<b> Perfil de Resistência Medicamentosa de Bactérias Isoladas de Formigas de um Hospital de Campo Mourão - PR

  • Tatiane Izaura Garcia Faculdade Integrado de Campo Mourão
  • Andressa Chitolina Ramos Faculdade Integrado de Campo Mourão
  • Natália Sambati Faculdade Integrado de Campo Mourão
  • Leandro Parussolo Faculdade Integrado de Campo Mourão
  • Mariana Felgueira Pavanelli Faculdade Integrado de Campo Mourão
Palavras-chave: Infecção Hospitalar, Formigas, Vetores, Resistência Microbiana

Resumo

As formigas possuem grande capacidade de mobilidade e adaptação a ambientes urbanos. Quando presentes em ambiente hospitalar as formigas podem tornar-se carreadoras de bactérias, principal micro-organismo responsável por infecções hospitalares. O objetivo deste estudo buscou avaliar o perfil de sensibilidade de bactérias encontradas em formigas de um hospital do noroeste do Paraná. O antibiograma foi feito pelo método de difusão em ágar com discos de papel contendo antibiótico. Foram analisadas as cepas bacterianas pela medida dos halos de inibição do crescimento do micro-organismo de acordo com CLSI (Clinical and Laboratory Standards Institute). Os resultados obtidos demonstraram que todas as cepas bacterianas encontradas apresentaram-se multirresistentes a antimicrobianos distintos. O aztreonam e a ampicilina foram os antibióticos com menor eficácia in vitro para enterobactérias, seguidos de penicilina e eritromicina para cocos gram-positivos. Desta forma fica clara a necessidade de erradicar insetos do ambiente hospitalar e também traçar adequadamente o protocolo terapêutico da antibioticoterapia, que é um dos fatores que contribuem para a prevenção do desenvolvimento de resistência medicamentosa, diminuindo assim o risco de infecção nosocomial por bactérias resistentes.

Biografia do Autor

Tatiane Izaura Garcia, Faculdade Integrado de Campo Mourão
Farmacêutica. Faculdade Integrado de Campo Mourão, PR, Brasil.
Andressa Chitolina Ramos, Faculdade Integrado de Campo Mourão
Farmacêutica. Faculdade Integrado de Campo Mourão, PR, Brasil.
Natália Sambati, Faculdade Integrado de Campo Mourão
Farmacêutica. Especialista em Análises Clínicas pela Faculdade Integrado de Campo Mourão, PR, Brasil.
Leandro Parussolo, Faculdade Integrado de Campo Mourão
Mestre em Biociências Aplicadas à Farmácia pela Universidade Estadual de Maringá - UEM, PR, Brasil; Docente de Biologia. Instituto Federal de Santa Catarina - IFSC, Campus Lages, SC, Brasil.
Mariana Felgueira Pavanelli, Faculdade Integrado de Campo Mourão
Doutoranda em Biociências Aplicadas à Farmácia pela Universidade Estadual de Maringá - UEM, PR, Brasil; Docente do curso de Farmácia na Faculdade Integrado de Campo Mourão, PR, Brasil.
Publicado
2014-07-11
Seção
Artigos Originais