negatively Impacts Physical Function, Cognitive Function, Health-Related Quality of Life, and Participation. Am J Phys Med Rehabil. 2022 Jan 1;101(1):48–52. https://doi.org/10.1097/PHM.0000000000001910 PMID: 34686631

Pan K-Y, Kok AAL, Eikelenboom M, Horsfall M, Jörg F, Luteijn RA, et al. The mental health impact of the COVID-19 pandemic on people with and without depressive, anxiety, or obsessive-compulsive disorders: a longitudinal study of three Dutch case-control cohorts. The Lancet Psychiatry. 2021 Feb 1;8(2):121–9. https://doi.org/10.1016/S2215-0366(20)30491-0

Thomas JR, Martin P, Etnier JL, Silverman SJ. Research methods in physical activity [Internet]. Human kinetics; 2022 [cited 2023 Oct 15].

Fleck MP de A. O instrumento de avaliação de qualidade de vida da Organização Mundial da Saúde (WHOQOL-100): características e perspectivas. Ciência & Saúde Coletiva. 2000;5:33–8.

Gomes-Oliveira MH, Gorenstein C, Lotufo Neto F, Andrade LH, Wang YP. Validação da versão Brasileira em Português do Inventário de Depressão de Beck-II numa amostra da comunidade. Brazilian Journal of Psychiatry. 2012;34:389–94.

Corte JD, Santos LC, Chrispino RF, Castro JBP de BP de, Cabral E de A, Miarka B, et al. Impacto da atividade física sobre os níveis de ansiedade durante a pandemia de Covid-19: Revista Brasileira de Fisiologia do Exercício. 2022 Apr 5;21(1):61–76. https://doi.org/10.33233/rbfex.v21i1.5011

De Sousa RAL, Improta-Caria AC, Aras-Júnior R, de Oliveira EM, Soci ÚPR, Cassilhas RC. Physical exercise effects on the brain during COVID-19 pandemic: links between mental and cardiovascular health. Neurol Sci. 2021 Apr;42(4):1325–34. https://doi.org/10.1007/s10072-021-05082-9 PMID: 33492565

Chaves SÍD, Siqueira PPSD, Dos Santos Neves AC, Alves KMDL, Freitas MSGD, Lima AMJD. Sono, ansiedade e depressão e atividade física em profissionais de saúde durante a pandemia de COVID-19. SaudPesq. 2023 Nov 28;16(4):1–16. https://doi.org/10.17765/2176-9206.2023v16n4.e11401

Mattos SM, Pereira DS, Moreira TMM, Cestari VRF, Gonzalez RH. Recomendações de atividade física e exercício físico durante a pandemia Covid-19: revisão de escopo sobre publicações no Brasil. Revista Brasileira de Atividade Física & Saúde. 2020 Dec 31;25:1–12. https://doi.org/10.12820/rbafs.25e0176

Nogueira CJ, Cortez ACL, Leal SM de O, Dantas EHM. Recomendações para a prática de exercí­cio fí­sico em face do COVID-19: uma revisão integrativa. Revista Brasileira de Fisiologia do Exercício. 2021 Jul 25;20(1):101–24. https://doi.org/10.33233/rbfex.v20i1.4254

Organization WH. COVID-19 strategic preparedness and response plan: operational planning guidelines to support country preparedness and response. 2020;

Abdollahi A, Taheri A, Allen KA. Self-compassion moderates the perceived stress and self-care behaviors link in women with breast cancer. Psychooncology. 2020 May;29(5):927–33. https://doi.org/10.1002/pon.5369 PMID: 32100897

Yousefi Afrashteh M, Masoumi S. Psychological well-being and death anxiety among breast cancer survivors during the Covid-19 pandemic: the mediating role of self-compassion. BMC Women’s Health. 2021 Nov 3;21(1):387. https://doi.org/10.1186/s12905-021-01533-9

Botero JP, Farah BQ, Correia M de A, Lofrano-Prado MC, Cucato GG, Shumate G, et al. Impact of the COVID-19 pandemic stay at home order and social isolation on physical activity levels and sedentary behavior in Brazilian adults. Einstein (São Paulo). 2021 Feb 25;19:eAE6156. https://doi.org/10.31744/einstein_journal/2021AE6156

Curtin S, Galvin R, Robinson K. The relationship between cancer survivors’ well-being and participation in work, activities of daily living and social engagement: Findings from the European Social Survey (2014). Scandinavian Journal of Occupational Therapy. 2021 Oct 3;28(7):531–41. https://doi.org/10.1080/11038128.2019.1695932 PMID: 31774697

Ringdal K, Ringdal GI. Quality of life and living with cancer: findings from the European social survey (2014) special module on the social determinants of health. European Journal of Public Health. 2017 Feb 1;27(suppl_1):115–9. https://doi.org/10.1093/eurpub/ckw226

Oliveira DVD, Santos NQD, Freire GLM, Nascimento Júnior JRAD, Fidelix YL, Scarponi AP, et al. Sintomas de ansiedade e depressão durante a pandemia da COVID-19: um estudo comparativo em função da prática de exercício e qualidade da alimentação. Acta Fisiátr. 2022 Jun 28;29(2):118–23. https://doi.org/10.11606/issn.2317-0190.v29i2a189214

Silva LA da, Tortelli L, Motta J, Menguer L, Mariano S, Tasca G, et al. Effects of aquatic exercise on mental health, functional autonomy and oxidative stress in depressed elderly individuals: A randomized clinical trial. Clinics (Sao Paulo). 2019;74:e322. https://doi.org/10.6061/clinics/2019/e322 PMID: 31271585

Publicado
2024-03-31
Seção
Artigos Originais